FANDOM


Templo do Fogo

Templo do Fogo.

O Templo do Fogo (火ノ寺, Hi no Tera) foi um grande templo ninja ou um mosteiro shinobi no País do Fogo, que se parecia muito com o templo de Shaolin, exceto que somente abrigou ninjas monges. Foi particularmente famoso entre os templos ninjas.

Os monges foram levados pelo ex-membro dos Doze Guardião Ninja, Chiriku. O templo estava localizado em uma área cercada por florestas e foi dito a transbordar com a natureza. No anime, o templo foi cercada em três lados por montanhas e um grande campo para o sul. As sepulturas dos quatro dos Doze Guardiões Ninja mentem cada um dos pontos cardeais, com o templo no centro.

Havia muitas estátuas e imagens do Tengu e Yamabushi, incluindo duas estátuas de cada lado das portas dianteiras. Este foi significativo como na lenda de Tengu e Yamabushi que ensinou os seres humanos as artes do ninjutsu. Os monges tinham acesso a uma habilidade especial conhecido como Dom do Grupo Eremita.

Os terrenos do monastério foram cercados por, em circunstâncias normais, impenetráveis ​​como Fūin Teppeki que só tinha sido violado duas vezes. O primeiro foi quando Sora desencadeou chakra da Nove-Caudas depois de ter sido selado primeiro dentro dele como uma criança. A segunda foi quando os membros da Akatsuki, Hidan e Kakuzu lançou um ataque ao templo para recolher a cabeça de Chiriku. Chiriku e a maioria dos monges foram mortos no último ataque, e o próprio templo foi destruído.[1][2]

Os monges sobreviventes conhecidos no grande expurgos monges são Bansai, Sentoki e Zenza. No anime, Sora também é considerado um sobrevivente devido a erradicação referindo à sua jornada fora das fronteiras do templo para ter uma busca profunda de si mesmo.

ReferênciasEditar

  1. Naruto capítulo 314
  2. Naruto: Shippūden episódios 57-59