FANDOM


Gaara Hiden: Uma Miragem de Tempestade de Areia (我愛羅秘伝 砂塵幻想, Gaara Hiden: Sajingensō) é uma história original escrita por Ukyō Kodachi e ilustrada por Masashi Kishimoto. Trata-se do quinto livro da série Naruto Hiden.

Sumário

Capítulo 1

Sunagakure

Gaara, o Quinto Kazekage, ainda está tendo que lidar com a falta de financiamento em Sunagakure. Embora o País do Vento esteja feliz por pagar todas as despesas que tiveram após a vitória na Quarta Guerra Mundial Ninja vários anos antes, o Daimyō do Vento desde então tem sido relutante em financiar as questões que surgiram como resultado da vitória: compensação para as famílias dos shinobi que morreram durante a guerra ou a reabilitação para aqueles que ficaram feridos.

Enquanto Gaara tenta resolver estas questões, ele é visitado por sua irmã mais velha, Temari. Temari se casou com Shikamaru Nara do clã Nara de Konoha; seu relacionamento surpreende Gaara quando fica sabendo e, apesar de suas hipóteses, ele ainda não consegue entendê-la. Devido Temari ser irmã mais velha do Kazekage e Shikamaru ser uma figura influente em Konoha, o casamento também é uma questão política delicada que irá futuramente solidificar a paz entre as duas vilas. Após terem um tempo cuidadoso e considerável, Temari e Shikamaru irão encontrar uma data para seu casamento. Gaara fica contente com a notícia, e se alegra mais ainda por saber que será menos um assunto a tratar.

Três dias antes, Kankurō, o irmão do meio de Gaara e o líder recém-nomeado da Divisão Contra Terrorismo, lidera uma missão rank-A para capturar Kajūra, um nukenin de Ishigakure. Apesar da breve incapacitação de um dos subordinados de Kankurō, Amagi, que foi derrotado por Kajura com a Liberação de Magnetismo: Técnica do Deus do Relâmpago. Gaara entrega os detalhes da missão, a data do casamento de Temari, e os recentes avanços causados pelo Conselho de Suna, um grupo de anciãos da vila que devem aprovar todas as ações do Kazekage. Eles não acham nenhum problema com qualquer citações e, Gaara acredita, porém eles já estavam ciente de tudo o que ele haviam lhes dito.

Ebizō, o atual chefe do Conselho, pede para discutir algo com Gaara. Gaara rapidamente tenta descobrir o que ele deseja falar com ele, se preparando para o assunto. Ele é pego de surpresa quando Ebizō revela que ele e o resto do Conselho gostaria que Gaara se casasse. Porque Temari irá se casar em um clã de Konoha, qualquer criança que ela tiver será ninja da vila. Caso Gaara e Kankurō morrer antes de produzir herdeiros, isso significaria que um ninja de Konohagakure terá uma reivindicação para a posição de Kazekage, algo que o Conselho gostaria de evitar. Contudo, eles gostariam que Gaara encontrasse uma esposa para que ele possa, ter filhos e futuramente ter herdeiros.

Gaara tenta tirá-lo fora da sugestão do Conselho, afirmando que Kankurō, por ser mais velho que que ele, deve se casar antes dele. Ele rapidamente, é interrompido com a informação de que Kankurō já foi abordado sobre o assunto e que ele argumentou que Gaara, como o Kazekage, deveria se casar primeiro. O conselho em geral insiste em que seu interesse em ver Gaara casado é mais de uma recompensa que tê-lo jinchūriki anos atrás, do que é uma questão política. Sem argumentos para escapar da situação, Gaara aceita as propostas e o Conselho de Suna começa a organizar seu futuro casamento.

Capítulo 2

Hakuto

Contudo, Gaara é enviado em uma reunião formal para de conhecer várias candidatas de Sunagakure, a fim de se casar com uma das escolhidas por ele. Temari o ajuda a se vestir para a ocasião e Kankurō aconselha-o ser sociável com as garotas. Kankurō, em seguida, se retira para começar a formar sua formação, a fim de fornecer segurança para a reunião, mas ele é chamado abruptamente no último minuto, substituído por Baki. Ambos Gaara e Baki acha o fato de Kankurō ser chamado muito suspeito e optam por aumentar a segurança no evento, caso alguém esteja planejando algum futuro ataque ao Kazekage.

Gaara conhece uma das mulheres candidatas para se casar: Hakuto da família Hōki. Sua primeira impressão dela é que ela é linda, algo que o envergonha, uma vez que ele percebe que ela é muito bonita para ser sua mulher. Os seguranças saem da sala e deixa Gaara com a mulher, dando a oportunidade de Gaara ser romanticamente com uma mulher. Apesar dos elogios entregues a moça, Gaara não tem ideia de como iniciar uma conversa saudável, esquecendo todas aulas de etiqueta que Temari lhe ensinou. Depois de vários minutos de silêncio, Gaara decide tentar emular os sucessos de Naruto Uzumaki: ele pergunta quais são os passatempos preferidos da moça.

Temari, assiste secretamente as cenas de Gaara com Hakuto, e fica morta ao ver a escolha de Gaara. No entanto, quando Gaara começa a falar sobre sua paixão por cactos, Hakuto fica intrigada e dissipa alguns dos rumores dos quais ela ouviu falar sobre Gaara, desde seus dias como "Gaara da Cachoeira de Areia". No entanto, todas visões que Hakuto tinha a respeito de Gaara; aquele menino que vivia em Suna, matava e assustava pessoas, começou a colorir as suas opiniões sobre ele. Apesar dos dois darem-se bem, a família de Hakuto vive na fronteira entre os País do Vento com o País do Fogo e, portanto, não havia conhecido antes, não tendo os mesmos preconceitos que os aldeões da vila têm por ele. Ela, por fim, declara que Gaara é "adorável". Temari fica perplexa com a conversa, pela conversa estar indo tão bem. Gaara fica satisfeito, preenchido com a mesma felicidade que ele desperta quando mexe em cactos.

Capítulo 3

Luar

Uma explosão distante acontece e Gaara se move instantaneamente para proteger Hakuto. Ele deduz que a explosão pode ser sido um deslize da segurança que deu acesso fácil para os invasores entrarem. Duas silhuetas aparecem fora da janela e começar a atacá-los. Gaara começa a perceber os golpes e suspeita que são apenas marionetes e foca seu contra ataque sobre os marionetistas, matando-os. Suspeitando que há outros esperando por ele do lado de fora do quarto, Gaara e Hakuto saiem pela janela. Porém, eles são atacados por um atirador furtivo com kunai impulsionado com vento, mas Gaara mata o inimigo e seus testemunhas.

Enquanto isso, um marionetista descobre o esconderijo secreto de Temari e usa os fios em todo o local, restringindo os movimentos de Temari. Não é possível determinar onde os fios estão vindo, Temari finge estar indefesa, baixando sua guarda. Ela desloca seu ombro — uma das únicas partes do corpo que ela ainda pode controlar — e liberta-se, podendo se movimentar novamente, e instantaneamente ataca seu adversário com seu Leque Dobradiço Gigante. Seus ataques são limitados uma vez que está dentro de casa, mas felizmente ela consegue matar o marionetista. Temari cai imediatamente depois, e seu corpo começa a sentir os efeitos de seu ombro deslocado. Ela é ajudada depois por um rosto familiar, que ela pede para ir e ajudar Gaara.

Gaara é informado de quem está por trás dos ataques terroristas: os irmãos gêmeos Etoro e Metoro Konjiki. Os irmãos atacam simultaneamente com as suas kekkei genkai, um usando Liberação de Lava e o outro usando Aço. A combinação das duas habilidades é suficiente para quebrar o Escudo de Areia de Gaara, ferindo-o pela primeira vez em vários anos. Embora ele tem várias opções de fuga, ele se recusa à recuar devido ter que deixar Hakuto para trás; ele não quer protegê-la porque ela é sua esposa, mas sim porque ela é uma pessoa em necessidade. Os irmãos continuam a atacar suas defesas até o guarda-costas de Hakuto, Shijima, chegar e proporcionar uma abertura para ele para retaliar, matando ambos Etoro e Metoro. Com o combate terminado, Hakuto acalma-se e trata a lesão de Gaara.

Na sequência, Baki recomenda que o processo de escolha para o casamento de Gaara continuará, para que outros criminosos não se encorajam a tentar ataques semelhantes no futuro. Ele também compartilha sua crença de que o ataque foi parte de algum plano para eliminar Gaara, que interpreta a política por trás de portas fechadas, e substituí-lo por Kankurō, que conduz a partir da linha de frente e, como tal, é muito amado pela infantaria padrão. Gaara instrui Baki para analisar todos os ocorridos e retorna para Hakuto, mas fica sabendo que ela está saindo do local. Eles se despedem e, depois que ela sai do local, Gaara pergunta Temari se ela pode entregar uma carta dele para alguém. Ele se retira para dormir, mas é rapidamente é interrompido por Baki, que relata que Hakuto foi raptada; Gaara se sente culpado por não perceber que ela era o alvo dos ataques o tempo todo.

Capítulo 4

Tempestade de Areia

Gaara no meio da noite sai para resgatar Hakuto sozinho, não querendo ajuda de ninguém, porque isso só iria chamar a atenção e permitir que os críticos usem o sequestro contra ele. Quando ele sai, ele encontra Shijima, que foi facilmente derrotado pelo sequestrador de Hakuto, o sequestrador diz a Hakuto que ele gostaria de ajudar na recuperação dela. Eles viajam através do deserto, mas apesar das tentativas do sequestrador para esconder-se, Gaara é capaz de segui-los.

Eles param em algumas ruínas não muito longe do complexo da família Hoki. Ele se apresenta como um dos membros do clã de Hakuto, Shigezane, que Gaara reconhece pela reputação de ter sido um discípulo do quarto Kazekage. Shijima começa a atacar Shigezane, mas ele se protege usando a água do subsolo. Uma vez que Shijima foi derrotado, Shigezane começa a direcionar seus ataques para Gaara, que defende-se usando sua areia. Hakuto — adverte Gaara o que Shigezane está planejando fazer: converter a área em areia movediça. Gaara poderia escapar se quisesse, mas não acreditaria que poderia localizar Shijima a tempo de salvá-la, se ele fugisse. Por essa razão, ele vai até ela e envolve-a na areia, afundando para o subsolo.

Enquanto isso, em Sunagakure, Kankurō é abordado por muitos shinobi que ele está treinado, todos eles jovens demais para ter participado da Quarta Guerra Mundial Ninja. Eles compartilham seus planos para torná-lo Kazekage; apesar de levar o crédito para o regime, a ideia na verdade vem de Tōjūrō, um membro do Conselho. Kankurō pergunta o que eles pretendem fazer com Gaara. Ele afirma que não têm nenhum desejo de matá-lo, em parte porque eles sabem que não poderia derrotá-lo e porque eles não querem correr o risco de intervenção de outras aldeias. Em vez disso, eles querem retirar Gaara da política, agindo apenas como um conselheiro para Kankurō. E após fazer-lhes promete fazer uma remoção sem derramamento de sangue da estrutura de poder atual, e Kankurō concorda.

Gaara acorda após várias horas na caverna subterrânea que Shigezane abriu. Shijima pergunta por que ele, o Kazekage, iria arriscar sua vida para protegê-la. Ele responde que toda a vida é preciosa, independentemente de seu posto, algo que ele aprendeu com Naruto Uzumaki. Gaara continua afirmando, dizendo que ele sabe que há momentos em que o sacrifício é necessário, mas ele tenta evitar, mesmo não podendo. Shijima entende suas palavras; ela sendo herdeira da família Hōki, ela tornou-se uma cobaia de testes para Orochimaru. Quando o experimento fracassou, ela passou suas responsabilidades para sua irmã mais nova, Hakuto. Gaara, finalmente entendendo a determinação de Shijima para salvar Hakuto, acham a saída da caverna e saem do local.

Capítulo 5

Encontro Casual

Gaara e Shijima encontram Hakuto e Shigezane e eles estão prestes a entrar no País do Fogo. Gaara tem pensado por muito tempo planejando fazer um casamento e fugir com Hakuto. Eles voltam e se agrupam para esconder-se, acreditando que as habilidades de Shigezane teria uma grande vantagem ao ser utilizada na aldeia. Shigezane ataca Gaara com uma técnica criada pelo Quarto Kazekage para matar o jinchūriki do Shukaku. O Escudo de Areia de Gaara não resiste e é perfurado pela técnica, porém, Gaara reforça o escudo com sua Liberação de Magnetismo, o que lhe permite mover-se para perto de Shigezane e segurá-lo.

Shijima ameaça Gaara mandando o Kazekage autorizar a fuga de Shigezane. Gaara já ciente de que ela ajudou a organizar o sequestro de Hakuto, mas repete que não pode deixar ela abandonar Suna. Shijima começa a usar o dōjutsu que recebeu de Orochimaru em Gaara, planejando matá-lo para que ela mesmo junto de Hakuto e Shigezane possam escapar. Gaara pergunta por que ela não o matou antes, quando ele estava inconsciente, e ela responde dizendo que aquele não era seu caminho ninja. Ele fica insatisfeito com a resposta da mulher e resiste ao dōjutsu de Shijima, restringindo-a e atacando ela com sua Espada de Areia. Ao invés de atacar Shijima, Gaara atinge Metoro, que fingiu ter morrido anteriormente para que pudesse segui-lo e vingar a morte de seu irmão. Apesar do ninja tentar se esconder, Gaara tem conhecimento da presença de Metoro. Depois de confirmar que Metoro e Etoro foram contratados por Tōjūrō, Gaara matá-o.

Em Suna, Tōjūrō observa Kankurō e seus homens tomando conta da aldeia na ausência de Gaara. Quando seu subordinado, Maizuru, relata que o golpe foi um sucesso, Tōjūrō após fazer suas ambições tornarem realidade ordena que Kankurō seja preso e toda sua família seja banida de Suna. Uma vez se eles se forem, Maizuru será eleito o novo Kazekage, facilitando Tōjūrō manipular seus propósitos. Com esta revelação feita, Maizuru se desintegra em pedaços. E é revelado, em seguida que, Maizuru era uma marionete controlada por Kankurō o tempo todo. Kankurō também revela que a filmagem é falsa e que os homens de Tōjūrō contratados para matar Gaara foram mortos por Baki. Tōjūrō se rende sem protesto e os membros do Conselho que simpatizavam ou ajudavam-o saíram na mesma forma que ele, sendo presos.

Vendo Gaara matar Metoro, Shijima provocá-o, mas mesmo assim, abaixando os índices de confiança em vitória. Gaara pretende uma morte misericordiosa para Shigezane, e fugir com Hakuto de Suna, mas depois muda de ideia. No mesmo instante, Shikamaru Nara aparece, relatando que sua presença foi devido à um pedido de Temari. Gaara dirige sua atenção aos seus alvos e usa o Funeral do Deserto, não deixando nenhum rastro de seus adversários. Shikamaru diz que vai apresentar um relatório sobre ter testemunhado Shigezane matar Hakuto, e Gaara executar Shigezane, e enquanto isso eles irão ajudar a Konoha a identificar novas identidades. Shijima é perdoada por Gaara e voltam para Suna. A novela acaba relatando Shijima jurando seus serviços para o Kazekage.

Elenco Prinicipal

Novelas
Naruto Menino de Branco, Demônio do Vento de SangueMissão de Proteção a TakigakureGrande Cena de Luta! Coro de Artes Ninja da Princesa da Neve Dattebayo!!Grande Choque! As ruínas Subterrâneas IlusóriasGrande Excitação! O pânico animal da Ilha da Lua CrescenteCastelo da Lanterna Demônio
Naruto o Filme Road to NinjaThe LastBoruto
Naruto Shippūden o Filme Naruto Shippūden o FilmeLaçosAqueles que Herdaram a Vontade do FogoA Torre Perdida
Naruto Hiden Kakashi HidenShikamaru HidenSakura HidenKonoha HidenGaara HidenAkatsuki Hiden
Projeto de Light Novels de Naruto Konoha Shinden
Naruto Shinden Itachi Shinden: Livro da Luz ResplandecenteLivro da Noite SombriaSasuke Shinden: Livro da Alvorada
Outros Naruto Jinraiden: O Dia que o Lobo UivouNaruto: A Lenda de Um Ninja DeterminadoA Lenda do Shinobi de Coração Puro

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória