FANDOM


Kirigakure (霧隠れの里, Kirigakure no Sato; literalmente significa "Vila Oculta da Névoa") é a vila ninja do País da Água. Como um dos cinco grandes países ninjas, Kirigakure tem um Kage como seu líder, conhecido como Mizukage, dos quais houve seis em sua história. Em consonância com o seu nome, a aldeia está rodeada por uma névoa espessa, com várias montanhas ao fundo, dificultando a sua localização por estrangeiros. A arquitetura de Kirigakure é composta por vários edifícios cilíndricos, com o escritório do Mizukage sendo o mais amplo e maior. A maioria dos edifícios tem vegetação crescendo em seus telhados.

O traje padrão para os shinobi de Kiri gira em torno de um material listrado que usam como braceletes e grevas que se fundem em suas sandálias. Por baixo, eles vestem uma camisa preta e calças sobre as quais usam um colete cinza padrão das aldeias. Alguns também usam protetores de cintura. Os shinobi de Kiri são muito hábeis com técnicas de Liberação de Água e devido ao alto número de Nukenin do vilarejo, ele tem uma subdivisão da ANBU conhecidos como Oinin, especificamente encarregados de eliminar esses desertores. 

História

Fundação

Kirigakure fundação

Representação de Kirigakure na época que fora fundada por Byakuren.

Kirigakure foi fundada durante a Era dos Estados Combatentes por Byakuren, o Primeiro Mizukage, que trabalhou incansavelmente para estabelecer a aldeia como um dos Cinco Grandes Países Shinobi, sendo que no anime, fora a quarta das vilas principais a conseguir isso.[1][2] Também no anime, Byakuren criou a tradição de transmitir de geração em geração espadas misticas entre os sete melhores shinobi espadachins do vilarejo para lutarem e proteger o povo do lugar, dando assim origem ao grupo Sete Espadachins Ninja da Névoa.[3][4] Aparentemente, assim como Sunagakure, Kirigakure não fora formada principalmente por clãs ninjas, mas também por famílias ou grupos shinobi, como no caso do Clã Hōzuki e a Família Karatachi.

Segundo Kahyō, a sociedade de Kirigakure foi dividida em uma forma de sistema de castas desde sua fundação. Os civis de maior hierarquia eram aqueles cuja linhagem familiar originava-se originalmente de Kirigakure, a segunda casta era para membros de famílias que se aliaram a aldeia nos campos de batalha no passado, enquanto a última e a mais baixa casta consistia em membros das famílias que foram derrotados nos campos de batalha e anexados ao vilarejo. Desde os primeiros dias, os membros da terceira casta foram manuseados com cautela e tiveram de completar as missões mais difíceis e perigosas para a aldeia - mantendo-os assim ocupados e impedindo-os de se revoltarem.[5]

Por causa do método de governança de Byakuren com sua politica interna severa e sigilosa, desde seus primeiros dias, Kirigakure tinha interação limitada com as outras aldeias.[1] Isso fora mantido na tradição politica da aldeia por muitas décadas até o inicio do reinado da Quinta Mizukage.

Primeira Guerra Mundial Shinobi

Artigo principal: Primeira Guerra Mundial Shinobi

Primeira Reunião dos Cinco Kage (Anime)

A primeira Reunião dos cinco Kage é convocada.

Quando a Primeira Guerra Mundial Shinobi eclodiu pouco após a formação das aldeias shinobi, o Primeiro Hokage convocou a primeira reunião dos cinco Kage em Konohagakure de modo a iniciar as negociações de paz lhes vendendo as bestas com cauda que tinha capturado como um sinal de amizade e para garantir um equilíbrio de poder entre as novas aldeias[6], sendo que no fim da reunião, Kirigakure comprara o Três e o Seis-Caudas. A boa vontade que o tratado de paz promoveu, entretanto, foi de curta duração, como Kirigakure se envolveria em diferentes conflitos conforme a guerra se estendeu.

Em algum momento desta época tumultuosa, Kirigakure teve diversos confrontos contra Iwagakure devido a rivalidade do Segundo Mizukage, Gengetsu Hōzuki, com o Segundo Tsuchikage, que se enfrentaram incontáveis ​​vezes e matariam um ao outro no que seria sua batalha final.[7] Em geral, a guerra apenas verdadeiramente terminaria quando Kiri e as outras aldeias principais fizeram um tratado de trégua, mas só depois que todos os Cinco Grandes Países foram seriamente prejudicados.[8]

Segunda Guerra Mundial Shinobi

Artigo principal: Segunda Guerra Mundial Shinobi Quando a Segunda Guerra Mundial Ninja iniciou devido a desigualdade econômica entre os países ter se tornado um sério problema e as nações usarem a força militar para expandir seus territórios, é altamente desconhecido como Kirigakure atuou durante o conflito. Entretanto, logo após a segunda guerra terminar, um tratado fora feito entre Kiri e as demais aldeias principais para reduzir os tamanhos de suas forças durante tempos de paz.

Era da Névoa Sangrenta & Terceira Guerra Mundial Shinobi

Artigo principal: Terceira Guerra Mundial Shinobi

Yagura derrota seus companheiros

O ritual de graduação de Kiri que resultou no apelido infame de "Vila da Névoa Sangrenta".

Aparentemente, ao longo do governo do Terceiro Mizukage, a vila tornou-se infamemente conhecida no mundo shinobi como a "Vila da Névoa Sangrenta" (血霧の里, Chigiri no Sato)[nota 1] por uma razão cruel - na Academia de Kirigakure, estudantes que desejavam se formar (apenas os membros da casta mais baixa no romance)[5] teriam que lutar até a morte e apenas aqueles que sobreviviam poderiam avançar para as fileiras ninja. Os estudantes que fizeram excepcionalmente bem durante a graduação tornaram-se candidatos para os Sete Espadachins Ninja da Névoa.

Em algum momento, Madara Uchiha secretamente começou a manipular os eventos em Kiri.[9] Posteriormente, devido a diminuição no potencial bélico das aldeias, quando a Terceira Guerra Mundial Shinobi estourou, como as outras aldeias, Kiri teve de enviar muitas crianças jovens ao campo de batalha, perdendo suas curtas vidas. Durante o conflito, acreditava-se que Kiri sequestrou Rin Nohara de Konoha e selou o Três-Caudas nela; Na verdade, este foi um plano de Madara para ganhar a lealdade de Obito Uchiha. Quando ela foi resgatada por Kakashi Hatake, Kiri enviou uma força para ir atrás dela, mas isso foi apenas para manter as aparências; Kiri queria que Rin voltasse para Konoha para que, ao perder o controle do Três Caudas, ele fosse desencadeado dentro da vila e a destruísse.[10] Consciente disso, Rin convenceu Kakashi a matá-la antes que eles voltem e os ninjas perseguidores são igualmente mortos.[11]. Ainda durante a guerra, Kiri estava dominando Suna com seus avanços, levando a aldeia a querer propor um tratado de paz a fim de evitar ser completamente derrotada. Kiri aceitou, mas em troca, queriam a morte da heroína de Suna, Pakura, conseguindo isso após a mesma ser traída e emboscada.[12]

Yagura sendo controlado por Obito

Yagura sendo controlado por Obito.

Seguido do fracasso de tentar destruir Konoha, Kiri novamente capturou o Três-Caudas após o mesmo se restabelecer, desta vez selando-o no então jovem Yagura Karatachi, que como um jinchūriki, veio a ser conhecido como a terceira pessoa na história a obter controle completo sobre uma besta com cauda.[13] Pelo feito e seu poder, Yagura eventualmente foi eleito como Quarto Mizukage. Todavia, após a morte de Madara, Obito assumiu sua identidade, e em algum momento assumiu o controle do Mizukage com um genjutsu.[14] Por causa desse controle, muitos boatos erroneamente apontaram que a Akatsuki tinha sido criada em Kiri, embora nenhuma evidência pelo rumor existisse. Ainda assim, isso fez com que as outras aldeias permanecessem desconfiados de Kirigakure de qualquer maneira.

Tirania cruel de Yagura

O reinado cruel de Yagura em Kirigakure.

O reinado do Quarto Mizukage foi um período de escuridão para Kiri que reforçou ainda mais o apelido do vilarejo como "Vila da Névoa Sangrenta", com a corrupção assolando os responsáveis ​​e a busca do poder se tornando primordial para muitos. A deserção tornou-se generalizada entre fileiras de Kiri, com vários membros do Sete Espadachins Ninja da Névoa e até mesmo o jinchūriki do Seis-caudas, Utakata, abandonando a aldeia devido ao desgosto e ódio cada vez mais crescente que passaram a ter com o lugar. A era da "Névoa Sangrenta" só terminaria quando o ritual brutal de graduação da Academia foi encerrado depois que Zabuza Momochi, ainda um aluno na época, matou a turma de formandos de um ano inteiro[15], mas até então o apelido infame da "Névoa Sangrenta" já tinha contaminado completamente a reputação de Yagura a ponto de muitos acharem que fora ele quem começara isso em Kirigakure.

Com o tempo, foi descoberto por Ao que o Quarto estava sendo manipulado por alguém, embora o alto escalão de Kiri nunca tenha sido capaz de determinar quem exatamente essa pessoa era enquanto o resto do povo do vilarejo queriam que Yagura fosse executado por sua tirania.[16][17] Isso resultou em uma tentativa de golpe de estado orquestrada por Zabuza e seus seguidores a fim de matar Yagura, porém, acabaram fracassando.[18] Em geral, o controle de Obito sobre o Mizukage fez com que ele cometesse vários crimes, tais como explorar dinheiro dos mais pobres, até que ele fosse morto depois do Byakugan de Ao dissipar o genjutsu que o manipulava.[19] No anime, entorno deste tempo, Kirigakure perdeu a posse do Três-Caudas mais uma vez após o mesmo desaparecer inexplicavelmente ao fim da Terceira Guerra Mundial Shinobi.[20]

Devido às deserções múltiplas, mesmo entre os Sete Espadachins Ninja da Névoa, Kirigakure veio a perder seis da sete espadas misticas que deveriam ser transmitidas através das gerações, uma por uma. No momento em que girava em torno da época da Quarta Guerra Mundial Shinobi, Hiramekarei era a única espada que permanecia na posse de Kiri; Em consequência disso, a organização efetivamente se desfez.

Conflitos Internos

Clã Kaguya derrotado

Kirigakure após o ataque do Clã Kaguya.

Além dos conflitos estrangeiros, Kirigakure passou por vários períodos de agitação interna. Logo após o fim da Terceira Grande Guerra Mundial Shinobi, o clã Kaguya, travou uma guerra contra Kiri para saciar o seu apetite por batalha aproveitando que o vilarejo estava fragilizado no pós-guerra. No entanto, eles foram massacrados pelas forças superiores da aldeia. Por causa da eficiência no campo de batalha daqueles com kekkei genkai tinham em tempos de guerra, ninjas de Kirigakure e a maioria dos outros cidadãos do País da Água passaram a ter um certo medo de pessoas com habilidades genéticas.

Como tal, a perseguição e até assassinato de qualquer pessoa com um kekkei genkai se tornara comum; No caso do clã Yuki, ele fora perseguido a ponto de não existir mais em um sentido organizado e seus poucos membros sobreviventes passaram a viver em segredo, com medo de que suas habilidades fossem descobertas. A perseguição, aparentemente, já havia terminado até o tempo da nomeação da Quinta Mizukage, dado que ela possuía duas habilidades genéticas.

A tragédia do Desfiladeiro Yosuga

Artigo principal: Tragédia do Desfiladeiro Yosuga

Tragédia do Desfiladeiro Yosuga

A Tragédia do Desfiladeiro Yosuga.

No anime, algum tempo depois da Terceira Guerra Mundial Shinobi, Kiri e Iwa juntaram forças em uma missão para recuperar informações roubadas por Kumogakure. Uma vez que a informação foi garantida, Iwa traiu Kiri e matou a maioria dos ninjas enviados na missão para levar as informações para si, um incidente que viria a ser conhecido como Tragédia do Desfiladeiro Yosuga. Desde o evento, Kirigakure não estava em bons termos com Iwagakure por mais de dez anos antes da formação das Forças Aliadas.

Reforma & Restauração

Mei com chapéu de Mizukage

Mei Terumi, a Mizukage responsável pela mudança no governo de Kiri.

Ainda em meio ao luto da morte de Yagura e com o fim de seu reinado terrível, a kunoichi Mei Terumī assumiu o posto de Quinta Mizukage. Em seu governo, ela trabalhou incansavelmente para iniciar uma reforma interna e politica em Kiri a fim de tentar não só deixar para trás, mas também apagar as memórias do período da era da "Névoa Sangrenta" e recriar relações diplomáticas com outras aldeias.[21][22] Por causa disso, no anime, Kirigakure não participou dos Exames Chūnin patrocinados por Suna e Konoha.

Quarta Guerra Mundial Shinobi

Artigo principal: Quarta Guerra Mundial Shinobi

Kiri Infinito Tsukuyomi

Kiri aprisionada no Deus: Natividade de um Mundo das Árvores.

Após a Akatsuki capturar a maioria das bestas com cauda, incluindo as anteriormente possuídas por Kiri, a Quinta Mizukage participa de uma reunião entre o Cinco Kages para melhorar as relações diplomáticas com as outras aldeias e refutar o boato de que a Akatsuki foi fundada em Kiri. Como mais uma demonstração disso, Kiri junta-se às Forças Aliadas Shinobi para se opor à Akatsuki. Apesar dos habitantes das vilas estarem entre a massa presa no Tsukuyomi Infinito e no Deus: Natividade de um Mundo de Árvores, a guerra foi por fim vencida e a reputação da aldeia é restaurada.

Queda da Lua

Artigo principal: The Last: Naruto o Filme

Kirigakure prestes a ser atingida por meteoritos

Kirigakure prestes a ser atingida por um meteorito.

Dois anos após Quarta Guerra Mundial Shinobi acabar, Kiri e o resto do mundo é assolada pela ameaça da queda da Lua causado por Toneri Ōtsutsuki. Conforme os destroços que caiam da Lua ameaçam causar sérios danos a aldeia, Mei usou sua Liberação de Água e Liberação de Lava para tentar escudar o vilarejo, porém, não conseguiu impedir todos os destroços, que consequentemente avariaram o lugar. Com a crise se tornando terrível, os Kage entram em contato e decidem que a Lua deve ser destruída, porém, após a equipe enviada para lá de Konoha obter sucesso em impedir a queda do corpo planetário, a decisão é cancelada.

Boruto: Naruto Next Generations

Kirigakure Boruto

Kirigakure modernizada.

Quinze anos após o fim da Quarta Guerra Mundial Ninja, durante o governo do Sexto Mizukage, Chōjūrō, com a ajuda auxiliar da Quinta, Kiri se tornou uma cidade moderna e próspera, que agora era um destino turístico[23] e ainda mais avançado que Konohagakure. Eles também recuperaram as seis espadas misticas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa que foram perdidas nas deserções, começando assim a restabelecer o grupo na aldeia. A maioria dos cidadãos transborda de vivacidade numa aldeia transformada e alegre.[24] Apesar disso, ainda havia uma minoria que era ao mesmo tempo muito desconfiada e odiosa para com pessoas de fora, mesmo alguns que ansiavam pelos velhos tempos da "Vila da Névoa Sangrenta".

Rebelião de Shizuma

Artigo principal: Arco das Excursões Escolares Durante a época da excursão dos estudantes da Academia de Konoha a Kiri para melhorar o relacionamento entre as duas aldeias, Kiri estava passando por problemas envolvendo o crescente conflito entre o País da Água e o País das Ondas. Como o País da Água desejava expandir o poder militar para os mares limítrofes, a ex-Mizukage Mei temia que isso pudesse se transformar em uma guerra, todavia, assegurou a Konoha que tanto ela quanto o Sexto Mizukage trabalhariam para evitar isso, dado que o alto escalão de Kiri era totalmente contra o inicio de uma nova guerra.

Novos Sete Espadachins Ninja

Os novos Sete Espadachins Ninja da Névoa iniciam sua "revolução".

Neste período, Shizuma Hoshigaki recebera apoio de membros ligados ao Daimyō da Água que estavam conspirando com o País das Ondas a fim dar início a um golpe de estado em Kirigakure para derrubar o Sexto Mizukage e substituí-lo por Kagura Karatachi bem como devolver a vila à era da "Névoa Sangrenta".[25] Para esse fim, Shizuma reuniu um grupo que estava descontente com a atual situação da vila e roubara as espadas dos Sete Espadachins Ninja da Névoa, dando assim inicio a seu plano. Em última análise, o grupo foi derrotado e sua rebelião parou antes que pudesse realmente começar, sendo vista como "apenas uma briga entre as crianças".

Mais tarde, Mei descobre e ganha provas de que o País da Água estava conspirando com o País das Ondas. Com isso, ela rapidamente reuniu os traidores para interrogá-los, dando fim a ameaça do golpe de estado.

Locais

Clãs

Veja Também

Curiosidades

  • O segundo fanbook disse que Kirigakure teria uma população de duas de cinco estrelas, uma força militar de três de cinco estrelas, e uma força econômica de duas de cinco estrelas.
  • Kirigakure parece não ter um sistema de registro ninja.
  • A aldeia tem o nome de Saizō Kirigakure dos Dez Bravos de Sanada, um grupo de ninjas lendários que serviu sob o daimyō Yukimura Sanada durante o período dos Estados Guerreiros do Japão, e rival do seu companheiro Sasuke Sarutobi. Seu sobrenome é uma brincadeira em sua associação com neblina e ilusões. A técnica de marca registrada da aldeia, Técnica de Ocultação na Névoa, também toca na habilidade de Saizō.
  • Durante a segunda luta entre Zabuza Momochi e Kakashi Hatake, o primeiro usou uma kunai com uma borda de lâmina curva para dentro, fazendo com que a ponta ficasse mais nítida e mais adequada para esfaqueamento ou estocadas. Mais tarde, no anime, esta lâmina foi descrita como variação especial de Kirigakure da kunai padrão.
  • No capítulo 30, Kakashi erroneamente chama Kirigakure de "País da Névoa" (霧の国, Kiri no Kuni).[27]

Referências

  1. 1,0 1,1 Quarto Databook, página 183
  2. Naruto: Shippūden episódio 369
  3. Naruto capítulo 523, página 5
  4. Boruto episódio 26
  5. 5,0 5,1 Kakashi Hiden: Relâmpago no Céu Gelado
  6. Terceiro Databook, página 183
  7. Naruto capítulo 525, página 3
  8. Naruto Hiden: Kai no Sho Fanbook Premium Oficial — Os Arquivos Secretos da Guerra Mundial Shinobi, páginas 112-115
  9. Naruto capítulo 675, página 8
  10. Naruto capítulo 629, páginas 14-16
  11. Naruto capítulos 603-605
  12. Quarto Databook, página 137
  13. Naruto capítulo 458, página 3
  14. Naruto capítulo 507, páginas 12-15
  15. Naruto capítulo 14 páginas 5-7
  16. Naruto capítulo 458, página 10
  17. Naruto capítulo 30, página 2
  18. Quarto Databook, página 187
  19. Sasuke Shinden: Livro da Alvorada, capítulo 1
  20. Naruto: Shippūden episódio 100
  21. Segundo Fanbook página 123
  22. Naruto: Shippūden episódio 394
  23. Boruto episódio 27
  24. Shonen Weekly Jump
  25. Boruto episódio 29
  26. Naruto: Shippūden episódio 456
  27. Naruto capítulo 30, página 3
  1. Dado que a aldeia já era chamada assim durante a Terceira Guerra Mundial Ninja, é provável que fora a governança do Terceiro que implantou a politica interna bárbara e brutal que culminou no apelido infame da vila.

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Kirigakure

  • Yagura foi o regente da Névoa Sangrenta?

    2 mensagens
    • Muito é discutido sobre Yagura e sua tirania na governancia de Kirigakure no Sato. É especulado que ele foi manipulado por Obito Uchiha, qu...
    • Fwy
      Acredito que isso seja algo que qualquer um possa imaginar. Vou expôr meu ponto de vista, que '''pode ter mui...
  • Vila oculta do som X vila oculta da nevoa

    16 mensagens
    • Paixão e rodolfo escreveu:FeitanxD escreveu:Paixão e rodolfo escreveu:FeitanxD escreveu:suigetsu som  Haku vivo auge, sem shin e muito me...
    • ''espadachins auge'' sua geração mais poderosa logo zabuza, e kisame