FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre a novela. Caso você estiver procurando o artigo sobre a adaptação de anime, você deve ir para Konoha Hiden: O Dia Perfeito para um Casamento.

Konoha Hiden: O Dia Perfeito para um Casamento (木ノ葉秘伝 祝言日和, Konoha Hiden: Shūgenbiyori) é uma história original escrita por Shō Hinata e ilustrada por Masashi Kishimoto. É o quarto livro da série Naruto Hiden.

Sumário

Algo além do Convite de Casamento

Kakashi Hatake, o Hokage, recebe um convite para o casamento de Naruto Uzumaki e Hinata Hyūga. Kakashi tinha a intenção de comparecer e ele desejava que todos aqueles que foram convidados também pudessem comparecer do mesmo modo. No entanto, por causa que os amigos de Naruto e Hinata tinham todos elevados para posições de importância dentro de Konoha, todos tinham missões vitais e que se acumulavam para as quais eles deveriam estar disponíveis. Apesar de que em teoria Kakashi pudesse rearranjar os calendários de missões de tal forma que deixasse todos disponíveis para o casamento, ele não pode prever circunstâncias inesperadas que podem impedir que alguns indivíduos retornem à tempo. Ele resolve fazendo o próprio casamento como uma missão para que todos pudessem ser "designados" para ela sem problemas, mas se preocupa de que isso pudesse ser um abuso de sua autoridade.

Capítulo 1

Presentes de Casamento, Pressa Total!

Kakashi designa para todos os participantes do casamento uma missão que necessitaria ser mantida em segredo de Naruto e Hinata: levar um presente. Rock Lee leva a missão a sério, determinado a obter o melhor presente possível para Naruto. Ele realiza voltas em torno de Konoha até que pudesse pensar em algo para comprar. Após 864 voltas, Lee cai de exaustão; a melhor ideia que tinha vindo até a sua mente era um par de halteres, que ele não considerou como sendo apropriado. Lee teve um sonho com Neji Hyūga enquanto dormia. Neji começou a lhe dar conselhos para o presente de casamento, mas apenas consegue fazer referências confusas sobre força e resistência antes de Lee acordar.

Enquanto Lee deitava no meio de uma rua, ele foi saudado por Might Guy. Guy estava prestes a dar voltas em torno de Konoha até que ele pudesse pensar no que comprar para Naruto e Hinata e convida Lee para juntar-se a ele. Lee relata que ele já estava fazendo aquilo sem êxito. Guy sugere que Lee pense sobre a vida de Hinata pós casamento de dono de casa e cuidadora de crianças. Guy pensa sobre a vida de Naruto pós casamento de mantenedor do lar e de carregador de mantimentos. Ambos simultaneamente concluem que deveriam comprar halteres para prepararem Naruto e Hinata para as suas futuras vidas. As palavras de Neji repentinamente fazem sentido para Lee e envolve Guy num longo e choroso abraço.

Mais tarde, Kakashi recebe reclamações sobre um homem com grandes sobrancelhas chorando em voz alta recentemente durante a manhã.


Capítulo 2

Sua Vida Cotidiana

Tenten efetua o seu treino rotineiro da manhã de lançamento de equipamentos. Apesar de estar preocupada pensando sobre qual presente ela entregará para Naruto e Hinata no casamento deles, seus anos de treinamento permitem-na a precisamente atingir os seus alvos mesmo sem pensar sobre isso. O seu estímulo imediato tinha sido o de entregá-los uma kunai especial de usa extensiva coleção. Mas durante a noite ela ficou preocupada que tal presente seria a) esperado dela, e b) um mal sinal de que ela era unicamente interessada em equipamentos e não encontrando um relacionamento para si mesma como Naruto e Hinata fizeram entre si. Tenten tinha pouco dinheiro devido a gastar tudo em equipamentos únicos e raros, mas ela decide usar o pouco que tinha para comprar um presente "normal".

Lee surge para ver Tenten enquanto ela treinava. Ele estava usando um vestido e maquiagem e levantando halteres. Lee explica o raciocínio recente de Guy e como, através de se vestindo como uma dona de casa com o intuito de testar a sua ideia, ele estava convencido de que ele e Guy fizeram a escolha correta; ele então queria ter certeza de que Tenten não entregaria o mesmo presente para Naruto e Hinata. Tenten não compreende plenamente a explicação de Lee mas apesar disso fica mais tranquilo com o que ele disse. Por causa do presente de Lee, ela sente-se capaz de entregar uma kunai como ela originalmente planejou e ela não precisaria ficar preocupada sobre entregar o pior presente para Naruto e Hinata. Ela recomeça o seu treino, grata por poder continuar a ser ela mesma.


Capítulo 3

Carne e Vapor

Enquanto tentava pensar sobre o que obter para Naruto e Hinata, Shikamaru Nara se encontra com Chōji Akimichi e os dois almoçam no Yakiniku Q. Chōji revela que ele obteve uma refeição complementar num bom restaurante para Naruto e Hinata. Shikamaru fica impressionado como quão planejado era aquele presente até Chōji mencionar de que tratava-se de uma refeição para três e que Chōji pretendia acompanhá-los; ele procuraria uma mesa separada para que então não fosse rude. Shikamaru pensa em dar dinheiro a eles, mas decide que aquilo seria muito imprudente. Ele então finalmente resolve obter para eles uma viagem de lua de mel.

Shikamaru fica feliz com a sua decisão mas iria precisar de uma análise feminina para ajudá-lo a planejar algo adequado. Enquanto andava por Konoha após terem almoçado, eles procuram Ino Yamanaka para obter a sua opinião, mas eles, no entanto, encontram Temari. Apesar de Temari de fato ser uma mulher, Shikamaru não acreditava que ela tinha a personalidade certa para aconselhá-los naquilo. Apesar disso, Chōji o força a perguntá-la de qualquer maneira, mas o modo em que ele efetua a pergunta faz Temari acreditar que ele estava solicitando a sua ajuda para planejar a lua de mel deles mesmos. Temari fica constrangida e Shikamaru, não notando a confusão, acredita que ele a tinha ofendido. Chōji se dispensa do local por questões de fome e Shikamaru tenta fazer o mesmo, mas Temari o impede e concorda em fazer uma excursão pelo distrito das Fontes Termais de Konoha com ele.

A noite vai surgindo e Shikamaru e Temari caminham na iluminação suave das águas termais. Temari permanece quieta e estranha o tempo todo, então Shikamaru sugere que fossem para uma loja para que a viajem não fosse desperdiçada. Temari indica algumas cabines de tiro ao alvo onde numerosos casais estavam tentando ganhar prêmios. Shikamaru acaba ganhando duas pequenas bugigangas em sua determinação de descobrir o truque das estandes, as quais ele entrega para Temari. Depois disso, ele a leva para uma pousada, esperando que ela pudesse dizer-lhe se Hinata iria gostar. Temari suspeita que ele tinha outras intenções e rejeita, acreditando que ela não o recusaria se eles entrassem. Shikamaru coloca as suas mãos sobre a sua face, preocupado se ela estava doente por causa do quão vermelha ela ficou, fazendo-a fugir. Ele a persegue, precisando desesperadamente de sua (opinião). Quando ela para, ele a assegura sobre o quanto importante ela era para ele, explicando que ele, como um homem, não poderia avaliar os serviços da pousada para mulheres.

Temari fica novamente confusa e Shikamaru é confundido por sua confusão. Ele repete que ele queria dar a Naruto e Hinata uma bela lua de mel e, agora ao dizer isso, ele percebe o que Temari pensou sobre o que ele queria dizer mais cedo. Temari fica à vontade e Shikamaru sorri do mal-entendido.


Capítulo 4

Uma Tigela Cheia de Alma

Teuchi reflete sobre o quão bom tem sido os negócios no Ramen Ichiraku recentemente e como a cobertura naruto tem adquirido uma reversão em sua popularidade: uma vez sendo o menos popular, facilmente ofuscado pela alga marinha; agora a alga marinha, apesar de ainda ser popular, ficava em segunda atrás de Naruto. De fato, Teuchi não podia preparar Naruto suficiente para atender a demanda. A razão disso era por causa da importância de Naruto Uzumaki para Konoha, com clientes usuais desejando Naruto sempre que houvesse notícias de Naruto e com shinobi com esperando que comer no Ichiraku Ramem traria a eles o mesmo sucesso em suas próximas missões assim como Naruto sempre tinha nas dele.

Teuchi tinha servido Naruto desde que o mesmo era um pequeno garoto, no passado quando a maioria dos habitantes da vila o odiavam e o desprezava. Teuchi não se importava com o que o restante da vila pensava de Naruto; Naruto amava ramem e Teuchi amava prepará-los para ele. Já que o ramen tinha sido a base de seu relacionamento durante todos estes anos, Teuchi fica surpreso ao ser convidado para o casamento de Naruto. Ele decide que nada mais seria apropriado para dar a Naruto a não ser ramem grátis por um ano. Teuchi então percebe o tanto de ramem que Naruto poderia comer e começa a diminuir a duração da oferta, mas a cada período de tempo que ele considera o deixa com visões do ramem Ichiraku sendo falido e de sua filha sendo abandonada na rua. Ele também tem visões do rosto sorridente de Naruto sempre que ele termina de comer uma tigela de ramem. Teuchi resolve entregar a Naruto uma quantidade grátis e ilimitada de Naruto pelo resto de sua vida.


Capítulo 5

O Relacionamento entre Elas

Sakura Haruno estava determinada a entregar a Naruto e Hinata o melhor e o mais singular presente entre o de todos os convidados, um desafio que estava se tornando cada vez mais difícil: Yamato planejava usar a sua Liberação de Madeira para fazer-lhes móveis (ou uma casa) e Sai tinha pintado algo com tanta paixão que acabou voando. Enquanto perambulava por uma loja, ela encontra um porta retrato único que ela considera como perfeito os recém-casados. Ela segura o objeto e encontra a mão de Ino fazendo a mesma coisa. Sakura usa a sua força sobre-humana para retirar o porta retrato da mão de Ino, para a qual Ino reage declarando que o porta retrato era um presente terrível e feio. As duas então iniciam uma discussão tão fervorosa que elas são expulsas da loja, deixando nenhuma delas capazes de obter o porta retrato.

Ino culpa Sakura pelo ocorrido, insistindo que a força antinatural de Sakura e a sua larga testa a tornava rude, e particularmente, sem chances de se casar. Sakura fica profundamente ofendida pela recente acusação e desafia Ino para uma competição de culinária para provar que ela seria uma boa esposa. Elas decidem preparar Pílulas de Ração Militar; Sakura adiciona pudim; a sobremesa favorita de Ino, no sua porção para que então Ino não tivesse escolha ao não ser a de aprovar a sua receita. Quando ela encontra Ino no dia seguinte, no entanto, ela descobre que Ino desejava usar Chōji como um juiz imparcial. Chōji experimenta ambas as pílulas militares e as considera tão deliciosas que ele começa a colocá-las em sua boca com a mão cheia. Ele brevemente cai no chão com sangue escorrendo pelo seu nariz.

Sakura suspeita que Ino envenenou as suas pílulas, com o intuito de fazer Sakura cair fatalmente doente ao provar uma das pílulas. Para poder salvar Chōji, elas deveriam identificar o veneno o mais rápido que podiam: cada uma experimentava as pílulas militares da outra para que então pudesse identificar qual o tipo de veneno que estava presente. Nenhuma delas pôde sentir algum veneno, mas elas de fato sentem o gosto de suas sobremesas favoritas, com Ino adorando o pudim na pílula de Sakura e Sakura adorando o anmitsu na de Ino. Chōji logo após se levanta, tendo finalmente se recuperado de sua elevada glicemia, e ele elogia ambas pílulas militares. Sakura e Ino refletem sobre as suas formas de pensar semelhantes e como as suas competições sempre forçam cada uma a serem melhores. Elas, portanto, decidem fazer compras juntas, ajudando-se a encontrar um presente ainda melhor do que um porta retrato.

Capítulo 6

O Lendário Professor

Pouco tempo após receber seu convite para o casamento, Iruka Umino encontrou-se com Naruto na Academia, o qual lhe pediu para atuar como o seu pai no casamento. Iruka alegremente aceita naquele instante e, assim que Naruto se retira do local, fica dominado pela emoção, algo que sempre ocorre toda vez que ele vê Naruto listado no menu do Ichiraku Ramen. Iruka não consegue evitar o sentimento de dívida com Naruto, cuja presença primeiramente na sua sala de aula e agora em sua vida o retirou de sua lamentação própria em relação à morte de seus pais e o convenceu a dedicar a sua vida no ensinamento; sendo que não fosse por Naruto, Iruka se preocupava que ele teria se tornado como Mizuki.

Iruka compra um presente de casamento antes de parar no Ichiraku Ramen, onde ele sorri com a percepção de que ele não jantaria tão frequentemente porque Hinata estaria cozinhando para ele a partir de então. Quando ele chega em casa, ele observa a bagunça e o mal estado em que vive e resolve encontrar uma parceira para a vida assim como Naruto possui.

Capítulo 7

A Missão Final, Início

Shino Aburame usa seu kikaichū para observar o grupo de amigos restante de Naruto e Hinata. Ele informa Kiba Inuzuka e Akamaru que todos consultando uns aos outros sobre qual presente obter, e que talvez eles deveriam fazer o mesmo. Shino e Kiba consideravam o próximo casamento como a última missão para o Time 8, como ambos estavam cada vez mais ocupados liderando as suas próprias equipes e Hinata iria começar a ter outras responsabilidades não relacionadas à vida de shinobi. Com isto, eles queriam que seu presente fosse adquirido somente a partir deles e que representasse o quão singularmente bem eles conheciam a Hinata. Mas quando eles somente conseguem pensar em adquirir a sopa favorita de Hinata, eles finalmente aceitam o fato de que eles precisariam de ajuda.

Shino e Kiba visitam a sua ex-sensei, Kurenai Sarutobi. Apesar de a visitarem frequentemente, a filha de Kurenai, Mirai, ainda ficava confusa com os seus nomes. Kurenai ficou feliz em ajudá-los a escolher um presente de casamento para Hinata, porém sugere que a irmã de Hinata, Hanabi, seria uma pessoa mais indicada para se pedir um conselho. Eles usam a justificativa de que eles não conheciam Hanabi suficientemente bem. (Na verdade, Kiba ainda estava aborrecido por não ter sido incluído na equipe que foi designada para resgatar Hanabi durante a colisão da lua; Shino não se importava por não ter sido escolhido, e, de fato, acreditava que eles foram mais úteis permanecendo em Konoha ajudando a salvar as pessoas da queda dos meteoritos.) Kurenai sugere o vinho de mel, uma bebida com várias qualidades nutritivas e fortificantes antigamente entregada pelo clã Senju como um presente de casamento. Shino e Kiba gostam da ideia e partem para encontrar tal presente. Antes de partirem, Kurenai — uma bebedora de bebidas fortes antes de Mirai nascer — silenciosamente pede para Shino comprar algum vinho de mel para ela também.

Vinho de mel era muito raro, e não era vendido em Konoha. O único local em que poderiam encontrá-lo era em Sora-ku, uma das fontes principais para as mercadorias do mercado negro. Conforme partiam para esse local, Shino reflete sobre de Mirai ter chamado-o de "tio" e se questiona se tinha ficada velho. Kiba garante que ele ainda era jovem e com uma boa aparência, aproximadamente tão bonito quanto o Akamaru. Shino teve dificuldade de considerar aquilo como um elogio com o mesmo sentido que Kiba tentou ressaltar.

Capítulo 8

A Missão Final, Fim

Na chegada, Shino, Kiba e Akamaru entram em Sora-ku. Eles ficaram incertos sobre o quão extensa e desolada a cidade era; apesar de Kiba ser capaz de sentir o cheiro de algumas pessoas, ele se preocupam se eles teriam problemas em encontrar alguém, mesmo com as suas habilidades de rastreamento. Eles são encontrados por Momo, um ninneko, para o qual Kiba tenta educadamente pedir por orientação. Quando Momo insulta sobre o quanto Kiba cheirava como um cachorro, Kiba ataca e é rapidamente derrotado pelas pulgas de Momo. Mudando a sua tática, Kiba tenta subornar Momo com comida. Momo aprecia a comida mais do que ele esperava e, na verdade não desejando ser prestativo, tenta fugir. Eles o perseguem e rapidamente encontram-se com Tamaki, pela qual Kiba fica impressionado. Tamaki se desculpa pelo comportamento de Momo e os acompanha até o fornecedor do vinho de mel, um indivíduo conhecido localmente como o apicultor.

Kiba se envolve muito com Tamaki enquanto caminhavam, relatando a ela que ele era o próximo na fila para tornar-se Hokage. Shino e Akamaru ficam incomodados com o comportamento dele; Shino observa a situação, desde que Kurenai tem a sua filha, Hinata tem o Naruto, e aparentemente Kiba naquele momento também tinha Tamaki, Shino e Akamaru eram os únicos que sobraram um para o outro. Tamaki os guia para um templo onde os visitantes tipicamente deixam ofertas e então adquirem o vinho de mel que é deixado para eles no dia seguinte. Kiba e Shino não quiseram esperar e então eles entram na área do apicultor além do santuário: um bosque de bambus coberto pela neblina. Conforme investigavam, Shino e Akamaru provocam Kiba sobre Tamaki. Kiba os ignora, e então marcaram um bambu pelo caminho com uma kunai para não se perderem.

Apesar da precaução de Kiba, eles brevemente descobrem que estão andando em círculos. Eles suspeitam que era um genjutsu, mas os métodos normais de dissipá-lo não tem efeito algum. Além disso, Akamaru repentinamente desaparece, e Shino perde o Kiba de vista quando ele corre para encontrar o Akamaru. Shino tenta encontrar o caminho ao usar os seus kikaichū, mas até mesmo eles não conseguem percorrer pela neblina. A única esperança de Shino dominar o apicultor: ele ataque as abelhas do apicultor e permite ser ferroado. Ele então deixa um clone de inseto para que então parecesse que tinha sido paralisado e confronta o apicultor quando ele chega para verificá-lo. Os apicultor garante para Shino que Kiba e Akamaru estavam ilesos e entrega a ele duas garrafas de vinho de mel. O apicultor alerta Shino que nenhum deles seria capaz de sair do bosque de bambus, já que a barreira, colocada para afastar os perseguidores do apicultor, torna aqueles pegos pela neblina - incluindo o apicultor - perpetuamente perdidos.

Shino fica brevemente nervoso com a situação, a neblina o lembra sobre o quão desorientado ele se sentia por tanto tempo e o quão desvinculado ele tem sido com todos. Ele então lembra do propósito de estar naquele local: o casamento de Hinata e a sua necessidade de comparecer. Esta determinação o permite a ver a saída através da neblina. Shino explica para o apicultor que a neblina não deixa as pessoas perdidas, mas ao invés disso, assim como a Cachoeira da Verdade, a neblina exacerba os sentimentos das pessoas para os auxiliarem a encontrar os seus caminhos. O apicultor considera aquilo comovente e nota que Shino tinha qualidade para ser um professor; o apicultor tenta usar as palavras de Shino para encontrar a saída também, mas não consegue. Shino espera do lado de fora da entrada do bosque até Kiba e Akamaru encontrarem o seu próprio caminho de saída. Eles começam a voltar para Konoha e, quando eles olham para trás para os bambus, eles notam que a neblina tinha desaparecido, indicando para Shino que o apicultor tinha sido finalmente capaz de escapar.

Conforme saíam de Sora-ku, Kiba reclama que ele não ajudou a adquirir o vinho de mel e que apenas Akamaru sabia o que ele passou na neblina. Não pela primeira vez, Shino nota que Kiba, seu melhor amigo, é de muitas maneiras como uma criança. Este fato, sua habilidade para ajudar o apicultor, e as próprias palavras do apicultor de que ele seria um bom professor fazem Shino sorrir ao perceber que a sua vida não era tão desorientada como uma vez parecia ser.

O Dia Perfeito para um Casamento

No dia do casamento, convidados começam a chegar na cerimônia que aconteceria abaixo do Monumento Hokage: Kakashi cumprimenta personalidades estrangeiras como o Quinto Kazekage e Killer B; Yamato, tendo previamente prometido a Kakashi que ajudaria com as preparações, acaba fazendo quase todo o trabalho real, que Tsunade ocasionalmente oferece algumas sugestões; Tenten instrui Guy e Lee sobre como deveriam se comportar nos casamentos; Shikamaru e Temari alegremente discutem sobre trabalho; Chōji planeja como ele consumirá toda a comida; Ino e Sai ficam de mãos dadas; Kiba questiona Kurenai sobre o clã Senju para que mais tarde ele pudesse parecer bem informado sobre o vinho de mel; Mirai monta sobre Akamaru enquanto Shino a observava; Teuchi usa a sua filha para atrair negócios para o Ramen Ichiraku; Iruka fica emocionado assim que ele chega ao local; Sakura, apesar de estar sozinha, alegremente pensa sobre Sasuke Uchiha viajando em algum lugar.

Pouco antes do início da cerimônia, Hinata olha para o céu aberto, pensa no seu primo Neji. Ela então olha para Naruto, o qual também está olhando para o céu, mas para a face de seu pai no Monumento Hokage. Sentindo-se muito feliz por estar se casando com ele, ela fica um pouco nervosa quando Naruto percebe o seu olhar fixo nele e sorri envergonhadamente para ela; a sua deposição tornando-se na de um jovem e inocente garoto. Com a cerimônia prestes a começar, Hinata pega o braço de Naruto e o segura firmemente enquanto seu pai e sua irmã se aproximavam deles.


Novelas
Naruto Menino de Branco, Demônio do Vento de SangueMissão de Proteção a TakigakureGrande Cena de Luta! Coro de Artes Ninja da Princesa da Neve Dattebayo!!Grande Choque! As ruínas Subterrâneas IlusóriasGrande Excitação! O pânico animal da Ilha da Lua CrescenteCastelo da Lanterna Demônio
Naruto o Filme Road to NinjaThe LastBoruto
Naruto Shippūden o Filme Naruto Shippūden o FilmeLaçosAqueles que Herdaram a Vontade do FogoA Torre Perdida
Naruto Hiden Kakashi HidenShikamaru HidenSakura HidenKonoha HidenGaara HidenAkatsuki Hiden
Projeto de Light Novels de Naruto Konoha Shinden
Naruto Shinden Itachi Shinden: Livro da Luz ResplandecenteLivro da Noite SombriaSasuke Shinden: Livro da Alvorada
Outros Naruto Jinraiden: O Dia que o Lobo UivouNaruto: A Lenda de Um Ninja DeterminadoA Lenda do Shinobi de Coração Puro

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória