Wikia

Wiki Naruto

Son Gokū

Discussão0
4 742 pages em
Este wiki
Son Gokū

Son Gokū (Infobox - Parte II)

Yonbi Full

Informações
Estréia (Mangá): Capítulo 567
Estréia (Anime): Episódio 165 (Shippūden)
Estréia (Game): Naruto Shippūden: Ultimate Ninja Storm 3
Aparece em: Anime, Mangá e Game
Seiyū: Hiroki Yasumoto
Kanji: 孫悟空
Rōmaji: Son Gokū
Espécie: Macaco
Jinchūriki: Rōshi
Naruto Uzumaki
Kekkei Genkai: Símbolo Yoton Liberação de Lava
Elemento do Chakra: Símbolo Yoton Liberação de Lava
Símbolo Katon Liberação de Fogo
Símbolo Doton Liberação de Terra
Família: Hagoromo Ōtsutsuki (Criador)
Afiliação: Símbolo Iwagakure Iwagakure
Classificação: Bijū
Sennin

Son Gokū (孫悟空, Son Gokū), mais conhecido como Quatro-Caudas (四尾, Yonbi), é um dos nove Bijū. No passado ele foi selado dentro Rōshi de Iwagakure. Foi capturado por Kisame Hoshigaki, e, em seguida, extraído e selado pela Akatsuki. Son mais tarde foi selado em Rōshi reencarnado durante a Quarta Guerra Mundial Ninja.[1]

Personalidade Editar

Son Gokū é um Bijū muito orgulhoso, pois detesta ser chamado pelo nome de "Yonbi", e se vangloria de sua linhagem. Ele usa "ore" (オレ) quando se refere a si mesmo.[2]

Ele também odiava os seres humanos, devido ao fato de que os seres humanos tinham-no escravizado, e acredita que os macacos são mais inteligentes do que os humanos. No entanto, quando se fala sobre o Rikudō Sennin, ele mostrou-lhe grande respeito. Ele também parece ter tomado um gosto por Naruto Uzumaki, como ele foi movido por suas ações para realmente tentar salvá-lo de ser controlado por Tobi e até mesmo deu-lhe um pouco de seu chakra antes de ser selado. Son tem alta quantidade de respeito por aqueles que respeitam os Bijū.

Aparência Editar

Son Gokū é um macaco com pelo vermelho e pele verde, com um corpo de um gorila. Ele tem os olhos com íris amarelas e as pupilas brancas, saliências como espinhos ao longo do comprimento de seus rabos, presas contundentes alongadas, e dois longos chifres curvados para cima em sua testa como uma coroa (tanto as suas presas e chifres são escuros na ponta). Em sua boca, Son tem um grande abertura circular, a partir de onde ele cospe lava, e não parece ter uma língua. Durante os últimos dias restantes do Rikudō Sennin, Son era muito menor e tinha presas menores.[3]

História Editar

Passado Editar

Rikudo Sennin e os Bijuu

Os Bijū com o Rikudō Sennin.

Son Gokū surgiu nos últimos dias do Rikudō Sennin, que usou sua habilidade Banbutsu Sōzō para separar o chakra do Jūbi de seu corpo e dividi-lo em nove construções separadas, a fim de garantir que ele nunca iria ressurgir depois de sua morte.[4][5] Algum tempo depois de ser criado, o Sábio sentou-se com todos os jovens Bijū e disse-lhes que estariam sempre juntos, mesmo quando separados, e que um dia eles se tornariam uma entidade mais uma vez com nomes diferentes, bem como as formas que eles teriam quando chegasse a hora para eles entenderem o que é o verdadeiro poder.[3]

Son Gokū finalmente caiu na posse de Iwagakure e foi selado em Rōshi mais de quarenta anos antes da Quarta Guerra Mundial Ninja,[6] que mais tarde deixou Iwagakure em uma jornada para obter uma melhor compreensão e controle do Bijū.[7]

Parte II Editar

Caçada por Itachi Editar

Depois de uma batalha não vista e difícil com Kisame, Rōshi foi derrotado e capturado pelo membro da Akatsuki. O Yonbi mais tarde foi extraído e selado, levando à morte de Rōshi.

Guerra Mundial Ninja Editar

Durante a Quarta Guerra Mundial, Tobi força Rōshi a se transformar completamente. Então, Son Gokū vai ao campo de batalha, então o grande macaco imediatamente ataca o Hachibi, conseguindo agarrá-lo pelos tentáculos, e jogar ele. Quando ele balança o Hachibi, Naruto que, estava sobre o Hachibi, cai na direção de Son Gokū, e este se prepara para devorar o jovem, que consegue parar a mandíbula do macaco. No entanto, depois de mais esforço, Son Gokū fecha a boca com Naruto dentro.

