FANDOM


Naruto o Filme 3: Guardiões do Reino da Lua Crescente (劇場版 NARUTO -ナルト- 大興奮!みかづき島のアニマル騒動だってばよ, Gekijōban NARUTO Daikōfun! Mikazukijima no Animaru Panikku Dattebayo; Literalmente significa "Naruto o Filme Grande Excitação! O pânico animal da Ilha da Lua Crescente") é um filme de 2006 escrito e dirigido por Toshiyuki Tsuru. É o terceiro filme Naruto. Foi anunciado em 06 de agosto de 2005, na abertura de Naruto o Filme 2: Lenda da Pedra Gelel. O website da TVTokyo anunciou que Guardiões do Reino da Lua Crescente! foi lançado em formato de DVD em 25 de Abril de 2007.[1] O filme se passa depois do episódio 196, durante arcos de enchimento do anime original. A metragem do filme é visto na abertura e créditos finais dos episódios 197 a 199. O filme estreou no Japão em 05 de agosto de 2006, enquanto a versão dublada em Inglês estreou no Cartoon Network em 08 de novembro de 2008. Em seguida, foi lançado em DVD nos Estados Unidos no dia 11 de Novembro de 2008. As primeiros 100 mil pessoas que viram o filme em teatros específicos receberam um yo-yo temático do Naruto. Ele tinha uma imagem de Naruto sobre ele, e, quando virado, ele se ilumina e se torna parecido com um Rasengan.

Enredo Editar

Naruto Uzumaki, Kakashi Hatake, Sakura Haruno e Rock Lee foram designados para uma missão de Rank-B, para proteger o príncipe do País da Lua, Michiru, durante a sua viagem pelo mundo; outros escoltas foram contratados, mas largaram o cargo por terem sido mal tratados. O País da Lua é uma nação muito rica, por causa disso Michiru tendia a comprar tudo o que ele queria, e tinha uma visão muito materialista do mundo. O seu filho, Hikaru Tsuki, também agia do mesmo modo, o que irritava Naruto.

Durante a viagem, a caravana parou num circo. Quando Hikaru se interessou por um tigre-dentes-de-sabre raro, Chamū, que foi apresentado no local, Michiru acabou levando não apenas este animal, mas o resto do circo também, os colocando sob a proteção do time. Hikaru tentou ser amigo do tigre, mas descobriu que o animal não gostava de humanos. Ele perdeu o seu interesse pelo circo, e, durante uma viagem pelo mar, quando uma tempestade os atingiram, ele aparentou estar despreocupado em relação ao bem-estar dos animais, fazendo Naruto ganhar uma repugnação pela falta de valor que o garoto tinha pelos animais. Chateado com a visão de Naruto sobre ele, Hikaru foi ajudar Chamū para oferecendo-o segurança, e Naruto salvou os dois depois que eles foram levados pela água. No dia seguinte, Naruto, Sakura e Lee se tornaram amigos de Hikaru.

Após retornarem para o País da Lua, o time descobriu que o tinha sido tomado por Shabadaba, um dos nobres e antigo amigo de Michiru. Tendo contratado três ninja poderosos para o auxiliar, Shabadaba tinha se livrado do rei, e planejava fazer o mesmo com Michiru e Hikaru, os herdeiros restantes para o trono. Ele ordenou para as forças militares para matarem todos, mas o time foi capaz de fugir com a ajuda de alguns soldados ainda leais ao rei.

Escapando para uma caverna escondida, Michiru descobriu que seu pai ainda estava vivo, mas Sakura, apesar de ser capaz de curar o seu braço petrificado, somente foi capaz de mantê-lo vivo por pouco tempo. O rei revelou que ele tinha suspeitado que algo como aquilo aconteceria, e tinha organizado uma viagem para manter Michiru fora de perigo. Antes de morrer, o rei disse a Michiru e a Hikaru que as pessoas são muito importantes na vida, e não bens materiais. Durante uma tentativa de abandonar o país usando um barco, os três ninjas contratados por Shabadaba atacaram, incapacitando Naruto, Kakashi, Sakura, e Lee com um veneno inibidor de reações que retardou as suas reações. O príncipe foi capturado, mas a emersão do chakra da raposa de Naruto o permitiu a repelir os ninjas que estavam atacando antes que o filho do príncipe pudesse ser pego.

No castelo, as razões de Shabadaba para tomar o controle do país foram reveladas por serem puramente materias, as mesmas coisas que Michiru considerava importante, uma vez que ele pretendia usar a riqueza da nação para ele mesmo mais do que para o povo. Michiru repugnava a atitude de Shabadaba, e compreendeu o que o seu pai lhe tinha dito. Shabadaba decidiu condená-lo à morte por enforcamento: ele colocou Michiru em uma placa de madeira não que não era forte o suficiente para suportar seu peso, enquanto vestia um laço, garantindo que, mais cedo ou mais tarde, ele iria cair e ser enforcado.

Com a ajuda do circo que Hikaru tinha adquirido anteriormente, o time de Kakashi fizeram uma tentativa de resgate com Hikaru e os soldados fugitivos, infiltrando no palácio se disfarçando como membros do circo. Um por um, Kakashi e sua equipe lutaram batalhas individuais: Kakashi lutou contra vários soldados no pátio, enquanto cada genin lutou contra um dos ninjas. Lee empunhava um par de nunchaku que permitiam conectar-se com outros bastões escondidos nos pesos que ficam em suas pernas, criando equipamentos tão longos quanto um bastão grande ou um chicote de corrente. Ele matou o seu oponente, Kongō, usando a Lótus Reversa. Sakura foi capaz de se livrar de sua oponente usuária de veneno e de genjutsu, Karenbana, por meio da quebra de um lustre para localizá-la observando para onde ela se moveu, e, posteriormente, a matando com um soco. Descobriu-se que Karebana tinha usado muito perfume (o que tinha ajudado Sakura a localizar a sua oponente pelo cheiro do perfume, enquanto estava em um genjutsu).

Naruto lutou contra Ishidate, o líder dos três ninjas, enquanto ajudava Hikaru a alcançar o seu pai. Hikaru lançou uma flecha, cortando a corda em torno do pescoço de Michiru, e os clones de Naruto pegaram o príncipe e o seu pai. Ishidate ficou furioso, e tentou matar Naruto, mas Shabadaba o ordenou a lidar com Michiru. Ishidate aumenta o poder de sua luva de petrificação para o máximo enquanto Shabadaba continua a lhe dizer qual deveria ser o seu alvo. Irritado pelas constantes murmurações, Ishidate acidentalmente petrifica Shabadaba. Na penúltima cena, Naruto, com sua perna incapacitada pela estranha técnica de petrificação do oponente, monta nos ombros de Michiru para atacar com o seu Rasengan, que refletiu a luz da lua de tal maneira que o ataque cresceu e tomou uma forma crescente, criando o Rasengan da Lua Crescente. Ele atingiu Ishidate com este ataque, lançando-o voando e destruindo a o que sobrou da parte petrificada de Shabadaba, matando os dois.

Após a morte de Ishidate, Michiru assumiu o trono do país, e prometeu reinar da maneira de seu pai enquanto começava uma dieta, começando um treino de perda de peso e uma vez que o país estivesse estabilizado, ele iria atrás da mãe de Hikaru, Amayo. Enquanto Kakashi estava imobilizado devido ao uso exagerado do Sharingan, o seu time resolveu ficar de férias no País da Lua enquanto ele se recuperava. Duas semanas depois, Kakashi recupera a sua força e o time parte como os salvadores do Reino da Lua Crescente. O Rei Michiru decide mais uma vez tentar se reatar com sua esposa, agora sabendo aquilo que não deveria fazer.

Versões Impressas Editar

Assim como muitos filmes da série, Naruto o Filme 3: Guardiões do Reino da Lua Crescente também está disponível em algumas versões impressas:

Links Externos Editar

Referências Editar

  1. TV-Tokyo
Filmes
Naruto Conflitos Ninjas no País da NeveLenda da Pedra GelelGuardiões do Reino da Lua Crescente
Naruto Shippūden Naruto Shippūden: o FilmeLaçosHerdeiros da Vontade do FogoA Torre PerdidaPrisão de SangueRoad to NinjaThe LastBoruto

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.