FANDOM


Kankurō (カンクロウ, Kankurō) é um shinobi de Sunagakure e um dos três Irmãos da Areia.

Personalidade Editar

Na Parte I, um traço notável de sua personalidade que ele demonstrou foi uma antipatia aparente para as crianças, visto pela primeira vez quando ele tentou bater em Konohamaru por este ter se esbarrado nele acidentalmente. Isto também era muitas vezes visto em suas interações com outros personagens, como ele ficava visivelmente irritado quando ficava na presença de alguém mais jovem do que ele. Isto foi mais evidente quando ele foi visto com Gaara, o qual Kankurō foi forçado a tolerar devido ao medo que seu irmão mais novo lhe causava. Após a derrota de Gaara nas mãos de Naruto, a relação de Kankurō com Gaara melhorou drasticamente.

Durante a missão de ajudar a recuperar Sasuke, Kankurō mostrou ser muito orgulhoso de sua aldeia, dizendo que eles não são tão suaves como os ninjas de Konoha.

Kankuro trabalhando em suas Marionetes

Kankurō trabalhando em suas marionetes.

Apesar de suas diferenças aparentes, Gaara e Kankurō tornam-se muito próximos ao longo do tempo, como Gaara começou a confiar em Kankurō, e compartilhou os seus sonhos de querer arriscar sua vida para proteger Sunagakure. Como tal, Kankurō tornou-se muito protetor de Gaara, disposto a desafiar qualquer um que insultasse Gaara na sua presença. Quando Gaara foi capturado pela Akatsuki, Kankurō apressou-se para ajudar seu irmão em uma tentativa de salvá-lo e arriscou sua vida por ele. Quando ele ficou incapacitado, como resultado da batalha com Sasori, ele suplicou para Naruto trazer seu irmão de volta [6], e logo depois de se recuperar ele se juntou com Temari na procura de Gaara.[7] Em um ponto, quando Kankurō tinha sido envenenado por Sasori foi ouvido ele murmurando o nome de Gaara enquanto estava inconsciente, que mostrou o quanto ele se importava com Gaara. Uma vez que Gaara foi encontrado e salvo, Kankurō juntou-se com Temari para agradecer o Time 7 por salvar seu irmão. Também foi observado que ele gosta de colecionar marionetes, e instalar e atualizar os mecanismos delas.

Sonho de Kankuro

O sonho de Kankurō em criar a marionete suprema.

Durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi, Kankurō indicou sinais de ser um líder carinhoso quando ele puxou Zaji da explosão e protegeu seu grupo de qualquer perigo. Ele também mostra determinação durante sua batalha contra Deidara, Sasori e Shin. Kankurō fala para Omoi parar de exagerar e ficar ansioso, e diz que eles devem ganhar a guerra a todo custo para proteger as suas famílias e amigos. Quando Sasori foi preso dentro do Formiga Negra, Kankurō ajuda Sasori a reconhecer todos os seus erros durante a sua vida como um titereiro, fazendo Sasori confiar suas marionetes "pai e mãe" para ele. No anime, como visto em seu sonho no Tsukuyomi Infinito, o seu maior desejo é criar a marionete ninjutsu suprema.[8]

No japonês original, Kankurō fala com um distintivo dialeto Yokohama. Ele muitas vezes pode ser ouvido terminando suas frases com "jaan". Isso faz dele parecer difícil, já que este acento é usado frequentemente para os membros da gangue de motociclistas ou crianças punk. É possível que ele recebeu esse sotaque para fazê-lo soar diferente do padrão dos personagens de Konoha de Tokyo japonês.

Aparência Editar

  • A aparência inicial de Kankurō na Parte I.
  • A aparência final de Kankurō na Parte I.

Na Parte I, Kankurō usava um traje preto completo com um círculo vermelho e amarelo na frente. Ele também usava um capuz preto que cobria a cabeça completamente, e tinha orelhas de gato e seu protetor de testa. Suas roupas mais tarde são derivadas dos trajes de marionetes Bunraku tradicionais; marionetistas bunraku geralmente usam roupas pretas e capuzes para não distrair suas marionetes. Quando ele fez uma aparição, Kankurō ostentava um desenho da face triangular, que passou a ter um design diferente no Arco Resgate de Sasuke até a Parte II. Ele também usa luvas e carrega suas marionetes em suas costas.

  • A aparência inicial de Kankurō na Parte II.
  • A aparência de Kankurō durante a Reunião dos Cinco Kage.

Na Parte II, Kankurō mais uma vez mudou a pintura do seu rosto. Ele também tem um boneco novo, bem como vestindo uma roupa preta consistindo de um top longo e calça com uma faixa vermelha na cintura. Ele é revelado por ter o cabelo castanho na Parte II e quando visto sem o capuz ou pintura facial, ele lembra muito seu pai. Seu capuz muda mais tarde, quando visto novamente e usa um vestido tipo kimono. Ele carrega suas marionetes em suas costas ainda, só que elas estão agora em pergaminhos. Ele também ostenta uma pintura nova na face. Sabe-se agora a partir de uma face para os lábios e ao fim de a outra face, e uma outra linha de partida a partir do topo do lábio superior para a parte inferior do queixo. Parece que ele faz a letra T. Por um breve momento, sua pintura no rosto também mudou de volta para o desenho e teve um novo projeto com uma linha atravessando os olhos e um design em forma de T abaixo de seu lábio superior.

  • A aparência de Kankurō durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi.
  • A aparência de Kankurō no Epílogo e em Boruto: Naruto o Filme.
Após o início da Quarta Guerra Mundial Shinobi, Kankurō veste o traje padrão de um ninja de Sunagakure, juntamente com o seu capuz, que agora tem o símbolo da Aliança Shinobi costurada sobre a mesma. Ele tem a mesma pintura facial do Arco de Resgate de Sasuke, mas com linhas mais amplas e nenhuma linha sobre o nariz.

História Editar

Passado Editar

No anime, quando Shukaku tumultuava em Sunagakure, um jovem Kankurō instruiu os moradores a fugirem. Como seu pai chegou, Kankurō observou que seu irmão mais novo era um "monstro". Mais tarde, ele confrontou Gaara e perguntou se ele não sentiu remorso por ter matado seus companheiros de aldeia, mas foi silenciado quando ele ameaçou matá-lo.[9]

No anime, Kankurō menciona uma vez ter implorado a Chiyo para treiná-lo, mas ela se recusou porque ela não se importava mais em auxiliar sobre o futuro da aldeia.[10]

Parte I Editar

Exames Chūnin Editar

Artigo principal: Exames Chūnin (Arco) Logo após sua chegada em Konoha para o Exame Chūnin, Kankurō e sua irmã, Temari são vistos pela primeira vez com o Time Kakashi, Konohamaru, Moegi e Udon. Aborrecido por Konohamaru ter se esbarrado com ele acidentalmente, Kankurō o agarra pelo seu cachecol e o levanta. Alguns momentos depois, Naruto tenta ajudar Konohamaru, mas ele aparentemente tropeça em si mesmo, mas na realidade, foi Kankurō que fez isso. Kankurō finalmente solta o aterrorizado Konohamaru, depois que Sasuke joga uma pedra em sua mão. Enfurecido, Kankurō se prepara para lutar, mas é ameaçado por Gaara para parar. Durante a primeira fase escrita do exame, destinado a testar a capacidade dos examinandos para recolher informações de forma encoberta, Kankurō pede licença para ir ao banheiro revelando que um dos examinadores era sua marionete, Corvo disfarçado. Depois de recuperar as respostas, Kankurō volta para a sala do exame apenas no tempo antes da parte final do exame começar. Quando ele volta para seu assento, ele passa as respostas para Temari. Quando o examinador Ibiki Morino pergunta para Kankurō se sua "brincadeira com marionetes" foi benéfica, Kankurō fica chocado ao perceber que o examinador tinha descoberto o seu plano.

Durante a segunda fase, um teste de sobrevivência na Floresta da Morte, Kankurō junto com seus irmãos esperaram no portão de entrada da floresta prontos para assumirem o exame. Assim que o exame começa, Kankurō pensa que não só tinha de se preocupar com seus inimigos, mas também com seu irmão mais novo Gaara, que podia atacar ou mesmo matá-lo. Mais tarde ele foi visto com Gaara, que assassinou brutalmente uma equipe de genin de Amegakure facilmente. Gaara queria mais sangue, ao notar o grupo de Kiba atrás dos arbustos. Kankurō e Temari sabiam que Gaara estava planejando matá-los. Eles tentam pará-lo, mas Gaara ameaça matá-los se eles ficassem em seu caminho. Kankurō farto de todos os problemas que eles têm que passar com ele, se aproxima e agarra Gaara em sua direção. Kankurō afirma que ele está cansado de todos estes problemas e diz para Gaara ouvir seu irmão mais velho ao menos uma vez. Gaara olha para Kankurō e diz que ele não o considera como um irmão. Mais tarde ele chegam na torre, sendo os primeiros lá, algo que surpreende Anko por causa da rapidez com que chegaram. Nenhum dos irmãos foram feridos ou mesmo arranhados devido à grande força que Gaara possui.

Nan no Kaizo (Misumi)

Kankurō é pego por Misumi.

Durante as partidas preliminares, Kankurō é colocado para enfrentar Misumi Tsurugi. Misumi rapidamente envolve-se em torno do corpo de Kankurō, e ameaça quebrar o pescoço de Kankurō se ele não se render. Kankurō recusa, Misumi então cumpre sua ameaça, aparentando ter matado Kankurō. No entanto, antes da luta terminar com a vitória de Misumi, o Kankurō que Misumi atacou era na verdade o Corvo disfarçado, enquanto o verdadeiro Kankurō estava escondido onde o Corvo deveria estar. Kankurō rapidamente faz Corvo agarrar Misumi e contraí-lo brutalmente, quebrando seus ossos antes que ele pudesse se render. Misumi sobrevive, mas não estava em condições de lutar, e Kankurō foi declarado o vencedor. Mais tarde, Kankurō diz a seus irmãos que ele vai assistir a luta do outro lado do palco para conseguir informações sobre Neji. Ele fica de pé ao lado de Naruto observando as outras batalhas. Quando Rock Lee estava enfrentando Gaara, Kankurō e Temari expressaram convencimento em seus rostos, sabendo que seria quase impossível acertar Gaara já que ele nunca foi sequer arranhado antes. Rock Lee prova que eles estavam errados quando ele usa o quinto dos seus oito portões para danificar muito Gaara. Kankurō e os outros oito que passaram no exame preliminar são selecionados para o exame final. Kankurō vê que ele iria enfrentar Shino Aburame. No anime, durante as férias de um mês a partir do exame final, Kankurō é visto com Temari e diz para ela praticar para a sua partida. Ela declara que ela não tinha necessidade, já que ela iria enfrentar Shikamaru, que foi visto como fraco por ela. Baki aparece e diz aos irmãos da areia que eles têm uma nova missão rank A que envolve a destruição de Konoha. Kankurō e Temari tentam recusar a missão, uma vez que tinham laços estreitos com Konoha, mas eles são deixados sem escolha, sendo obrigados a faze-la. Baki também diz para Kankurō e Temari manterem o olho em Gaara para que ele não estragasse a sua nova missão.

Esmagamento de Konoha Editar

Artigo principal: Esmagamento de Konoha (Arco) Na rodada final programada para acontecer um mês depois das preliminares, Kankurō é colocado para lutar contra Shino Aburame. Pelo fato de ele tomar parte na invasão de Sunagakure em Konoha, prevista para começar antes de sua partida com Shino, Kankurō havia equipado Corvo especialmente para a invasão. Quando a invasão é adiada e a luta de Kankurō com Shino estava para começar, Kankurō se rende, não querendo revelar os novos mecanismos do Corvo.

Kankuro com Karasu

Kankurō se preparando para enfrentar Shino.

Quando a invasão começa, Kankurō e Temari escoltam um Gaara ferido para fora da aldeia. Quando descobrem que estavam sendo seguidos, Kankurō fica para trás para ganhar tempo. Antes que ele pudesse lutar com seu perseguidor, Sasuke Uchiha, Shino chega para lutar com ele em vez disso, querendo ter a batalha foi cancelada na final. Sasuke contina seguindo Gaara, enquanto Shino e Kankurō começam a lutar. Kankurō usa o Corvo para começar um ataque imediato, mas Shino evita os ataques e, sem Kankurō saber, ele coloca um inseto nele. Kankurō em seguida, lança uma bomba de fumaça venenosa em Shino. Shino inala um pouco do gás, mas consegue escapar e usar seus insetos para prender e restringir Corvo. Antes de perder o uso completo do Corvo, Kankurō tenta lançar um ataque final, apenas para descobrir que ele era um clone de insetos de Shino, além deles estarem sendo guiados pelo inseto colocado sobre ele antes, tendo sua localização descoberta, ele acaba tendo todo o seu chakra consumido.

Kankurō fica incapaz de se mover, mas Shino, por causa do gás venenoso que ele inalou, desmaia e não consegue acabar com ele. Ele é encontrado mais tarde por Temari, e juntos eles ajudam Gaara a voltar para Sunagakure. Gaara, tendo sido derrotado por Naruto e cansado, pede desculpas a seus dois irmãos. Kankurō, chocado, balbucia palavras de perdão.

Missão de Recuperação de Sasuke Editar

Artigo principal: Missão de Recuperação de Sasuke

Kankuro vs Sakon

Kankurō fere Sakon.

Kankurō e seus irmãos são enviados por Sunagakure para ajudar Konoha a recuperar Sasuke Uchiha. Kankurō vem em auxílio de Kiba Inuzuka e seu cão Akamaru, salvando-os de Sakon e Ukon. Ukon tenta matá-los, mas é parado por Kankurō que usa a marionete Corvo para defender Kiba e Akamaru do ataque da kunai de Ukon. Kiba pergunta para Kankurō para onde os outros foram já que ele não conseguia mais farejá-los e Kankurō lhe diz que eles foram ajudar seus outros amigos, porque eles também estavam em apuros. Kankurō então luta contra Ukon, mas é pego por Sakon, que volta ao notar que Ukon não retornava. Sakon tenta usar seu Kisei Kikai no Jutsu para fundir-se com o corpo de Kankurō, mas Kankurō revela que Sakon tinha agarrado sua nova marionete, Formiga Negra. Kankurō surge a partir de um pacote em suas costas e empala Sakon com várias lâminas dos braços da marionete. Ukon absorve seu irmão e Sakon vai dormir. Após Ukon insultar o boneco, Kankurō usa o Corvo para atraí-lo para a barriga da Formiga Negra, capturando Sakon e Ukon. Kankurō então usa a Técnica Preta Secreta Maquinário de Um Disparo para mergulhar várias lâminas dos braços e pernas do Corvo em lugares específicos no corpo da Formiga Negra, empalando Ukon e Sakon, matando-os.

Após a batalha terminar, com Sasuke indo embora e quase todos os ninjas de Konoha serem hospitalizado, mas vivos, Kankurō e seus irmãos são vistos nos portões de Konoha junto com Shikamaru Nara.

Interlúdio Editar

Seguindo os Passos de Naruto: Os Caminhos dos Amigos Editar

Artigo principal: Seguindo os Passos de Naruto: Os Caminhos dos Amigos

Kankurō contesta Gaara

Kankurō contesta Gaara por querer atrair a Akatsuki.

No anime, cerca de dois anos depois de Naruto deixar Konoha para treinar com o Sannin Jiraiya, Kankurō como um jōnin se juntou a seus irmãos, juntamente com Gaara como o recém-nomeado Kazekage para Konoha para discutir uma proposta com Tsunade. Após a reunião com ela e com o Conselho de Konoha, Tsunade discutiu a ideia de hospedar um logo Exame Chūnin para ajudar a restaurar a reputação de Konoha já que os últimos exames foram arruinados pelo ataque de Orochimaru sobre a aldeia. Tsunade esperava que Suna poderia ajudar a apoiar esta ideia e co-patrociná-la. Embora tenha sido reconhecido que grande parte da melhoria em Suna desde o falecimento do Quarto Kazekage foi em parte graças a Konoha, Kankurō rapidamente percebeu que Tsunade tinha um objetivo adicional. A Hokage explicou que com a suas informações sobre a Akatsuki, sugeria que eles estariam fazendo um movimento em breve, mas ela esperava que estes exames improvisados ​​iriam atrair o inimigo para fora. Gaara concordou com a ideia de Tsunade para um início dos Exames Chūnin, mas insistiu em que os exames fossem hospedados em Suna. Em última análise, foi acordado em sediar o primeiro exame em Konoha e o segundo exame em Suna. Mais tarde, enquanto Kankurō expressou seu descontentamento com Gaara colocando-se em aberto, de modo a promover-se como o novo Kazekage, Gaara insistiu que ele precisava para lidar não só com a Akatsuki, mas também os opositores violentos de Suna.[11]

O Assassino pula em Kankurō

O assassino pula para cima de Kankurō na tentativa de se suicidar e matar Kankurō.

Mais tarde, Kankurō relatou para Tsunade que sua aldeia pessoalmente gostaria de examinar a segunda parte dos Exames Chūnin uma vez que eles estão mais familiarizados com a área de sua aldeia. Tsunade dá o seu consentimento, mas não antes de também apontar que os jōnin das equipes dos genin ainda iriam acompanhar suas equipes para Suna, dos quais é inegociável. Ele, então, relata a notícia para Gaara.[12] Duas noites antes do segundo exame começar em Suna, Kankurō encontrou um assassino tentando entrar na residência Kazekage. Ele dirigiu o assassino para fora, e logo que o assassino percebeu que estava encurralado, ele tentou um ataque suicida em Kankurō. Temari no entanto interveio e soprou o assassino longe o suficiente para deixar ela e seu irmão ilesos da explosão. No dia seguinte, Kankurō disse a seu irmão mais novo dos eventos recentes e novamente tentou fazer Gaara voltar atrás deste caminho. Gaara no entanto insistiu que não só pode não parecer fraco como o Kazekage, mas os Exames Chūnin eram muito importantes para ele, porque era ali que sua vida realmente mudou para melhor. Mais tarde, com os primeiros 30 genin que fizeram a corrida para Suna foram contabilizados, Kankurō e outro jōnin supervisionaram o começo do segundo exame.[13]

Kankurō salva os genin de Suna

Kankurō salva mais genin da tempestade de areia.

Mais tarde, uma tempestade de areia enorme aproximou-se do Deserto Demoníaco, surpreendendo a todos da incapacidade da equipe sensorial detectá-la, determinando que alguém lhes tinha bloqueado até o momento. Sabendo que esta tempestade era demasiada perigosa para os genin possivelmente manipular, Kankurō juntou várias equipes para adiar os exames e salvar os participantes.[14] Usando sua Sanshōuo, Kankurō foi capaz de transportar com segurança os múltiplos genin para um abrigo.[15]

Parte II Editar

Missão de Resgate do Kazekage Editar

Artigo principal: Missão de Resgate do Kazekage

Kankuro vs Sasori

Kankurō confronta os Akatsuki.

Dois anos e meio depois, Kankurō é visto pela primeira vez quando seu irmão mais novo, Gaara, estava lutando contra o membro da Akatsuki, Deidara, em uma batalha aérea. Kankurō estava com outros shinobi areia incluindo Baki, assistindo a batalha. Quando os Suna-nin perderem a fé, Kankurō faz uma declaração positiva para defender Gaara e sua força. Em um ponto, Baki diz a Kankurō que a aldeia pode ficar em perigo se Gaara perder o controle de seu Bijū, mas Kankurō, lembrando de uma conversa anterior com ele responde afirmando que Gaara nunca iria prejudicar a aldeia, não importa o quê acontecesse. Essa afirmação é comprovada ser verdade quando Gaara protege sua aldeia inteira do ataque mortal de Deidara. Depois que Gaara é derrotado e capturado por Deidara e Sasori, Kankurō os persegue, determinado em impedi-los de levar seu irmão. No anime, Kankurō inicialmente estava sendo acompanhado com outros shinobi de Suna, mas uma das armadilhas de Sasori matou a maioria deles. Kankurō consegue salvar apenas dois Suna-nin usando sua nova marionete Salamandra como proteção contra a explosão. Ele ordena a Baki para chamar a unidade médica e curar os feridos, deixando Kankurō partir sozinho. Ele enfrenta outra armadilha de Sasori, mas consegue facilmente desvendá-la usando a areia de seu irmão como uma pista para seguir. Para derrotar a dupla da Akatsuki, Kankurō libera seus bonecos de seus pergaminhos (Corvo, Formiga Negra, e sua nova marionete Salamandra) para desafiar os membros da Akatsuki. Sasori concorda em lutar, mas imediatamente repele um ataque de Corvo, revelando ser o criador dos bonecos, sendo assim, ele conhecia todos os seus segredos.

Kankurō derrotado

Kankurō derrotado por Sasori.

Como a sua luta não é vista no mangá, a adaptação do anime explica as circunstâncias da derrota de Kankurō. Embora sendo capaz de combinar o uso de seus bonecos com grande eficácia, Kankurō é incapaz de contornar as defesas de Sasori. Sasori captura cada um dos bonecos e os destrói, antes de atacar Kankurō com sua cauda revestida com veneno. Kankurō desaba, mas com um último sinal de sua força, ele consegue fazer um pedaço de Corvo arrancar parte da máscara de Sasori. Sasori decide poupar a vida de Kankurō dando a ele três dias antes de o veneno o matar.

Saikan Chushutsu no Jutsu

Sakura extraindo o veneno do corpo de Kankurō.

Logo após, o Time 7 chega a Sunagakure para ajudar no resgate de Gaara, e enquanto eles estavam lá, Sakura Haruno cura Kankurō, e cria um antídoto para o veneno que ainda estava em seu sistema. Kankurō então entrega ao Time 7 a parte da máscara de Sasori que ele havia arrancado, a qual eles usam para rastrear Gaara. Ele fica muito irritado por ele ser o único que não tinha condições de resgatar Gaara. Depois de alguns episódios ele é visto tentando andar, embora ele quase tivesse caído se não tivesse sido pego por Baki que estava passando por seu quarto. Em seguida, ele participa da reunião com o conselho e tenta dar um soco em um membro do conselho por ele afirmar que a aldeia ficaria melhor sem Gaara, mas ele é parado por Baki. Ele foi visto novamente quando ele estava em seu quarto e uma foto dele e de seus irmãos cai e se racha, um presságio, significando a morte de Gaara. Kankurō depois parte com Temari para dar suporte ao Time 7, que é revelado ser sua própria ideia quando Temari declara que seu plano havia falhado. Quando Gaara é encontrado e ressuscitado, ele é o único que explica a Naruto sobre o núcleo de marionetes e a técnica usada por Chiyo para reviver Gaara. Kankurō junto com Temari agradecem o Time 7 por salvar seu irmão, e agradecem pessoalmente Naruto.

Reunião dos Cinco Kage Editar

Artigo principal: Reunião dos Cinco Kage (Arco)

Guardacostas

Os Guarda-Costas dos Kage na Ofensiva.

Kankurō e Temari são escolhidos para escoltar Gaara à Reunião dos Cinco Kage. Quando Kankurō chega atrasado, ele explica que tinha levado um "tempo para descobrir um novo truque" e se defende, acrescentando que Gaara nem precisa de guarda-costas. Assim que chegam no País do Ferro a reunião começa, Kankurō e Temari ficam irritados com a falta de respeito dos outros Kage em relação a Gaara por causa de sua tenra idade, especialmente o Terceiro Tsuchikage. Eles mais tarde vem em defesa de Gaara durante a explosão do Quarto Raikage e também quando Zetsu Branco aparece. Zetsu Branco revela que Sasuke esta nas proximidades e logo após o Raikage sair para lutar contra Sasuke, os irmãos deixam o recinto para se juntar a ele.

Os irmãos da Areia enfrentam Sasuke

Os Irmãos da Areia enfrentam Sasuke.

Quando eles chegam, Gaara interrompe a luta entre o Raikage e Sasuke, para que ele pudesse falar com Sasuke. Enquanto o fazia, Kankurō e Temari ajudam um samurai que tinha sido atingido pelo Amaterasu de Sasuke, e removem sua armadura em chamas. Como Gaara estava conversando com Sasuke sobre o ódio em seu coração, Kankurō menciona a Gaara que ele não deve deixar suas personalidades interferirem, porque ele não é como Sasuke mais e que Sasuke agora é um criminoso internacional. Depois que Gaara não consegue convencer Sasuke para mudar seus modos, os irmãos da areia e Darui atacam com Kankurō usando Sasori e sua técnica Akahigi Kiki Sankaku. Sasuke no entanto, sobrevive ao ataque e foge, fazendo os irmãos e o grupo do Raikage segui-lo de volta para a sala da Reunião. Lá, ele liberta Chōjūrō, Mifune, Okisuke e Urakaku do Hōshi no Jutsu de Zetsu Branco antes de Tobi aparecer. Depois de explicar seu Plano Olho da Lua, Tobi declara a Quarta Guerra Mundial Shinobi. Os Kage concordam em formar uma Aliança Shinobi em resposta. A Gaara é dada a tarefa adicional de informar a Kakashi Hatake de que eles haviam escolhido ele como um representante adequado de Konoha, já que Danzō fugiu da reunião e da decisão que tomaram. Depois de encontrar Kakashi os irmãos falam o que tinha acontecido e, logo após, eles voltam para Sunagakure para se prepararem para a guerra.

Quarta Guerra Mundial Shinobi: Confronto Editar

Artigo principal: Quarta Guerra Mundial Shinobi: Confronto

Kankuro com sua tropa

Kankurō liderando a Divisão de Ataque Surpresa.

Kankurō é colocado no comando da Divisão de Ataque Surpresa da Aliança Shinobi. Quando Kankurō anuncia sua posição para seu time, Sai se aproxima dele e começa a se perguntar sobre qual apelido ele deveria dar ao seu capitão, deixando Kankurō confuso. Enquanto estavam seguindo a rota para o seu destino, Omoi que estava contemplando os piores resultados possíveis pergunta para Kankurō quantos anos ele tinha. Em resposta Kankurō diz a Omoi para se concentrar em ter êxito, a fim de proteger seus amigos e familiares. Eles viajam por trás das linhas inimigas para montar uma emboscada, enquanto o resto da divisão realizava as instruções de Kankurō sobre como fortalecer a sua posição, Kankurō e Kiri avaliavam a estratégia da divisão.

Muta Aburame de repente aproxima-se de sua base. Zaji imprudentemente se aproxima dele para prestar assistência ao seu companheiro antes que Hoheto Hyūga revelasse que Muta era uma armadilha e que ele estava cheio de explosivos de um Deidara reencarnado. Agindo rapidamente, Kankurō imediatamente puxa Zaji em segurança antes de Muta explodir. Sem tempo para se recuperar, eles são atacados por mais aliados que se tornaram inimigos, Ranka e Tokuma Hyūga, que Kankurō reconhece como sendo um trabalho de um Sasori reencarnado. Kankurō declara para Deidara. Pulando para a batalha, após Omoi cortar as cordas de marionete de Sasori ligadas a Ranka e Tokuma, Kankurō anexa suas próprias linhas nas linhas de Sasori para puxar Sasori para baixo e ordena Ittan levantar o chão ao mesmo tempo, fazendo Deidara e Sasori baterem um no outro.

Omoi e Kankuro atacam Shin

Kankurō usando o Escorpião para lutar ao lado de Omoi contra Shin.

Como Sasori elogia a melhora das habilidades de Kankurō, Kankurō responde dizendo que sua Kurohigi havia superado a Akahigi de Sasori. Kankurō declara que eles estavam predestinados a lutar mais uma vez e que ele lhe devia isso desde seu último encontro, onde Sasori o envenenou e deixou para morrer. Kankurō então retira sua nova marionete Escorpião de um pergaminho que surpreende Sasori por ver o seu corpo anterior. Ele começa a trocar golpes com Sasori, que estava controlando um Shin reencarnado.[16] Durante a batalha, Hoheto informa a sua equipe que também havia argila explosiva no estômago de Shin, para o choque de todos.

Kiki Sanpatsu

Kankurō captura Sasori e Deidara.

Como Deidara ordena Shin explodir, Kankurō captura Shin em sua marionete salamandra que asfixia a explosão e protege Omoi da explosão com o Bloqueio do Escudo Mecânico de Luz. Quando um enfurecido Sai bate em Deidara e Sasori , fazendo eles voarem em direção ao chão, Kankurō invoca duas marionetes captura os dois, então, ele usa o Kurohigi: Kiki Sanpatsu e empala Sasori com o Corvo e prende Deidara com o cabo do Escorpião. Kankurō informa a Sasori que sua derrota era um resultado de seus esforços para obter a imortalidade, quando na verdade ele foi imortalizado através dos bonecos que ele criou. Movido por suas palavras, a alma de Sasori começa a se libertar. Enquanto ele se desintegrava ele confia suas marionetes Mãe e Pai para Kankurō que promete que ele, por sua vez iria passá-las para a próxima geração de marionetes quando ele morresse.

A Divisão de Ataque Surpresa com um Deidara contido, mais tarde é confrontada por Hanzō, Kimimaro e Chiyo, o último dos quais felicita Kankurō por sua vitória sobre Sasori. Sabendo que eles seriam derrotados, Kankurō ordena uma retirada, mas eles são perseguidos e paralisados pela névoa venenosa de Ibuse, mas antes que Hanzō pudesse matá-los, Mifune chega e intercepta o ataque. Com isso, Kankurō e os outros são levados à unidade médica para o tratamento.

Naruto ajudando a divisão de Mifune

Naruto chega para ajudar a Divisão de Ataque Surpresa.

No anime, Kankurō e os samurai estavam descansando durante a noite do primeiro dia. Logo depois, Deidara escapa da Formiga Negra e foge com Zetsu. Kankurō, com a ajuda de Mifune, seus samurai e Kurotsuchi, perseguem Deidara e o encurralam em uma armadilha. Mifune empurra sua espada através de Deidara para utilizar a eletricidade de uma bateria para cancelar sua explosão, permitindo que Kankurō conseguisse recapturar Deidara com a Formiga Negra novamente.[17] Mais tarde, ele vem em auxílio de Mifune, e assume a sua luta contra a Chiyo reencarnada, usando as marionetes Sasori, Mãe e Pai contra ela. Durante a luta, Chiyo descobre que Kankurō tem as marionetes Mãe e Pai juntamente com a marionete Sasori, e se culpa por sua incapacidade de salvar Sasori e trazê-lo para a luz. Kankurō diz a ela que Sasori confiou suas marionetes para ele e que ele deve passá-las para a futura geração de usuários de marionetes. Chiyo finalmente encontra boas lembranças de seu neto, e, em seguida, admite que as marionetes estão em boas mãos, enquanto ainda continuam sua batalha.[18] No anime, Kankurō está presente quando um dos clones de Naruto chega em cima da hora para ajudar ela e a Quinta Divisão.[19]

Enquanto Deidara ainda exigia que Kankurō e Hoheto, que o vigiavam, o libertassem, Kankurō chama Deidara de fracassado devido a ele ameaçar explodir mesmo não sendo capaz de fazê-lo. Mais tarde, ele olha em choque quando a Reencarnação do Mundo Impuro é liberada, a princípio pensando que Deidara ia explodir. Depois de perceber que a Reencarnação do Mundo Impuro é liberada, ele parte rapidamente para encontrar Chiyo e dizer suas despedidas. Kankurō chega a tempo de ver o processo. Apesar de ele ficar triste em ver a mestre de marionetes idosa partir, mais uma vez, Chiyo reconhece a habilidade do mais novo mestre de marionetes de Suna, orgulhosamente confiando Kankurō para continuar com o ninjutsu de marionete.[20]

Período em Branco Editar

The Last: Naruto o Filme Editar

Artigo principal: The Last: Naruto o Filme

Suna Celebrando

Kankurō celebrando a vitória.

Kankurō, ao lado de Temari e Gaara, aparece nesse filme, demonstrado dois anos após a conclusão da Quarta Guerra Mundial Ninja. Ele foi visto protegendo Sunagakure dos meteoritos que caíam. Mais tarde, Kankurō e o restante de sua vila celebram o fim da ameaça da colisão com a lua.

Gaara Hiden: Uma Miragem de Tempestade de Areia Editar

Artigo principal: Gaara Hiden: Uma Miragem de Tempestade de Areia Kankurō faz uma aparição nessa novela.

Editar

Naruto-Reunião dos Kages

Kankurō acompanha Gaara durante a Reunião dos Cinco Kage.

Vários anos após o fim da Quarta Guerra Mundial Shinobi, Kankurō visita sua irmã, Temari, e seu sobrinho. Mais tarde, ele acompanha Gaara durante a Reunião Kage em Konohagakure.

Boruto: Naruto o Filme Editar

Artigo principal: Boruto: Naruto o Filme Kankurō acompanhou Gaara durante a fase final dos Exames Chūnin em Konoha. Mais tarde, ele ajudou a evacuar os habitantes da vila.

Habilidades Editar

Kurohigi Kiki Ippatsu

O estilo Kurohigi assinatura de Kankurō.

Kankurō é um titereiro talentoso, indicado quando Sasori, um renomado mestre da Técnica de Marionetes, elogiou as habilidades de Kankurō. Ele tem grandes habilidades em tanto modificar como controlar marionetes, e é fisicamente forte o suficiente para transportar cerca de duas marionetes em suas costas na Parte I, embora na Parte II, ele usa pergaminhos para armazená-los dentro. O fato de que ele foi escolhido para liderar a Divisão de Ataque Surpresa permanece como um testemunho de suas habilidades. Ele mostrou-se ser um líder capaz enquanto comandava sua divisão, fazendo sua equipe montar uma sede em miniatura antes de designar para cada indivíduo suas funções, bem como ter o sentido tático de chamar uma retirada quando necessário.

Como titereiros são lutadores de longo alcance, que contam com suas marionetes em combate, Kankurō é fraco em combate de curto alcance. No entanto, ele vem com muitas maneiras de escapar: ele é mostrado agindo bem enganosamente, trocando de lugar com seus bonecos utilizando a Técnica de Substituição do Corpo, também alterando a aparência das marionetes para se assemelhar com a sua, para escapar da luta corpo a corpo quando um adversário se aproxima demais, enquanto ao mesmo tempo coloca suas marionetes na faixa do inimigo, permitindo a Kankurō pegar seus inimigos desprevenidos e matá-los.

Quando introduzido inicialmente, Kankurō só podia usar uma única marionete por vez. No entanto, ele anos seguintes aprimorou suas habilidades de titereiro e se tornou um mestre de marionetes, capaz de controlar várias marionetes ao mesmo tempo. Ele também exibiu a capacidade de anexar suas próprias linhas de chakra com a de outro titereiro, um feito que lhe rendeu elogios de Sasori. Kankurō utiliza o que ele chama de Técnica Secreta Negra (黒秘技, Kurohigi) - um nome não muito diferente da Técnica Secreta Branca (白秘技, Shirohigi) de Chiyo e da Técnica Secreta Vermelha (赤秘技, Akahigi) de Sasori - o último dos quais ele alega ter sido superado por seu próprio estilo.[16]

No anime, Kankurō também alega ter uma resistência a venenos, embora não o suficiente para suportar os efeitos da névoa venenosa de Ibuse.

Mestre das Marionetes Editar

Kugutsu no Jutsu

Kankurō com suas três marionetes.

Com cada uma das suas aparições nos arcos principais, Kankurō é visto com uma nova marionete em seu arsenal. As quatro marionetes que foram introduzidas foram todas originalmente criadas por Sasori (com a quarta sendo o corpo do próprio Sasori), e que ficaram em posse de Kankurō algum tempo após Sasori sair de Sunagakure. As suas três primeiras marionetes são destruídas por Sasori no início da Parte II. Depois de ter suas marionetes destruídas, ele pega o corpo de Sasori e o usa como uma de suas marionetes após sua morte. Durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi, ele é visto com as marionetes que anteriormente haviam sido destruídas e que foram reparadas, além de uma duplicata da Formiga Negra.

As marionetes de Kankurō parecem ter sido projetadas para trabalharem juntas em algum grau, como pode ser visto quando elas usam a Técnica Preta Secreta Maquinário de Um Disparo, onde Corvo perfura um adversário dentro da Formiga Negra. Uma vez preso, Corvo separa seus membros para revelar um número de armas escondidas, que entram nas ranhuras no corpo da Formiga Negra para empalar o oponente. A Técnica Preta Secreta — Tiro do Maquinário Triplo é usado por Kankurō para prender mais pessoas e matá-las, ao mesmo tempo. No anime, Kankurō também foi mostrado combinar seus ataques de marionetes para torná-las mais perigosas, como pode ser visto quando elas usam o Veneno da Névoa Infernal: Cem Disparos Contínuos, onde Corvo cobre a área em uma cortina de fumaça, enquanto a Formiga Negra dispara as agulhas envenenadas no adversário sem visão.

Kankuro com Sasori

Kankurō usando o velho corpo de Sasori, a marionete "Escorpião".

As habilidades de marionetes de Kankurō também são altamente adaptáveis​​, como mostrado por meio de sua última marionete, Sasori, que ele obteve após a morte de Sasori. Kankurō também foi capaz de forma eficaz adicionar várias modificações nele. Ele retém o seu lança-chamas, e as lâminas em sua volta, mas ele instalou o mecanismo a utilizar o Bloqueio do Escudo Mecânico de Luz em seu braço direito e modificou o seu braço esquerdo para ampliar. Kankurō pode usar o Técnica Secreta Vermelha: Maquinário Triangular com esta marionete. Depois que ele derrotou Sasori na Quarta Guerra Mundial Shinobi, o mestre das marionetes passou suas marionetes Mãe e Pai para Kankurō.

Estatísticas Editar

Databook Ninjutsu Taijutsu Genjutsu Inteligência Força Agilidade Estamina Selos Manuais Total
Primeiro 3.5 1.5 1.5 2 2.5 2 2.5 3.5 19
Segundo 4 2.5 2 3.5 3 2 3.5 4 24.5
Terceiro 4 3 2 3.5 3.5 2.5 4 4 26.5

Curiosidades Editar

  • O nome Kankurō vem de Nakamura Kankurō (中村勘九郎), que é um nome artístico usado em uma longa linha de atores do kabuki que remontam ao início do século XVII. A última pessoa a levar este nome era Nakamura Kankurō V (五代目中村勘九郎, Godaime Nakamura Kankurō), que mudou seu nome artístico para o mais prestigiado Nakamura Kanzaburō XVIII (十八代目中村勘三郎, Jūhachidaime Nakamura Kanzaburō) em 2005 .
    • Em termos mais técnicos, o nome Kankurō pode ser traduzido para algo como "nono filho intuitivo".
  • Além de Kankurō se referir ao Kabuki, o fato de que ele usa marionetes, assim, como a roupa preta e o capuz que ele usa, são, possivelmente, uma alusão ao Bunraku, teatro de bonecos japonês. Seu caráter inteiro parece ser uma alusão às artes de palco. Um dos artistas mais proeminentes do Bunraku é Kanjuro Kiritake III.
  • Sempre que Kankurō aparece em um novo arco do mangá, ele ostenta uma nova pintura roxa no rosto. Isto poderia ser uma homenagem ao teatro Kabuki, onde a pintura do rosto é frequentemente utilizado. Cada uma das cores significam algo, sendo que roxo representa nobreza e altivez.
  • Em um omake, Temari diz que se Kankurō continuar falando com suas marionetes como se elas estivessem vivas, seus amigos não sairiam mais com ele.
  • Kankurō foi classificado na posição 27 como personagem mais popular na sétima enquete de popularidade de personagens de Naruto. E na sexta enquete ele ficou na posição 19.
  • De acordo com o databook (s):
    • O hobby de Kankurō é a coletar marionetes e instalar e atualizar os mecanismos delas.
    • Kankurō deseja lutar com qualquer um, inclusive Gaara.
    • A comida favorita de Kankurō é bife de hambúrguer, enquanto sua comida menos favorita é espinafre.
    • Kankurō completou 43 missões oficiais no total: 0 Rank-D, 9 Rank-C, 10 Rank-B, 23 Rank-A e 1 Rank-S.
    • A frase favorita de Kankurō é "Uma pessoa nunca deve perder uma boa oportunidade" (好機、逸すべからず, Kōki, issu bekarazu).

Referências Editar

  1. Primeiro Databook, páginas 62-63
  2. Segundo Databook, páginas 72-75
  3. Shō no Sho, página 7
  4. Terceiro Databook, páginas 68-69
  5. Quarto Databook, página 86
  6. Naruto capítulo 254, páginas 7-10
  7. Naruto capítulo 270, página 4
  8. Naruto: Shippūden episódio 451
  9. Naruto: Shippuden Episódio 388
  10. Naruto: Shippuden episódio 319
  11. Naruto: Shippūden episódio 394
  12. Naruto: Shippūden episódio 397
  13. Naruto: Shippūden episódio 398
  14. Naruto: Shippūden episódio 410
  15. Naruto: Shippūden episódio 411
  16. 16,0 16,1 Naruto capítulo 518, página 4
  17. Naruto: Shippūden episódio 280
  18. Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas ship319
  19. Naruto: Shippūden episódio 321
  20. Naruto: Shippūden episódio 340

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Kankurō

  • Kankuro vs Sasori

    3 mensagens
    • Já foi feita uma batalha entre eles, Sasori vence sem dificuldades, pois o mesmo sabe de todas...
    • Atualmente o kakuro evoluiu mt, n dizendo que ele superou o sasori, mas tbm n acho que podemos dizer que n superou até ver o poder dele atual
  • Filho de Kankuro

    • Oi,vi o trailler do filme do Boruto, e uma das cenas me chamou atenção que é a luta do ''filho do Lee'' contra um gar...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.