Naruto e Son Gokū

Son Gokū conversando com Naruto.

Então, Son Gokū, ao se encontrar com Naruto no local onde ficou selado, diz para Naruto que ele não conseguirá roubar seu poder. Depois de Naruto o reconhecer como o Yonbi, ele dá um esporro em Naruto, dizendo para ele o chamar apenas pelo seu nome, Son Gokū, e faz uma apresentação, dizendo que era o sábio rei dos macacos das cavernas Suiren. Como a conversa continua, Son Gokū percebe que Naruto era uma pessoa descontraída e honesta, o que surpreende o macaco. Depois de amaldiçoar que todos os humanos fizeram foi selá-los, afastando-os e negando a sua existência, Naruto conta pra ele que ele também foi tratado como uma pessoa odiada, e queria chamar a atenção, ele diz que detesta alguém que não se importava e que controlava os animais desta maneira como Tobi. Depois de rir com o que Naruto diz, sobre ele ter inveja de Hachibi e B, Son Gokū percebe que, ele estava falando sério. Então, depois disso, Son Gokū lembra para Naruto que, ele tinha sido engolido e, que, ele podia ajudá-lo, se ele retirasse as corrente que o prendia.

Son vomita Naruto

Son Gokū vomita Naruto.

Na despedida, o Son bateu os punhos com Naruto, agora ansioso para saber como desfazer as correntes. Son comunica que, no passado, ele ficou com um hábito para nunca confiar jinchūriki, mas advertiu Naruto não esperar que ele se tornasse seu aliado. Son começou a dizer-lhe a localização do receptor de chakra embutido em seu corpo. Naruto usou clones da sombra para forçar Son a vomitá-lo. Um clone de Naruto que ficou dentro da boca do Bijū entrou no Modo Sábio e empurrou o receptor de dentro enquanto ele puxou-o do lado de fora. Embora Naruto conseguiu, ele rapidamente percebeu que Son ainda estava ligado. Son explicou que o Gedō Mazō ainda mantinha seu chakra e que Naruto só tinha libertou do controle de Tobi. Como Naruto argumentou com a besta sobre querer salvá-lo completamente e não apenas livrá-lo do controle de Tobi, Son em descrença do caráter do jovem, ofereceu um pouco de seu chakra para Naruto,[8] satisfeito que ele realmente tentou resgatá-lo.[9] Son foi, então, selado no Gedō Mazō, deixando o corpo de Rōshi trás.

No flashback de antes do tempo de Son ser selado, foi revelado que Rōshi tentou fazer as pazes com o Son, perguntando se deviam ou não poderiam ter atravessado um caminho mais parecido com de Naruto e Kurama. Son disse a Rōshi que se ele não fosse tão teimoso e não tivesse esquecido seu nome todos aqueles anos atrás, poderia ter sido possível. Quando o animal foi selado no Gedō Mazō, se separaram em bons termos com Rōshi, que disse a ele que nunca tinha esquecido o seu nome, mas era orgulhoso demais para tratá-lo adequadamente. Ele então perguntou se chamar a besta "Son" seria apropriado.

Renascimento do Jūbi Editar

Bestas Liberadas

Son Gokū é liberto junto com os outros Bijū.

Son Gokū aparece ao lado dos outros Bijū, com a exceção de Gyūki e Shukaku, quando o Jūbi olha para Naruto. A imagem dos Bijū, juntamente com uma silhueta do Sábio dos Seis Caminhos, fazem o Jūbi se transformar novamente, evoluindo ainda mais. Mais tarde, Son Gokū é extraído de Obito, juntamente com os outros Bijū pelos esforços combinados das Forças Aliadas Shinobi. Ao ser libertado, Son Gokū observa que Naruto tinha realmente mantido sua promessa e os salvado. Ao saber que Gaara — que comenta que ele considera Naruto como seu primeiro amigo — está tentando selar Madara com a ajuda de Shukaku, Son declara que os Bijū irão ajudá-lo, para com isso pagarem sua divida com Naruto.

Tsukuyomi Infinito Editar

Quando Naruto, em seu Bijū Mōdo, começa a atacar Madara com uma cauda, ​​Son e os outros Bijū juntam-se e fazem o mesmo para aumentar o dano, mas o Uchiha sobrevive aos ataques e se retira para uma distância segura. Depois que ele recebe seu próprio olho Rinnegan direito de um clone de Zetsu Branco, Madara rapidamente invoca o Gedō Mazō do corpo de Obito, e usa o Rinnegan para repelir os Bijū. Com os Bijū atordoados, Madara então passa a acorrentá-los e se prepara para selá-los de volta na estátua. Em última análise, Son Gokū, junto com os outros Bijū, são todos selados dentro da Estátua Demoníaca.

