FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre a novela. Caso você estiver procurando o artigo sobre a adaptação de anime, você deve ir para Sasuke Shinden: Livro da Alvorada.

Sasuke Shinden: Livro da Alvorada (サスケ真伝 来光篇, Sasuke Shinden Raikō-hen) é uma história original escrita por Shin Towada e ilustrada por Masashi Kishimoto. É a terceira edição da série Naruto Shinden.[1]

Sumário

Após o fim da Quarta Guerra Mundial Ninja, Sasuke partiu em uma jornada com o intuito de desvendar o mistério de Kaguya Ōtsutsuki e redimir-se dos crimes que cometeu. Sasuke narra sobre como ele já desejou vingança contra o seu irmão, Itachi Uchiha, por ter assassinado o seu clã, e posteriormente desejou vingança contra Konohagakure até que fosse impedido por seu melhor amigo, Naruto Uzumaki. Além de procurar por uma retaliação para os seus pecados, Sasuke procura estabelecer um novo caminho para que ele pudesse decidir como ele protegeria as coisas mais importantes para ele.

Capítulo 1

Nuvens Negras Surgem sobre um Mundo em Mudanças (変革の世に現れし暗雲, Henkaku no Yo ni Arawareshi An'un)

  1. Com o resultado da guerra, os Cinco Grandes Países Shinobi estavam aproveitando um momento de paz. Konoha e Kirigakure tinham introduzido um novo curso de treinamento para ninjas recrutas, contendo a contribuição da Mizukage para satisfazer o desejo de Naruto de dispersar o conhecimento cultural. A Mizukage, enquanto estava contente pela relações amigáveis entre as nações, ficava incomodada com o fato de que ela estava se aproximando de uma idade na qual seria muito tarde para casar-se. A Mizukage, Mei Terumī, fica impressionada com a maturidade de Chōjūrō e considera nomeá-lo como o seu sucessor. Um grupo de shinobi de Kiri estavam num navio e prestes a chegarem ao País do Relâmpago. Um outro barco misterioso muda a sua direção para aproximar-se deles e quase colide até que uma pessoa misteriosa com olhos vermelhos os ataca. Apesar dos esforços para impedi-lo, o indivídui misterioso facilmente os derrota. Shinobi de Kumogakure recepcionam o navio e descobrem que o homem misterioso colocou os shinobi de Kiri sob um genjutsu. Eles reconhecem os olhos vermelhos do indivíduo misterioso como um dōjutsu e são atacados.
  2. Sasuke estava viajando próximo ao País das Ondas e revela que ele já estava viajando por alguns anos, buscando retaliação e pesquisando o motivo pelo qual Kaguya Ōtsutsuki estava criando um Exército de Zetsu Branco. Sasuke narra sobre como retornou para Konoha após a guerra, mas logo partiu para iniciar uma jornada para observar fatos do mundo que ele negligenciou. Sasuke recebe uma mensagem do Sexto Hokage relatando que mais de cem shinobi de Kiri e Kumo haviam desaparecido e as vilas estavam solicitando o auxílio de Sasuke. Ele aceita e decide ir para o País do Relâmpago. Enquanto estava no País das Fontes Termais, Sasuke encontra uma vila de bambus que aparentava estar deserta, mas ele logo encontra pessoas escondidas ao utilizar o seu Sharingan. Ele é então atacado por habitante da vila idoso denominado , o qual acusava Sasuke de ser um membro do Grupo do Trovão Negro. Sasuke facilmente o desarma. Duas crianças denominadas Chino e Nowaki resolvem a situação e se desculpam com Sasuke. Em seguida, Iō explica que o Grupo do Trovão Negro envolve ninjas com olhos vermelhos, os quais mataram a sua filha e aparentemente admiravam Sasuke, o qual ficou descontente com o fato de que uma organização criminal estava manchando o seu nome. Iō, Chino e Nowaki pedem para Sasuke permanecer com eles para que o mesmo pudesse impedir o Grupo do Trovão Negro, fazendo com que Sasuke recusasse a princípio mas logo em seguida silenciosamente cede ao pedido. O Grupo do Trovão Negro descobre sobre o paradeiro de Sasuke e um membro denominado Karyū decide encontrar Sasuke e matá-lo.
  3. Em Konoha, Kakashi começa a ficar cada vez mais preocupado com os desaparecimentos, apesar das melhores tentativas de Konoha, Kiri e Kumo em solucionar esse mistério. Kakashi suspeita que um usuário de genjutsu era o responsável pelo caso e desejou que Sasuke o ajudasse devido ao fato de seu Sharingan e Rinnegan poderem desfazer genjutsu. Shizune, Sakura Haruno, Naruto e Sai chegam ao escritório de Kakashi para informá-lo que Sai manteve contato com Sasuke e que não haviam novas informações sobre os desaparecimentos. Sakura revela que estava fazendo uma pesquisa e descobriu que estavam havendo outros desaparecimentos envolvendo shinobi de Konoha, incluindo um patrono regular, denominado Tadaichi, da família de Ino Yamanaka. Eles então foram alertados que intrusos foram capazes de passar pelas barrareiras interiores da vila nos portões e em seguida ocorreram explosões, formando grandes incêndios. Naruto, Sakura e Sai juntam-se a Shikamaru Nara, Chōji Akimichi e Ino e então eles conversam sobre quais informações eles possuíam sobre o desaparecimento de Tadaichi e dos shinobi de Kumo e Kiri. Posteriormente, eles encontram os ninjas do Time de Barreira batalhando contra os intrusos e então Ino reconhece um deles como sendo Tadaichi. Sakura também reconhece os outros intrusos como os shinobi de Konoha desaparecidos. Antes que os outros pudessem participar da batalha, os intrusos utilizaram uma explosão para recuar e todos suspeitaram que eles estavam sob os efeitos de um genjutsu. Os shinobi desaparecidos explodiram devido às feridas causadas pela explosão de Tadaichi. Aoba Yamashiro chega ao local para alertá-los que haviam mais intrusos, revelando que eram shinobi desaparecidos de Kumo e Kiri. Em Kirigakure, os residentes eram evacuados após descobrirem sobre a situação de Konoha. Em Kumo, Darui desejava trazer Killer B para ajudá-los mas o Raikage recusa a proposta. Com Naruto e os outros batalhando contra os intrusos, a esposa de Naruto, Hinata Uzumaki chega ao local para oferecer apoio e então utiliza o seu Byakugan para ver se os intrusos estavam sob um genjutsu, fazendo com que ela afirmasse que era algo improvável. Eles então suspeitam que um tipo diferente de chakra estava controlando os oponentes e que não poderiam feri-los, caso contrário mais explosões ocorreriam. Em seguida, Naruto utiliza os seus Clones das Sombras para distrair os oponentes enquanto Shikamaru utilizava a sua Técnica de Imitação das Sombras e Hinata usava o seu Punho Gentil para atingir os pontos de chakra dos oponentes e torná-los imobilizados. Aoba utiliza as suas habilidades de sensoriamento para entrar na mente de um shinobi de Kiri, porém fica preso numa armadilha de genjutsu e Ino então usa a sua Técnica de Troca da Mente do Corpo para salvá-lo, fazendo com que ambos desmaiassem.

Capítulo 2

Uma Antiga Sombra Revivida no Relâmpago (雷光に蘇るかつての影, Raikō ni Yomigaeru Katsute no Kage)

  1. Conforme Sakura curava Ino e Aoba enquanto Sai os levava para o hospital, Naruto ficou ciente sobre o ódio que estava se impregnando nos shinobi. No País das Fontes Termais, Sasuke ia com Chino, Nowaki e Iō coletar informações para pesquisar sobre o Grupo do Trovão Negro e então Sasuke descobre que Chino era mais velha do que ele apesar de aparentar ser uma garota de dez anos de idade. Sasuke pensa sobre o seu irmão e o seu clã; como Shisui Uchiha entregou a sua vida para proteger a vila, apenas causando a acusação posterior para Itachi, e como Sasuke uma vez sonhou em juntar-se a Polícia Militar de Konoha quando era criança. O sacrifício de Itachi pela vila era a única coisa na mente de Sasuke até que o mesmo se encontrasse com um Itachi reencarnado, o qual disse-lhe que o amaria antes de retornar para o além. Chino pergunta para Sasuke se ele planejava retornar para Konoha, porém Sasuke não respondeu porque ele estava indeciso sobre esse fato pois sentia-se culpado por ter traído os seus amigos. Ela também pergunta se ele tinha o objetivo de restaurar o clã Uchiha, porém Sasuke recusou-se a responder novamente. Eles deparam-se com a vila onde a filha de Iō viveu e a encontram completamente destruída. Sasuke questiona o motivo de as outras vilas vizinhas não estarem ajudando para apoiar os residentes e Nowaki responde que as outras vilas estavam com medo do Grupo do Trovão Negro. Com a descrição de Iō sobre as ações do grupo, Sasuke nota o quão similares os integrantes do grupo eram com ele no passado; alguém que voltou-se para o ódio e a escuridão após perder alguém que ele amava profundamente. Sasuke admite que ele ainda sentia alguma escuridão dentro dele, mas o propósito de viajar sozinho era reparar os danos que causou e prevenir um outro erro. Chino sente uma movimentação no subterrâneo e suspeita quer era devida ao Grupo do Trovão Negro. Ele retornam rapidamente para a vila e descobrem que o grupo já estava causando explosões na vila. Sasuke luta contra alguns membros do grupo e salva muitos dos habitantes da vila. Sasuke usa o seu Sharingan e deduz que muitos dos inimigos estavam sob o efeito de um genjutsu. Um dos oponentes reconhece Sasuke, mas, sem a intenção de matá-lo, Sasuke o perfura com a sua espada que continha relâmpago. Karyū surge no local e Iou tenta atacá-lo, mas é derrotado. Karyū então revela que sempre desejou encontrar Sasuke, mas também desejava matá-lo para poder superá-lo. Os dois confrontam-se, com Karyū utilizando Liberação de Lava, entretanto Sasuke o derrota ao perfurá-lo com o seu Chidori. Enquanto era interrogado, Karyū explicou que ele nasceu numa pequena vila fora de Kumo e como um usuário de Liberação de Lava natural, algo que era temido e muitos usuários como ele eram mortos frequentemente. Karyū escapou, ajuntou-se com outros exilados e ajudou outras vilas ao capturar criminosos. No entanto, Kirigakure começou a ganhar crédito pelo serviço deles, fazendo com que Karyū e seus seguidores ficassem sem dinheiro e sem moradia. Quando ele ouviu sobre Sasuke atacar a Reunião dos Kage, Karyū começou a admirá-lo e formou o Grupo do Trovão Negro para obter vingança daqueles que o injustiçaram, algo que consternou Sasuke e o fez enviar uma mensagem sobre os eventos para Kakashi.
  2. Kakashi rapidamente responde à mensagem de Sasuke, informa-lhe sobre o ataque em Konoha e descobre, através das informações coletadas por Konoha, que o chefe do ataque era Karyū. Sasuke permanece na vila de bambus para continuar interrogando Karyū e então levá-lo para Konoha. Sasuke pensa sobre a história de Karyū sobre agrupar outros ninjas desonestos para adquirir vingança daqueles que eles desprezavam e submetendo outros shinobi sob um genjutsu para realizar os seus objetivos, algo que fez com que Sasuke lembrasse de Kaguya e seu Exército de Zetsu Branco. Posteriormente, Sasuke nota um incêndio ocorrendo na casa onde Karyū estava sendo mantido e descobre, por meio de Chino e Nowaki, que Iō havia incendiado a casa para matar Karyū. Quando Sasuke o confronta, Iō diz que ele deveria ter matado o restante da organização pelo o que fizeram com a sua filha e que ele não confiava em Konoha para punir Karyū, pois essa vila possuía uma reputação de perdoar criminosos. As palavras de Iō fazem Sasuke se lembrar da pessoa vingativa que ele era.

Capítulo 3

Brados Alegres de Afeição, Estrondosos Rugidos de Aflição (虚飾の歓声、嘆きの轟音, Kyoshoku no Kansei, Nageki no Gōon)

  1. Depois de perder a chance de interrogar Karyū sobre o ex-líder do Grupo Relâmpago, Sasuke decide ir para o esconderijo de Orochimaru, acreditando que ele é uma fonte autorizada de qualquer atividade ilícita. Quando ele se aproxima do esconderijo, Sasuke encontra Yamato, que está encarregado de guardar o lugar. Depois de se certificar que Sasuke está agindo em nome de Konoha, Yamato o deixa passar. Então, Sasuke encontra Orochimaru e pergunta se ele tem alguma informação sobre o chefe do Grupo do Relâmpago. Orochimaru lhe informa que o homem que ele está procurando fazia parte do grupo de um traficante de armas da guarda, chamado En Oyashiro. De acordo com Orochimaru, Oyashiro é um ninja médico muito cauteloso, que muitas vezes fica escondido em seus esconderijos, mas ao ser pressionado por Sasuke Orochimaru começa a configurar as coisas para atrair Oyashiro em uma reunião. Enquanto espera por Orochimaru, Sasuke encontra os ex-membros da Taka. Então, Orochimaru retorna e diz a Sasuke que eles estão se dirigindo para o mar, em direção a uma ilha em que as pessoas ricas usam para se divertir. Enquanto os dois partem, Karin, Suigetsu e Jūgo refletem sobre os motivos de Sasuke não residir em Konoha permanentemente.
  2. Sasuke e Orochimaru pegam um barco para chegarem à ilha de diversões dos ricos. Durante a viagem, Sasuke pergunta porque Orochimaru está autorizado para se mover como quiser, e Orochimaru retruca que o mesmo pode ser dito sobre Sasuke e Kabuto, embora a probabilidade de que eles vão correr para o mal novamente é menor. Ao chegarem, Orochimaru leva Sasuke para uma arena com o nome Coliseu, na qual um torneio está sendo realizado. Quando o nome de Sasuke de repente é chamado como um dos participantes, Orochimaru lhe explica que neste torneio, as pessoas ricas contratam shinobi para lutar uns contra os outros, e o vencedor obtém ambos os shinobi. Como Oyashiro é um colecionador de kekkei genkai, ele aceitou o desafio de Orochimaru com a esperança de obter o Sharingan de Sasuke, apesar de ser um homem cauteloso, ele terá que aparecer no lugar onde os shinobi são trocados no final da partida. Vendo que não tem outra escolha, Sasuke se envolve em uma batalha e rapidamente derrota o shinobi de Oyashiro, Futsu. No lugar de troca shinobi, Sasuke encontra Oyashiro e lhe pergunta sobre o líder do Grupo Relâmpago. Oyashiro diz a ele que Fushin (o nome do homem) tinha se tornado um dos seus protegidos, depois de perder uma partida no Coliseu, e trabalhou para ele por algum tempo, mas um dia ele fugiu junto com todos os usuários de kekkei Genkai de Oyashiro. Sasuke então começa a criticar Oyashiro por sua conduta deplorável, mas Oyashiro retruca que, até mesmo Sasuke está usando os outros apenas para reunir informações para seus próprios objetivos, assim, não sendo diferente dele. Ressentido, Sasuke prossegue desafiando e libertando todos os shinobi no estádio. Acometido por isso, Oyashiro decide revelar a Sasuke a localização do local de nascimento de Fushin, uma ilha a qual o líder do Grupo Relâmpago destruiu por ressentimento, que era coincidentemente na rota que o navio de Kirigakure desaparecido estava navegando.
  3. Com a informação dada a ele por Yamato, Sasuke encontra um navio abandonado numa ilha isolada e sem ninguém a bordo. Ele encontra um homem atordoado, o qual o ataca, porém Sasuke facilmente o derrota e encontra mais shinobi, os quais eram os mesmos que atacaram Konoha. Sasuke utiliza o seu Sharingan dissipar o genjutsu que estava os afetando e se oferece para levá-los de volta para seus locais de origem. Quando um dos ninjas de Kiri corta a si mesmo e não explode, Sasuke detecta um chakra incomum que ele acredita que era o responsável pelo genjutsu. Chino e Nowaki cortam os seus pulsos e Sasuke detecta a mesma sensação de chakra vindo de Nowaki, o qual admite que possui a Liberação de Tufão e ataca Sasuke, que utiliza o Susanoo para lançar Nowaki para longe, porém Sasuke descobre que os ataques de vento de Nowaki eram muito fortes. Sasuke então invoca Aoda e o instrui para saltar na parte central dos ventos de tufão de Nowaki e então Sasuke atinge o vento com o seu Chidori para eletrocutar Nowaki. Com Nowaki derrotado, Sasuke utiliza o Genjutsu: Sharingan nele e descobre que Nowaki já tinha roubado dinheiro de famílias antes de ser capturado e torturado por uma de suas vítimas e foi oferecida uma oportunidade a ele para adquirir vingança, revelando que ele tinha juntado-se ao grupo. Para a surpresa de Sasuke, Chino revela que Nowaki não era o líder do grupo, mas que na verdade ela própria era a líder e então a mesma ataca Sasuke com um genjutsu particular e invoca ondas gigantes.

Capítulo 4

Olhos Vermelhos Contemplando o Futuro (赤き目が見つめる先に, Akaki Me ga Mitsumeru Saki ni)

  1. Quando o genjutsu se dissipa, Chino e Nowaki já haviam desaparecido. Sasuke decide levar os shinobi de volta para suas respectivas vilas como prioridade. Sasuke leva os shinobi de Kumo para sua vila e Darui e o Raikage lhe agradecem por ajudá-los. O Raikage oferece designar outros shinobi para ajudar Sasuke a encontrar os líderes do grupo, porém Sasuke recusa já que apenas ele poderia cancelar as habilidades de genjutsu deles. Ele também relata para Raikage sobre o fato de Chino ser integrante de um clã que possui membros com olhos vermelhos e que eram especializados em genjutsu e em habilidades que envolvem o controle de sangue. Lembrando-se do momento em que Naruto curvou a sua cabeça e implorou ao Raikage para que não matasse Sasuke por tentar sequestrar Killer B e quando ele lutou contra Sasuke após o mesmo invadir a Reunião dos Kage, o Raikage à contragosto reconhece Sasuke como alguém qualificado para lidar com os líderes do grupo, sobre os quais ele diz que provavelmente estavam em Yugakure. Sasuke também reconhece que ele já tinha respeito pelo Raikage pela sua piedade e ele iria informá-lo sobre o desfecho da situação.
  2. Sasuke chega em Yugakure e é avisado pelos residentes de que o Raikage já tinha os informado sobre a sua vinda. Um residente explica que um outro residente exilado havia viajado para um local denominado Vale do Inferno e outra pessoa tinha ido para o mesmo local recentemente, Hidan da Akatsuki. Sasuke direciona-se para o local e surpreende-se ao encontrar alguns dos shinobi sequestrados repousando sobre um lago de água vermelha. Ao estar investigando, Sasuke detecta a sensação de chakra incomum e então os shinobi que estavam repousando atacam Sasuke, fazendo-o descobrir que esses shinobi estavam sendo controlados por Chino e eram semelhantes aos Zetsu Branco. Chino surge e explica que o seu ódio era originado pelo fato de seu clã ter sido afastado por possuírem a habilidade de controlar sangue, sendo que tal fato tinha ocorrido antes de Chino ter sido sequestrada por Oyashiro justo quando o seu clã estava prestes a ser extinto e então ela passou a ser treinada para ser uma ninja impiedosa. Com o passar do tempo, ela começou a sentir-se vazia por dentro devido ao fato de não ter pais. Ela então encontra Nowaki após Kirigakure roubar os seus bens, e, para adquirir vingança, eles se unem para adequar o mundo na forma que eles julgavam como apropriada. Sasuke diz que ele a compreendia, mas Chino o insulta, dizendo que, apesar de ter traído Konoha, ele ainda tinha pessoas que se importavam com ele. Chino o ataca com um dragão de sangue e Sasuke invoca o Susanoo para cortar a sua cabeça, mas os seus movimentos de defesa são inúteis. Sasuke tenta utilizar um genjutsu nela, mas ela já possuía contramedidas para combatê-lo. Quando ela o questiona sobre a razão de ele lutar por Konoha, Sasuke responde que ele tinha amigos e que o seu melhor amigo era a pessoa que o tinha salvado da escuridão. Sasuke então utiliza o Mangekyō Sharingan em Chino e Nowaki sai de onde estava se escondendo para proteger Chino, porém Sasuke não tinha nenhuma intenção de feri-los. Assimilando as palavras de Sasuke, Chino aceita a sua derrota.
  3. Chino explica a Sasuke que alguns membros da Forças Aliadas Shinobi implantaram refúgio em Yugakure e encontraram a água vermelha subterrânea mas optaram em não relatar nada por causa da grande atenção voltada para a guerra. Chino fala sobre a sua esperança de um futuro em que todos estariam unidos e em paz, então Sasuke promete que faria tudo o que poderia para proteger a paz no mundo.

Chino e Nowaki são enviados para a prisão em outra vila por seus crimes e eles são visitados por Kakashi, o qual lhes diz que a Mizukage desejava que eles trabalhassem para Kirigakure, e que Kumogakure esperava perdoá-los caso eles aceitassem esse trabalho. Chino e Nowaki aceitam a solicitação a fim de arrependerem-se por seus crimes. Naruto, o qual acompanhou Kakashi, deduz que o encontro com Sasuke havia inspirado os dois a mudarem as suas atitudes. Sakura descobre a partir de Naruto que Sasuke estava fazendo incríveis ações para reparar seus erros do passado, e, enquanto ela estava cansada de esperar pelo retorno de Sasuke para a vila, ela ao mesmo tempo ficava orgulhosa por ele estar protegendo a vila contra a escuridão. Reassumindo a sua jornada de investigação sobre a Kaguya, Sasuke recebe uma carta de Naruto, a qual continha o relato de Sakura comparando os seus esforços em proteger a vila com os de seu sonho de infância em juntar-se à Polícia Militar de Konoha. Alterando a sua direção, Sasuke retorna para Konoha e fica em frente ao seus portões de entrada. Na página final, Sakura alegremente cumprimenta Sasuke, dizendo: "Bem-vindo a casa, Sasuke".

Referências

  1. Naruto Shinden


Novelas
Naruto Menino de Branco, Demônio do Vento de SangueMissão de Proteção a TakigakureGrande Cena de Luta! Coro de Artes Ninja da Princesa da Neve Dattebayo!!Grande Choque! As ruínas Subterrâneas IlusóriasGrande Excitação! O pânico animal da Ilha da Lua CrescenteCastelo da Lanterna Demônio
Naruto o Filme Road to NinjaThe LastBoruto
Naruto Shippūden o Filme Naruto Shippūden o FilmeLaçosAqueles que Herdaram a Vontade do FogoA Torre Perdida
Naruto Hiden Kakashi HidenShikamaru HidenSakura HidenKonoha HidenGaara HidenAkatsuki Hiden
Projeto de Light Novels de Naruto Konoha Shinden
Naruto Shinden Itachi Shinden: Livro da Luz ResplandecenteLivro da Noite SombriaSasuke Shinden: Livro da Alvorada
Outros Naruto Jinraiden: O Dia que o Lobo UivouNaruto: A Lenda de Um Ninja DeterminadoA Lenda do Shinobi de Coração Puro
Boruto O Novo Ninja de Konoha Voando no Céu Azul!Uma Chamada das Sombras!Aqueles que Iluminam a Noite Shinobi!Registros de Sangue ao Vento em Excursões EscolaresO Último Dia na Academia Ninja!

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Sasuke Shinden: Livro da Alvorada