Bestas com Naruto e Hagoromo

Os Bijū se reúnem com Naruto e Hagoromo.

Mais tarde, o chakra que Son Gokū transferiu para Naruto anteriormente se manifesta no subconsciente de Naruto, juntamente com os outros Bijū para falarem com o jovem ninja e o espírito de Hagoromo Ōtsutsuki. Lá, eles expressam sua crença compartilhada de que Naruto é a criança da profecia. Confiando em Naruto, Hagoromo então transfere metade de seu poder para Naruto. Quando Naruto volta para o campo de batalha, ele rapidamente pede a ajuda de seu time-interior, pedindo para Son emprestar um pouco de seu poder para ele usar o Senpō: Yōton Rasenshuriken, que oprime Madara completamente e corta a forma de árvore do Jūbi.

Chibaku Tensei (Sasuke Uchiha)

Son Gokū e os outros Bijū são selados no Chibaku Tensei de Sasuke.

Em última análise, Kaguya Ōtsutsuki, que havia tomado o controle de Madara, é derrotada por Naruto Uzumaki e Sasuke Uchiha e selada com o Rikudō Chibaku Tensei. Todas as bestas são ejetadas da estátua e, em seguida, todos são invocados de volta à dimensão normal por Hagoromo e os Kage anteriores. Son elogia Kurama por ter um jinchūriki tão bom, embora ele admita que o menino é um pouco ingênuo, às vezes. Depois de os Kage do passado voltarem para a vida após a morte, os Bijū começam a discutir os seus planos para o futuro, agora que eles estão finalmente livres, com Son comentando seu desejo de voltar à sua caverna. Sasuke, porém, revela seus planos verdadeiros. Desejando matar os atuais Kage e assumir o controle sobre os Bijū para concluir o seu plano de revolucionar o mundo shinobi, utilizando rapidamente seu Rinnegan. Com os Bijū subjugados por seu genjutsu, Sasuke então os sela dentro de seu Chibaku Tensei.

Habilidades Editar

Como um Bijū, Son Gokū possui uma enorme reserva de chakra e é capaz de criar o Bijūdama. Son também tem a capacidade de combinar simultaneamente as suas naturezas terra e fogo, cuspindo lava de sua boca. Além disso, ele tem uma grande força física, sendo capaz de levantar e jogar Gyūki com facilidade.[10]

Curiosidades Editar

  • Son Gokū (孫悟空) é um nome japonês para "Sun Wukong", personagem lendário do clássico romance chinês Jornada ao Oeste. Kishimoto foi inspirado principalmente para criar Son baseado no personagem com o mesmo nome da série de Mangá Dragon Ball. Além disso, seu design é baseado na forma Ōzaru de Goku e sua Dragon Ball hereditária que tem quatro estrelas na mesma.[11] Além do nome, Son também é baseado em várias outras referências a Sun Wukong, que inclui:
    • Os chifres na testa são modelados após diadema de Sun Wukong.
    • "Belo Rei Macaco" (美猿王, Bien'ō) e "Grande Sábio Igualador do Céu" (斉天大聖, Seiten Taisei) são os dois títulos de Sun Wukong.
    • A Caverna Ocultada de Água (水簾洞, Suirendō) é a caverna onde Sun Wukong nasceu na Montanha de Flores e Frutas (花果山, Kakazan).
    • Quando Naruto encontrou Son dentro Rōshi, estava selado a uma pedra gigante, que reflete a montanha em que Sun Wukong foi selado.
  • Um nome de Dharma (法号, hōgō) pode ser uma de duas coisas. Pode ser o nome dado a um monge budista recém-ordenado ou freira, ou pode ser o nome póstumo dado a pessoas falecidas, segundo a fé budista.
  • A pele em seu queixo e na parte superior de suas costas se assemelham a barba e penteado de Rōshi.

Referências Editar

  1. Naruto capítulo 565, página 1
  2. Naruto capítulo 568, página 11
  3. 3,0 3,1 Naruto capítulo 572, páginas 10-11
  4. Naruto capítulo 467, páginas 15-16
  5. Naruto capítulo 510, páginas 11-12
  6. Naruto capítulo 572, página 8
  7. Terceiro Databook, página 183
  8. Naruto capítulo 572, página 7
  9. Naruto capítulo 570, página 5
  10. Naruto capítulo 567, página 17
  11. Segundo Naruto artbook, página 98

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória