Wikia

Wiki Naruto

Gaara

Discussão0
4 759 pages em
Este wiki
Gaara

Gaara

Gaara

Gaara Clássico

Gaara full

Informações
Estréia (Mangá): Capítulo 35
Estréia (Anime): Episódio 20
Estréia (Filme): Grande Colisão! As Fantásticas Ruínas das Profundezas!
Estréia (OVA): A Grande Gincana da Vila da Folha
Estréia (Game): Naruto: Ultimate Ninja
Aparece em: Anime, Mangá, Filme e Game
Seiyū: Akira Ishida
Dublador Brasileiro: Yuri Chessman
Kanji: 我愛羅
Rōmaji: Gaara
Sexo: Símbolo Masculino Masculino
Aniversário: 19 de Janeiro
Altura: Parte I: 146.1 cm - 148.1 cm
Parte II: 166.1 cm
Peso: Parte I: 39 kg - 40.2 kg
Parte II: 50.9 kg
Idade: Parte I: 12-13
Parte II: 15-16
Tipo Sanguíneo: AB
Bijū: Shukaku (Formas)
Elemento do Chakra: Símbolo Futon Liberação de Vento
Símbolo Jiton Liberação de Magnetismo
Família: Quarto Kazekage (Pai)
Karura (Mãe)
Kankurō (Irmão)
Temari (Irmã)
Yashamaru (Tio)
Afiliação: Símbolo Sunagakure Sunagakure
Classificação: Jinchūriki
Ocupação: Kazekage
Símbolo Forças Aliadas Comandante Regimental da Aliança Shinobi
Símbolo Forças Aliadas Comandante da Quarta Divisão
Times: Irmãos da Areia
Símbolo Forças Aliadas Quarta Divisão
Rank Ninja: Parte I: Símbolo Genin Genin
Parte II: Kage
Registro Ninja: 56-001
Graduação (Genin): Símbolo Genin 12
Graduação (Chūnin): Símbolo Chunin 14

Gaara (我爱罗, Gaara) é um shinobi de Sunagakure. O Shukaku foi selado em seu corpo no dia de seu nascimento, um procedimento que resultou na morte de sua mãe. Considerado como um monstro pela vila e sem ninguém para amá-lo, Gaara passou a desprezar o mundo e começou contando apenas com sua própria força, ganhando o título de Gaara do Deserto (砂瀑の我愛羅, Sabaku no Gaara). Este poder de auto-amor é mais tarde derrotado pelo dedicação inabalável de Naruto Uzumaki para com seus amigos. Desse ponto em diante, Gaara começa a imitar o método de Naruto e muda as opiniões de Sunagakure com relação a ele. Ele eventualmente se torna o Quinto Kazekage (五代目風影, Godaime Kazekage; Literalmente significa "Quinta Sombra do Vento"), uma posição que ele mantém, mesmo depois de o Shukaku ser removido de seu corpo pela Akatsuki.

Personalidade

GaaraKanji

O kanji da palavra "amor" na testa de Gaara.

Gaara era uma criança amável, que apesar de ser temido por todos, tentava desesperadamente ser amigável para com os outros. As ações de seu tio distorceram sua personalidade. Levado-o a acreditar que ninguém se importava com ele, Gaara usou sua areia para criar um kanji em sua testa para "amor" (愛, ai), como um símbolo de sua resolução de ser um "demônio que ama só a si mesmo", e fazer jus ao nome que sua mãe lhe deu. Gaara tornou-se emocionalmente retraído e estranhamente silencioso, já que ele sentia repugnância por todos, além de passar a chamar de "Mãe" a voz do Shukaku em sua cabeça. Ele passou a sentir prazer e uma razão para viver ao matar as pessoas que eram enviadas para matá-lo — e, por extensão, qualquer pessoa que representava uma ameaça à sua existência. Isso só foi agravado pela influência de Shukaku, fazendo Gaara satisfazer a sede de sangue do demônio, o que resultou em sua natureza impiedosa e sociopata, demonstrado quando ele assassinou Baiu e Midare, apesar de seus pedidos de misericórdia. Além disso, Gaara sofria de insônia como resultado de o Shukaku estar em seu corpo. Isso causava temor sobre Gaara; caso ele caísse no sono, o demônio dentro dele iria corroer sua alma. A instabilidade e o desejo de matar de Gaara só foram aumentados como resultado. O ódio de Gaara para com o Kazekage era devido ao fato de o último enviar assassinos para matá-lo, mas sua natureza misantrópica se estendeu até os seus irmãos, a quem ele nunca via como relacionados a ele, apesar de eles nunca ofendê-lo diretamente. Ele estava totalmente disposto a matá-los se a situação exigisse isso. Além disso, devido à areia o proteger de qualquer lesão, ele nunca viu o seu próprio sangue, até o momento em que Sasuke Uchiha perfurou seu escudo de areia e o feriu. Gaara teve um colapso mental grave, como resultado.[1]

A infância de Gaara era um paralelo com a de Naruto Uzumaki de muitas maneiras. Ambos eram insuportavelmente solitários e desejavam serem queridos, amados e reconhecidos como indivíduos, apesar de eles serem jinchūriki — eles eram seres humanos, e não os demônios que tinham sido forçados a conter — e foram levados para estados de depressão e desespero. Enquanto Naruto consequentemente desenvolveu a ideia errada de que brincadeiras e travessuras lhe trariam a atenção que ele ansiava, Gaara chegou à conclusão de que ele podia preservar e confirmar sua própria existência, matando todos e qualquer um que o desafiar, garantindo desta forma uma prova de sua existencialidade. Na ausência de reconhecimento externo, Gaara passou a compensá-la, valorizando apenas a si mesmo com a exclusão de todas as outras pessoas. Além disso, enquanto Naruto tinha Iruka Umino e o Time Kakashi para confortá-lo, Gaara nunca se preocupou em fazer vínculos emocionais, nem mesmo com seu pai ou irmãos, como eles também desprezavam e temiam o Shukaku. A pessoa que chegou mais perto de reconhecê-lo era Yashamaru, mas quando Yashamaru foi condenado a traí-lo, Gaara se transformou em um sociopata solitário. Como tal, Gaara não conseguia entender o que motivava as pessoas a lutarem pelos outros, até seu confronto com Naruto durante o Exame Chūnin.

Depois de sua derrota nas mãos de Naruto, Gaara ficou chocado ao descobrir que Naruto entendia muito bem a dor que ele tinha sofrido ao longo de sua vida. Ele ficou ainda mais surpreso ao saber que Naruto nunca tinha perdido a sua ambição de ser reconhecido como um indivíduo, e, em última instância tinha encontrado companheiros que realmente se importavam com ele. Testemunhando a resolução que Naruto possuía para proteger seus amigos, fizeram com que Gaara questionasse o caminho que ele havia determinado para si mesmo quando era criança. Percebendo que ele tinha escolhido o caminho errado, Gaara decidiu seguir o caminho escolhido por Naruto, a fim de, finalmente, ser visto como um ser humano, e não como o Bijū dentro dele. Ao longo dos próximos anos, a determinação de Gaara para encontrar a felicidade o levou a confiar em seu próprio poder, em vez do demônio. Gaara finalmente formou uma estreita amizade com Naruto, vendo o ninja de Kohoha como seu primeiro amigo de verdade, e tornou-se muito leal em suas decisões, além de desejar proteger seu companheiro. Gaara também passou a acreditar que seu encontro com Naruto foi o maior evento de sua vida e acredita que até mesmo a vida dolorosa de um jinchūriki valeu a pena pela experiência. Gaara ainda perdoou o Shukaku por sua infância miserável, alegando que era só por causa dessa vida que ele foi capaz de encontrar Naruto.

No anime, apesar de ser muito mais calmo e tranquilo do que ele costumava ser, Gaara manteve um senso de humor muito mórbido, como mostrado quando Suiko pergunta para Gaara quanto de seu chakra está infundido em sua areia, com Gaara concordando em deixá-lo saber, mas lhe custando a vida.

Gaara chorando

Gaara chorando depois de saber que sua mãe o amava.

Desde que se tornou um dos companheiros de Naruto, Gaara tem de alguma forma herdado sua capacidade de alterar a personalidade das pessoas. No anime, ele convence Matsuri em superar seu medo de armas. Durante a Reunião Kage, ele choca os Kage mais velhos e mais experientes ao perguntar quando eles haviam abandonado a si mesmos, mais tarde, fazendo Ōnoki ficar mais determinado em proteger o Mundo Shinobi. Antes da Aliança Shinobi marchar para a batalha, ele os motiva a deixar suas diferenças de lado, esquecer suas rivalidades do passado e se unirem sob uma mesma bandeira. Ele até consegue fazer Naruto pensar sobre as escolhas que ele tinha feito em relação à Sasuke, afirmando que ele só se preocupa com a vingança. Seu vínculo com Naruto também fez com que ele fosse capaz de jogar de lado qualquer rancor, incluindo o seu ódio para com seu pai, que foi parcialmente responsável pela infância miserável de Gaara. Ele admite ter perdoado as ações de seu pai e chora abertamente depois de saber que sua mãe realmente o amava, e que ela havia prometido protegê-lo para sempre, infundindo sua vontade em sua areia que, como seu pai notou, sempre o protege.[2][3] Seu amor por sua família também é estendido em seu sonho no Tsukuyomi Infinito, onde Gaara sonha que toda a sua família está unida e feliz, além de Naruto ser um amigo de infância.

Gaara se preocupa profundamente com Naruto e seu bem-estar, e apesar das ações de Sasuke durante seu ataque na reunião Kage e seu status como um criminoso internacional, Gaara tentou convencer Sasuke a sair da escuridão mais uma vez em nome de Naruto, e quando não conseguiu convencê-lo ele derramou uma lágrima pela falha que Sasuke se tornou, e pela decepção que Naruto vai enfrentar. Apesar de respeitar as objetivos de Naruto, seu cuidado para ele não bloqueia suas crenças pessoais, e ele acredita que o bem-estar de seu amigo é mais importante, isto é visto quando ele apoia a decisão de manter Naruto fora da guerra, além de dizer para Tsunade que Naruto corre muitos riscos quando se trata de proteger seus amigos. Gaara também diz, sem rodeios, que é tolice Naruto correr atrás de Sasuke, como ele considera que Sasuke é incapaz de deixar o caminho da corrupção. Embora ele desafie o objetivo de Naruto em trazer Sasuke de volta, ele só diz isso para o bem-estar de Naruto, porque eles são "amigos".

Embora ele permaneça implacável contra seus adversários, Gaara é extremamente protetor com relação aos seus aliados e pessoas inocentes, como visto quando ele protege sua aldeia do ataque de Deidara; e seus irmãos, Darui e até mesmo o Raikage contra Sasuke. Ele também entende profundamente aqueles que sofreram com a solidão e o ódio no passado pelo olhar em seus olhos, como Naruto, Kimimaro e até mesmo Sasuke.

Como um Kage, Gaara acredita que os ideais das gerações anteriores, que cada aldeia deve se ocupar com seus próprios negócios e resolverem seus próprios problemas, sem ter que pedir a ajuda de outras pessoas, a fim de manter a aparência e honra, é um "pensamento antiquado e ridículo " e que a cooperação entre as aldeias é fundamental para derrotar a Akatsuki.

Aparência

Gaara (Criança)

Gaara quando criança.

Gaara é um pouco menor do que os garotos por volta de sua idade, devido ao fato de que ele nasceu prematuramente. Ele tem a pele clara e cabelo curto, espetado e ruivo (descrito como vermelho no início da série), com uma notável semelhança com o pai. Ele tem olhos azuis verde pálido.[4] Gaara não tem pupilas distintas ou sobrancelhas. Ele tem duas características muito notáveis ​​em sua aparência: em primeiro lugar, ele tem anéis pretos ao redor de seus olhos, semelhantes aos de tanuki, tendo eles desde o seu nascimento. Em segundo lugar, ele esculpiu o kanji "amor" (愛, ai), no lado esquerdo de sua testa, tendo ele desde a traição de Yashamaru. Gaara possuí um topete que se separa do lado esquerdo, fazendo o kanji ficar mais visível. Ambas, Matsuri e Sari parecem ter uma queda por Gaara, descrevendo-o como um tipo forte e silencioso, de elite e muito bonito.[5]

Na Parte I, Gaara foi visto em dois trajes diferentes. Quando ele foi visto pela primeira vez, ele usava um traje preto de corpo inteiro com mangas, que descia até as pernas e deixava o pescoço aberto. Junto a isso, ele usava um pano branco por cima do ombro direito e do lado esquerdo de seus quadris e uma longa bandagem de couro sobre o ombro esquerdo e lado direito de seu quadril. Com essa faixa de couro, ele carregava a sua cabaça que continha sua areia. Ele também carregava seu protetor de testa preto sobre a faixa. Em seus flashbacks da infância, ele foi visto usando um poncho bege sobre uma camiseta preta de mangas curtas, um obi branco ao redor de sua cintura, calças azuis escuras que eram revertidas várias vezes na bainha, revelando o pano de dentro e sandálias cinza escuro. Até o final da Parte I, ele mudou seu macacão preto anterior para um vermelho acastanhado, com mangas longas e um colar ereto. Ele manteve o pano branco, mas não possuía mais a malha armadura em seus pulsos e tornozelos.

Gaara como Kazekage

Gaara vestido de Kazekage.

Na Parte II, Gaara teve um considerável surto de crescimento, como Naruto. Durante sua luta contra Deidara e durante a Reunião Kage, ele usava calças escuras, com um par de fitas em cada perna, respectivamente a poucos centímetros abaixo da cintura e os joelhos, um casaco vermelho de mangas compridas com bainhas na frente e nas costas, um colete cinza preso por uma alça única sobre o ombro esquerdo e dois cintos de fivela que ele usa para levar a sua cabaça. Ele também usava um par de correias usadas casualmente ao redor de sua cintura. Ele também é visto usando as vestes Kazekage, e um simples terninho preto, este último se assemelhando muito com o terno de Kankurō e com o usado por Chiyo. Todo o tempo, ele é visto usando as sandálias shinobi padrão de Sunagakure. Como Comandante Regimental da Aliança Shinobi, ele acrescentou o colete de sua aldeia para a sua roupa normal.

História

Passado

Gaara e Karura

Gaara prematuro ao lado de Karura.

Gaara é o terceiro e mais novo filho do Quarto Kazekage e Karura, também sendo o irmão mais novo de Temari e Kankurō. Antes do nascimento de Gaara, seu pai fez Chiyo selar o Shukaku dentro dele, na esperança de que ele iria se tornar a grande arma para Sunagakure, como ele era o único dos três filhos do Kazekage que era compatível com a besta.[6][7] Gaara nasceu prematuro e foi, portanto, uma anormalmente pequena e frágil criança. Antes de morrer, Karura, extremamente apaixonada com seu filho, prometeu protegê-lo sempre.[8] Gaara foi treinado em ninjutsu por seu pai, mas foi criado principalmente por seu tio materno, Yashamaru.

Como uma criança, Gaara fez muitas tentativas de se conectar com as pessoas de Sunagakure, os quais o temiam por causa de sua ligação com o Shukaku. Vendo ele apenas como o monstro que ele continha, parecia por um tempo que Yashamaru era a única pessoa que se importava com Gaara. Quando Gaara prejudicava os outros sem querer, devido às habilidades subconscientes que lhe foram concedidos pela besta, Yashamaru entendia que Gaara não tinha a intenção de prejudicar ninguém. O Conselho de Sunagakure, no entanto, considerou que os frequentes ataques de Gaara eram uma séria ameaça para a aldeia. Decepcionado com o rumo dos acontecimentos, o pai de Gaara decidiu testar seu filho mandando Yashamaru atacar Gaara tanto física como psicologicamente, em uma tentativa de ver se Gaara pode controlar o Shukaku. Yashamaru revela a Gaara que sua mãe nunca o amou, e tentou assassiná-lo, apenas para ser ferido mortalmente por Gaara antes que o menino percebesse quem ele havia atacado.[9]

Gaara perde controle

Gaara perde o controle do Shukaku.

Embora Gaara inicialmente tentou considerar o ataque de Yashamaru como uma ordem de seu pai, Yashamaru mentiu para ele e disse que ele tinha aceitado de bom grado a missão de matar Gaara.[9] Ele também revelou que nunca tinha realmente amado Gaara, e lhe disse que matá-lo seria vingar a morte de sua irmã, que o havia chamado de Gaara após a frase "um indivíduo que ama só a si mesmo" (我を愛する修羅, Ware o aisuru shura) como um sinal de seu ódio intenso com relação a Suna, em vez de seu amor por Gaara. Em um último esforço para matar Gaara, Yashamaru detonou uma série de selos explosivos que cobriam seu corpo, pedindo a seu sobrinho para "morrer por favor". Usando sua areia, Gaara conseguiu sobreviver à explosão, mas ele perdeu a única pessoa que ele tinha pensado que se importava com ele, sem saber a verdade por trás das ações do Yashamaru. Gaara então usou sua areia para gravar o kanji para o amor (愛, ai) no lado esquerdo da testa.[10][11] Oprimido, Gaara perdeu o controle e se transformou no Shukaku, tumultuando aos redores da aldeia, antes de seu pai conseguir pará-lo usando seu Sakin.[12]

Após a experiência traumática de perder seu tio e ouvir que ninguém nunca o amou, Gaara tornou-se uma pessoa distante e cruel que obsessivamente matava pessoas na tentativa de provar sua própria existência, e para obter o reconhecimento da aldeia. Deixando de lado todo e qualquer desejo de amizade. Vendo que Gaara foi incapaz de lidar com a perda da afeição de sua mãe, o Kazekage considerou ele um fracasso e organizou várias tentativas de assassinato contra seu filho, o que só fez Gaara detestar o seu pai ainda mais.[13] Com o tempo, a nova ideologia de Gaara permitiu um melhor controle sobre o Shukaku. Apreciando isso, seu pai cancelou todas as ordens de assassinato, e reviveu a ideia de um dia usar Gaara como a grande arma da vila.

Parte I

Exame Chūnin

Gaara atacando um ninja de Ame

Gaara atacando um membro do Time Shigure.

Gaara participou do Exame Chūnin, onde foi rapidamente identificado como um concorrente qualificado. Ele era capaz de passar a primeira fase sem dar indícios que estava trapaceando. Durante a segunda fase, ele demonstrou sua sede de sangue, friamente assasinando o Time Shigure, que Gaara alegou que eles tinham ido pelo caminho errado, e ameaçou matar seus próprios irmãos quando eles tentaram argumentar com ele. Gaara e sua equipe terminou esta fase em 1 hora e 37 minutos, batendo o recorde anterior que era de mais de quatro horas, Gaara não ficou com nenhum grão de poeira em sua roupa, um feito que seria muito difícil mesmo para um ninja experiente.

Gaara é atingido por Lee

Gaara é atingido por Lee.

Nos jogos preliminares, Gaara enfrentou Rock Lee. Embora não o suficiente num primeiro momento, a velocidade e força formidável de Lee foram reforçadas pelo alívio de peso e, em seguida suficientes para quebrar o Escudo de Areia de Gaara completamente, forçando-o a confiar em sua armadura secundária de areia. Apesar dos melhores esforços de Lee, a cabaça de Gaara se transformou em areia no último minuto protegendo-o do golpe devastador de Lee. A lotus Reversa de Lee o deixou sem condições de lutar, após usa-la. Gaara então uso sua areia para esmagar o braço de Lee enfraquecendo a perna deste e ferindo-o, Gaara tentou matá-lo mas Might Guy interveio antes que ele pudesse preujudicar Lee ainda mais. Já nas finais, Gaara lutou contra Sasuke Uchiha. No mês antes da final. Dosu Kinuta tentou matar Gaara a fim de garantir poder lutar contra Sasuke. Gaara imediatamente o matou com o poder do Shukaku. Ele também foi para o hospital onde Lee estava se recuparando e tentou matá-lo, porém ele foi parado por Naruto Uzumaki e Shikamaru Nara e antes que ele pudesse matá-los Guy interveio.

Sasuke vs. Gaara

Gaara lutando contra Sasuke.

Nas rodadas finas da última etapa Gaara estava desempenhando um papel importante na invasão de Orochimaru contra Konohagakure, liberando o Shukaku no centro da vila. Antes de sua batalha contra Sasuke, ele brutalemnte assasinou Shiba e Midori. Quando ele começou a enfrentar Sasuke, percebeu que ele tinha um Taijutsu tão alto quanto o de Lee epós o treinamento de um mês. Não se importando com o que pode acontecer Gaara tenta se transformar, no entanto ele foi ferido pelo Chidori de Sasuke, incapacitando-o de se transformar e cumprir seu papel na invasão. Com Gaara sem condições de lutar ele e seus irmãos fugiram da aldeia, enquanto a invasão começou sem eles.

Invasão em Konoha

SasukevsGaaraShukaku

Gaara ataca Sasuke.

Gaara foi perseguido pelos membros do Time 7, juntamente com Shikamaru Nara e Shino Aburame, o que obrigou seus irmãos ficarem para trás em pontos diferentes para lidar com o inimigo. Sasuke alcança Gaara que começa a se transformar no Shukaku. Como sua transformação progrediu, Sasuke tentou usar o Chidori mais duas vezes, mas quando ambos se mostraram ineficazes para deter Gaara, ele ficou exausto. Gaara tentou matar Sasuke, mas foi interrompido por Naruto e Sakura. Isso fez Gaara se lembrar de sua infância, intrigado com as habilidades de Naruto, Gaara prendeu Sakura em uma árvore para forçar Naruto lutar.

Naruto, com medo ficou para lutar contra ele para proteger seus amigos. Embora Gaara parecia ter vantagem Naruto ataca a base mais baixa de sua cauda usando o Sennen Goroshi que aprendeu com Kakashi Hatake, (só que neste ataque Naruto usa uma kunai com um selo explosivo ligados a ela, o que reduz a defesa de Gaara tremendamente quando ela explode, dando vantagem à Naruto). Quando derrotado pelos vários Kage Bunshin que Naruto invoca, Gaara irritado libera libera o corpo inteiro do Ichibi no Shukaku. Naruto então invoca Gamabunta antes que Gaara pudesse matá-lo.

Depois Gamabunta mostra sua força, Gaara então usou seu Tanuki Neiri no Jutsu para deixar o Shukaku assumir o controle da batalha. Então Shukaku provou ser mais forte que Gambunta, então Naruto usou um Konbi Henge para se transformar em uma raposa gigante (a Kyūbi no Yōko no anime) para que ele possa se agarrar no Shukaku para Naruto poder atacar Gaara para a técnica ser desfeita. Isso foi bem sucedido mas o chakra de Naruto havia acabado, mas Naruto usa um pouco do chakra da Kyūbi para se libertar então ele dá uma cabeçada em Gaara fazendo o corpo do Shukaku desmoronar.

Gaara derrotado por Naruto

Gaara derrotado.

Com o último de sua energia, os dois trocaram golpes finais. Naruto acaba vencendo, Gaara ficou intrigado com a devoção eterna de Naruto com seus amigos, fazendo Gaara perceber que a força de Naruto vem do desejo de proteger as pessoas próximas a ele. Como Gaara e seus irmãos fugiram do local, Gaara abertamente se desculpou com Kankurō e Temari, o que os surpreendeu e confundiu. Graças a influência de Naruto, a derrota provou ser um ponto que iria mudar a vida de Gaara.

Resgate de Sasuke

Gaara desviando do ataque de Kimimaro.

Gaara para o ataque de Kimimaro.

Os Irmãos da Areia foram chamados pela Quinta Hokage para ajudar o Time de Resgate do Sasuke em recuperar Sasuke quando ele desertou de Konoha Gaara chegou a tempo de salvar Rock Lee, impedindo o Golpe Final de Kimimaro. Embora Lee tentou continuar, Gaara interrompeu dizendo que Lee não tinha condições de lutar desde a luta de Gaara e Lee no Exame Chūnin. Isso mostrou a nova personalidade de Gaara. Na, luta Gaara mostrou várias novas habilidades, terminando com o Sabaku Taisō provando ser demais para Kimimaro. Então Kimimaro ativou o nível dois do seu Chi no Juin, isto provou ser demais para a areia comum de Gaara e ele foi forçado a usar seu Saikō Zettai Bōgyo: Shukaku no Tate para se proteger. Apesar de Gaara ter enterrado Kimimaro metros de profundidade, no final ele fugiu e quase matou Gaara e Lee só que a doença misteriosa de Kimimaro o matou antes.

Após a batalha, Gaara explica que mesmo pessoas do lado do mal tem alguém precioso para eles, e explica a Lee que ele era como Naruto Uzumaki. Depois os dois voltaram para Konoha, Após isso Gaara e o resto dos irmãos da areia voltaram para Sunagakure, embora no anime ele e seus irmãos ajudaram a Academia Ninja da vila antes de sair, como indicado por Shikamaru.

Arma Final

Os irmãos da areia, mais tarde aparecem quando eles se tornaram professores de uma Academia de Suna com o mesmo estilo da de Konoha. Como instrutor, Gaara assumiu o único estudante que estava disposto a treinar com ele, Matsuri. Por causa do medo de armas de Matsuri de armas, Gaara a treinou para usar o Jōhyō uma arma relativamente não-letal. Quando um grupo de pessoas denominadas de Shitenshōnin o raptou a fim de obter o poder de Gaara, Suna em seguida pediu ajuda para os 11 de Konoha para pagar a dívida da ajuda durante o Arco Resgate de Sasuke

Gaara vs. Seimei

Gaara lutando contra Seimei.

Gaara lutou contra Suiko, então ele pegou e atacou o líder do Shitenshōnin, Hōki mas foi capturado Naruto tenta desesperadamente salvar Gaara, mas nada funciona. Para escapar Gaara fez uma transformação parcial no Shukaku, revivendo a arma final da Vila Takumi, Seimei. Gaara parou a transformação e posteriormente destruiu a armadura de Seimei com o Saikō Zettai Kōgeki: Shukaku no Hoko e o matou com o Sabaku Taisō

Após isso, Gaara se recupera no hospital de Konoha e ouve a conversa de Naruto com Jiraiya. Gaara e o resto dos irmãos da areia incluindo Matsuri deixa Konoha e volta para Suna.

Parte II

Resgate do Kazekage

Gaaravsdeidara1

Gaara em sua batalha com Deidara.

Depois de se tornar o Quinto Kazekage durante o tempo que passou. Na Parte II, Gaara foi alvo da Akatsuki, que procurou extrair o Shukaku de dentro dele. Gaara lutou contra Deidara, esmagando seu braço esquerdo e manteve-o correndo na maior parte da batalha, mas o seu dever inevitável era proteger Sunagakure foi aproveitada por Deidara, que lançou uma de suas mais potentes bombas contra a aldeia. Gaara impediu qualquer dano a ser causado pela convocação de uma grande quantidade de areia para cobri-la inteiramente, embora ao custo de praticamente todo o seu chakra restante, que o deixou por ser capturado. Depois de ter seu o Escudo de Areia quebrado, lançou a areia que ele usou para proteger a vila para o deserto e desmaiou. Estando inconsciente, ele foi levado para o esconderijo da Akatsuki por Deidara.

Akatsuki extraindo Shukaku

Akatsuki extraindo o Shukaku de Gaara

Embora o Time Kakashi fez o seu melhor para salvar Gaara, eles não chegaram a tempo de impedir a extração do Shukaku pela Akatsuki, resultando na morte de Gaara. Naruto Uzumaki chora na frente dele, lamentando sua incapacidade de salvar tanto Sasuke, quanto Gaara. Ele culpou o resto dos shinobi da areia, porque foi em nome deles que Shukaku foi selado dentro do Gaara em primeiro lugar, e porque que ele sentisse tanta dor como uma criança. No entanto, Chiyo ressuscitou Gaara com a ajuda do chakra de Naruto usando a sua técnica de restauração de vidas, na esperança de que ele faria isso por ela na vedação de Shukaku nos anos anteriores, e que Naruto e Gaara iriam mudar o mundo, trazendo Gaara de volta à vida, custa da sua própria vida.

Chiyo curando Gaara

Chiyo dando para Gaara sua energia de vida para trazê-lo de volta.

Gaara acordou, chocado por ter sido cercado por seus amigos de Konoha e os shinobi de Sunagakure que tinha ido procurá-lo, todos aliviados que ele estava bem. Esta foi a primeira vez que Gaara realmente se sentiu amado e não tão só. Gaara depois ordenou que todos orassem por Chiyo. Antes que Naruto voltasse para casa, ele tentou dizer adeus, mas admitiu que não era algo que ele era bom. Gaara usou um pouco de areia para estimular e guiar a mão de Naruto, e os dois apertaram as mãos, simbolizando a amizade de Gaara e Naruto, e as novas características de Gaara. Mesmo com Shukaku removido, Gaara ainda manteve sua habilidade de controlar a areia e passou a continuar seu trabalho como Kazekage.

Reunião dos Cinco Kage

A Reunião dos Cinco Kage

A Reunião dos Kage começa.

Por causa da crescente atividade da Akatsuki, o Raikage convocou uma reunião com os cinco Kage. Gaara, com Temari e Kankurō como guarda-costas, foi o primeiro dos Kage a chegar no País do Ferro. Quando os outros Kage chegaram eles começaram a reunião, Gaara foi o primeiro a falar. Ele indicou que, porque ele foi capturado pela Akatsuki e morreu quando o Shukaku foi extraído de seu corpo, ele considerou a organização muito perigosa. Ele acrescentou que ele já tinha solicitado a colaboração entre as aldeias contra a Akatsuki, mas que só a Tsunade de Konoha respondeu. Durante a reunião, ele foi vaiado consideravelmente pelo Terceiro Tsuchikage devido à sua tenra idade, mas foi defendido pela Quinta Mizukage.

Quando Sasuke foi revelado que se infiltrou na reunião e o Raikage foi lutar com ele, Gaara manifestou sua preocupação com a falta de ética dos outros e diz que um mundo sem fé e compreensão seria um mundo com apenas medo. Quando o Tsuchikage se ofereceu para lhe dar dicas sobre como ser um bom Kage, Gaara respondeu, pedindo-lhe quando ele jogou fora seus princípios. Gaara, Kankurō e Temari sairam para se juntar a batalha do Raikage com Sasuke. Quando eles chegaram, Gaara usou sua areia para parar o Raikage e o Sasuke de lutar, insistindo sobre as acusações do Raikage que é para melhor. Enquanto o Raikage curava seus ferimentos, Gaara tentou convencer Sasuke a parar de viver na escuridão, citando a experiência passada, dizendo que nada de bom virá dela. Sasuke não poderia ser convencido, afirmando que ele havia fechado os olhos para a luz.

Os irmãos da Areia enfrentam Sasuke

Os Irmãos da Areia enfrenta Sasuke.

Com uma lágrima em seu olho, Gaara mudou sua areia para uma posição de batalha. Sasuke ataca Gaara com Amaterasu, mas sua areia provou ser muito rápido contra ele, ganhando elogios de Sasuke. Gaara então se junta a Kankurō, Temari, e Darui para atacar Sasuke. Enquanto seus esforços combinados normalmente seria imparável, Sasuke usa o Susanoo e é completamente protegido. Em seguida, ele produziu um desmoronamento para distraí-los; Gaara protegeu os outros que caiam em detritos com sua areia, enquanto Sasuke escapa. Eles seguiram para o salão da reunião, onde foram recebidos por Tobi. Tobi envia Sasuke para longe e disse a todos os presentes sobre o seu Plano Olho da Lua. Porque Tobi concluiu pedindo que o Kage dar-lhe Naruto e Killer B, Gaara se recusa, junto com os outros Kage. Em resposta, Tobi declara o início da Quarta Guerra Mundial Ninja. Com este novo desenvolvimento, Gaara repete a necessidade de colaboração. Os Kage concordam com uma Aliança Shinobi, mas não permitiria que Konoha se juntasse a menos que alguém mais confiável do que o Hokage atual pode ser encontrado a partir da aldeia. Gaara se ofereceu para chamar Kakashi Hatake.

Como um amigo

Gaara fala para Naruto sobre o que fazer com Sasuke.

Gaara e seus irmãos encontraram Kakashi em um hotel próximo, na companhia de Naruto. Gaara disse-lhes sobre o que aconteceu na reunião, as ações de Sasuke, e da guerra. Ele acrescentou que, por causa de quão crucial seria se Naruto e B fosse capturado pela Akatsuki, que os Kage havia decidido não permitir que eles entrem no campo de batalha. Grande parte do esforço de Gaara foi focalizado em convencer Naruto sobre Sasuke, Naruto dizendo que não viu nenhum resgate para ele e tinha dado em cima dele. Ele acrescentou que, se Naruto realmente queria ser Hokage, ele deveria perceber quando fazer a coisa certa. Naruto permaneceu em silêncio, e Gaara e seus irmãos deixaram ele refletir, retornando para Sunagakure. Quando chegaram lá, souberam que os senhores feudais haviam aprovado a formação da Aliança Shinobi.

Confinamento dos Jinchūriki

Para fazer os preparativos para a guerra que se aproxima, Gaara vai para Kumogakure para se reunir com os outros chefes da Aliança. Ele reitera a necessidade de enviar o nove caudas e o oito caudas para se esconder. Quando a Quinta Hokage objeta para isso, ele lembra que ela deve ter os pontos de vista dos outros em consideração. Ele concorda e os Jinchūriki são enviados para a Ilha Tartaruga. Quando eles descobrem que a Akatsuki descobriu este esconderijo, decide-se enviar o Tsuchikage como proteção extra. Como o Tsuchikage reclama de dores no quadril, Gaara se oferece para ir em seu lugar. O Tsuchikage vai de qualquer maneira, e quando ele retorna Gaara mostra-lhe o protetor de testa novo da aliança que foi concebido em sua ausência.

Guerra Mundial Ninja

Gaara comandando

Gaara comandando a Quarta Divisão.

Gaara é denominado comandante do regimento da força de combate primário, e também o comandante da Quarta Divisão. Quando ninjas da Areia e Pedra começaram a discutir, quase chegando às vias de fato, Gaara interrompe-os separando-os com areia. Ele explica para as forças aliadas que ele próprio é uma ferramenta do ódio entre as aldeias, mas seu companheiro Jinchūriki, Naruto, deu-lhe coragem. No final do discurso, todos estavam unidos e todos sairam para a batalha. As divisões se separaram, cada uma é dirigida para os seus destinos atribuídos.

Gaara usando o seu terceiro olho

Gaara usando seu Terceiro Olho.

A Quarta Divisão se estabelece ao longo de um terreno rochoso. Gaara cobre sua posição com o Sensoriamento de areia, permitindo-lhe detectar os inimigos que se aproximavam. Ao fazer isso ele pega o que foi revivido. Ele usa seu Terceiro Olho para reunir informações sobre a situação, ao fazer isso, ele descobre que Mū não está sozinho, três outros Kage revividos estão com ele, entre eles, está o seu próprio pai. Esta informação é retransmitida para a sede e o Tsuchikage é enviado para prestar assistência. Gaara diz que não há razão para o Tsuchikage esticar as costas, e é dito que suas palavras anteriores são a razão de Ōnoki está pegando seus princípios novamente.

No segundo dia da guerra, Gaara e Ōnoki decidem avançar. Gaara ataca com um ataque de longo alcance, mas o seu pai com sua poeira de ouro defende. Um ataque emergente por trás, o pai fica surpreso ao ver Gaara controlar a areia sem o Shukaku. Após a captura de seu pai e as outras gerações anteriores de Kage, com braços de areia, o pai pergunta onde o Shukaku foi extraído e pede respostas para Gaara que ele foi embora e que ele não é mais um Jinchūriki. Ele então revela que ele morreu quando o Shukaku foi extraído de seu corpo, mas ele foi revivido por Chiyo. Ele também revela que ele é agora o Kazekage e tinha vindo para entender por que seu pai tentou matá-lo, declarando que já não o odiava porque era para o bem da vila.

Gaara vs. Kazekage

Gaara enfrenta o seu pai.

O Quarto Kazekage, chocado com o quão longe Gaara havia chegado, decide testar o valor do seu filho novamente, encarando-o diretamente. Erguendo a areia acima do pó de ouro de seu pai, Gaara é capaz de prender o seu pai e os outros Kage. A areia de Gaara toma a forma de sua mãe, chocando seu pai. O Quarto Kazekage finalmente revela a verdade para Gaara: que sua mãe o amava e que ela prometeu para que sempre protegê-lo e que a força que ele exerce não é do Shukaku, mas a força de sua mãe, Karura. Como Gaara descobre a verdade de sua mãe e seu amor por ele, assim como a verdade por trás das ações de Yashamaru, antes que ele morreu, Gaara supera as emoções. Depois pede desculpas para seu pai de tanto ao longo de sua vida, ele é selado e Gaara se vira para enfrentar o campo de batalha com nova determinação.

Montando em sua areia, ele sai com Ōnoki. Ao chegar à área ele sente logo o Mū atrás de Ōnoki e tenta avisá-lo. Essa tentativa, porém, foi vencida e Mū é atacado e é jogado para trás por Ōnoki. Gaara então se posiciona entre os dois Tsuchikage, Mū prepara para atacar, Gaara e Ōnoki com sua libertação de poeira. Gaara repente vislumbra que Naruto se preparando para atacar Mū por trás com o Rasengan Planetário. Ele fica chocado ao vê-lo, rapidamente Gaara usa sua areia para criar um ponto de apoio para Naruto, a fim de contra-atacar Mū no ar depois de seu ataque inicial falhar. Depois que Mū é derrotado, Gaara lhe sela na areia e depois liga-lo. Diante de Naruto agora, ele pede uma explicação a respeito de porque ele estava no campo de batalha e Ōnoki sugere que eles se mobilizam enquanto fala. Após ouvir a explicação de Naruto, Gaara lhe pergunta se estava tudo bem para ele estar usando muito o chakra da Nove Caudas, Naruto retruca que ele ia se tornar Hokage um dia e até então, ele não iria morrer, então Gaara devia parar de tratá-lo como uma criança. Como eles se separaram, Gaara e Ōnoki vão para outro campo de batalha, enquanto Naruto pega o outro caminho.

Sabaku Sōtaisō

Gaara tenta selar o Mizukage.

Ao chegar no campo de batalha e enfrentar o Segundo Mizukage, mais uma vez, ele é visto visivelmente sem fôlego enquanto ele luta com ele fazendo com que o Mizukage perguntar-lhe se isso era tudo que ele tinha. Após o Mizukage começar a reclamar sobre eles por terem indo atrás de Mū primeiro, quando era claramente o mais forte, Gaara diz que ele aprendeu há muito tempo não julgar uma pessoa por sua aparência. Mais tarde, ele detecta a Marisco gigante com a sua areia e levanta uma plataforma de areia que Ōnoki usa para preparar o seu ataque. Após que o ataque de Ōnoki sobre o molusco é bem sucedido e a miragem do Mizukage que Gaara estava falando desaparece, Gaara imediatamente ativa sua técnica de Terceiro Olho para localizá-lo. Com a vida de Ōnoki aparentemente em perigo, o Mizukage atira no Tsuchikage, e é revelado que Ōnoki era na verdade um clone de areia que começa a restringir o Mizukage. A técnica de Hidratação do Mizukage se ativa imediatamente, no entanto, antes que ele possa libertar-se, Gaara usa seu Sabaku Sōtaisō que, aparentemente, com sucesso prende ele. Antes que os shinobi se alegram, uma enorme explosão ocorre e a cara do Mizukage aparece no céu. Com todos horrorizados, ele se pergunta se é um genjutsu novamente. Ōnoki diz que não, dizendo-lhe que este era a técnica que Mū ficava indefeso: Jōki Bōi.

Gaara protege a divisão

Gaara protege sua divisão.

Um clone do Mizukage emerge do céu, Gaara tenta atacar com a sua areia, mas não é rápido o suficiente. Ōnoki explica a Gaara a natureza da técnica do Mizukage, de modo que Gaara vai atrás do Mizukage, cuja posição é dada a distância por um sensor. Gaara tenta pegá-lo com a Sabaku Sōtaisō novamente, mas com a técnica está aplicando algumas etiquetas de selamento, eles são arrancados pelo clone. O Mizukage então diz que ele não iria simplesmente divulgar todos os detalhes relativos à técnica como Gaara quisesse para derrotá-lo com sua potência máxima ou então não teria nenhuma chance a todos quando enfrentarem o líder do lado oposto. Ele então diz que Gaara era um "ovo de ouro" entre a geração atual de Kage, mas estava a ter segundos pensamentos sobre o assunto.

Gaara prende o clone

Gaara prende o clone.

O clone ataca alguns dos shinobi e se prepara para explodir novamente, Gaara protege eles com a sua areia. Ele tenta atacar o clone, mas é mais uma vez resultado em falha por causa da velocidade, o clone ataca e é revelado que era um clone de areia. Gaara emerge a partir do solo e os ataques começam de novo. Desta vez, a areia é capaz de capturar e cobrir o clone. Dentro da areia, ela explode de novo, mas a explosão é sufocada. A areia se rompe, expondo a poeira de ouro de seu pai, Gaara se escondeu no clone de areia. O ouro havia derretido devido à explosão e se fundiu com o corpo do clone tornando-o incapaz de se mover e mais difícil de explodir. A areia na camada externa que tinha sido encharcado de granizo do Mizukage era útil o suficiente para manter o clone em aquecimento. O Mizukage fica impressionado e afirma que ele era um "ovo de ouro" depois de tudo.

Quando o clone de Naruto chega no campo de batalha, Gaara lhe pergunta como as coisas correram em sua extremidade e Naruto lhe informa que o Terceiro Raikage havia sido selado. Gaara então lhe diz que ele vai terminar aqui e, em seguida, ele informa para Naruto que a pirâmide era a sua técnica, quando ele confunde com o corpo do inimigo. Após o Segundo Mizukage diz a Gaara que ele e Naruto fazem uma boa dupla, Gaara sorri e faz os acabamentos selando-o. Ele então diz que um shinobi informou a sede que sua atenção estava voltada para Naruto, pedindo-lhe para o original. A divisão é alertada por um sensor que alguém estava vindo, quando Gaara fica em choque quando vê aparecer em um precipício. E os membros de sua divisão exclamam que alguém estava lá em cima com ele, que Ōnoki revela ser Madara Uchiha, Gaara fica maravilhado com o que estava acontecendo, chamando a sua atenção para os olhos de Madara que de fato ele foi revivido. Nesta revelação a divisão fica em choque imaginando quem seria o homem mascarado que afirma ser Madara.

Madara é puxado por Gaara

Gaara puxa Madara para fora do Susanoo.

Gaara ataca Madara, mas ele desvia e salta para o chão. Madara começa seu ataque e lágrimas escorrem através das forças de divisão. Gaara usa sua areia para pegar o braço de Madara, criando uma abertura para um shinobi de Kumo atacar, mas Madara facilmente desvia. Naruto finalmente entra no Modo Sennin e Ōnoki deixa mais leve a areia na cabaça de Gaara, tornando mais fácil de manipula-la. Gaara usa a areia para puxar Madara para fora de seu Susanoo, e coloca-lo no trajeto de vôo do Rasenshuriken de Naruto. Sua combinação falha quando Madara revela seu Rinnegan e usa o Caminho Preta para anular seus ataques. Madara se retira para o início de uma formação rochosa e convoca um meteorito enorme, que todos os presentes ficam chocados, fazendo com que Gaara se pergunta se este é o poder de um deus.

O Encontro dos Cinco Kage

Os cinco Kage enfrentam Madara.

Com o meteorito caindo em cima deles, Gaara diz para suas tropas para tentar escapar como podiam. Ōnoki fica para trás, ele tenta ajudar voando de encontro a rocha, a fim de deixa-lo mais leve. Juntamente com a areia de Gaara, eles são capazes de parar o meteorito, mas quando Madara envia outro batendo no segundo, eles são incapazes de detê-lo. Predominantemente ilesos, Gaara vai em direção ao Tsuchikage para descobrir se estava tudo bem. Ōnoki declara que ele vai lutar contra Madara, Gaara se move para ajudar. Ōnoki tropeça para se levantar, Gaara usa sua areia para apoiá-lo, dizendo-lhe que iriam lutar juntos. Madara e Mū se movem para atacar, eles próprios são atacados pela Tsunade e A que tinha entrado no campo de batalha. Mei chega logo depois, através da Técnica do Deus Voador do Trovão e Gaara fica com os outros Kage, preparado para lutar contra Madara.

Tsunade e os outros Kage gritam Vencer

Gaara, junto com os outros Kage gritam vencer.

A luta começa e Mei ataca Madara e da algum tempo para Tsunade curar Gaara e Ōnoki. Quando Madara decide testar suas defesas, Gaara e Ōnoki trabalham juntos para construir um escudo de dupla camada com areia e rocha para bloquear o seu ataque. Antes que o clone de Naruto se despede de Gaara e dos outros Kage para sair com uma mensagem final de "vitória".

A batalha continua, Gaara suspende todos acima da técnica de Madara. Tsunade adverte-os para não inalar o pólen, Madara ataca Gaara e os outros Kage que o levam a cair na floresta abaixo e perder a consciência após a inalação do pólen. Retomam a consciência depois que Ōnoki destrói a floresta, os Kage ficam em estado de choque ao verem o rosto formado a partir do DNA do Primeiro Hokage se projetando para fora de Madara se regenerando exposta no peito.

Clones de Madara chegam em Gaara

Os clones de Madara chegam em Gaara.

Quando Tsunade se move para as linhas de frente e com os outros Kage para enfrentar Madara, Gaara não perde tempo com a oportunidade que foi fornecido para vedar Madara dentro de sua Sabaku Sōtaisō e da aplicação de etiquetas de selamento imediatamente. Declarando que Madara foi selado, Gaara fica chocado ao ver Tsunade perfurada por uma espada de um Susanoo, e vê Madara saindo de uma das raízes das árvores, revelando que havia selado um clone de madeira. Depois que Madara percebe que os cinco contra um era covardia, ele cria mais clones de madeira, e envia cinco deles para cada Kage. Então, ironicamente, Madara pergunta se eles querem que os clones usem Susanoo ou não.

Os susanoo atacam Gaara

Gaara cercado pelos Susanoo.

Como Gaara batalha com os clones, usando o Susanoo, ele é capaz de salvar Mei de ser perfurada pela espada de um dos clones contra quem ela estava lutando. Com sua atenção em outro lugar, no entanto, seus próprios oponentes aproveitam a oportunidade para conseguir um ataque surpresa que falha devido à sua defesa automática, mas ele é golpeado por um ataque combinado dos clones, que faz ele voar longe. Como Ōnoki fala para eles lutarem, porque eles prometeram à Naruto que venceriam, Gaara se levanta e ao lado dos outros Kage, ele vê o Tsuchikage preparando um gigante Jinton: Genkai Hakuri no Jutsu, que é bem sucedido em destruir os vinte e cinco clones de Madara parcialmente. Lançando seu ataque colaborativo, a areia de Gaara é revelada estar infundida com o Suiton: Suiryūdan no Jutsu de Mei que ele usa para conter Madara.

Os Kage se preparam para ajudar Tsunade

Os Kage se preparam para ajudar Tsunade.

Como Gaara começou a selar Madara, este último lança seu Susanoo completo e se liberta da areia antes de declarar aos Kage que mesmo o poder deles é inútil contra a forma perfeita de Susanoo. Olhando em estado de choque como a gigante estrutura se estabiliza, Gaara e os outros Kage são jogados longe por um único balanço da espada do Susanoo. Depois de se recuperar e, ficar em pé de novo, Gaara e os outros Kage se preparam para enfrentar Madara, mais uma vez. Quando Madara se prepara para atacar os Kage mais uma vez, Gaara olha em choque como o Susanoo de Madara se desmaterializa e uma luz o envolve. Quando Tsunade desvia a tentativa desesperada de Madara em atacá-los uma última vez, ela cai inconsciente devido ao uso excessivo do Byakugō no Jutsu, Gaara e o resto dos Kage movem-se para protegê-la da tentativa de Madara de perfurá-la, e vê surpreso ela desviar do ataque, e fica surpreso quando Madara declara que ele iria quebrar os vínculos contratuais do invocador que faria com que ele permanecesse no mundo real e manter todos os benefícios do Edo Tensei.

Renascimento do Jūbi

Os Kage Revividos

Gaara e os outros Kage se preparam para irem ao campo de batalha.

Apesar de sua tentativa de impedir Madara de deixar o seu campo de batalha, Gaara e os outros Kage são finalmente derrotados e deixados gravemente feridos. Mais tarde, com a chegada de Karin, Suigetsu e Orochimaru no campo de batalha, Tsunade é curada por Karin. Depois de ter sido consideravelmente curada, ela por sua vez, ajuda na cura de Gaara e dos outros Kage. Sem tempo a perder, os Kage decidem voltar para o campo de batalha imediatamente. Gaara sugere que eles conservem seus chakra e que eles irão para o campo de batalha sobre sua areia. Enquanto se aproximam do campo de batalha, os Kage notam o Shinju e são atualizados por Katsuyu sobre o que está acontecendo no campo de batalha. Eles são posteriormente contactados telepaticamente por um Hashirama Senju reencarnado que informa a todos sobre o que ele havia descoberto durante sua batalha com Madara. Quando a raiva de Naruto em proteger seus companheiros que estão lutando com ele cresce, suas emoções e memórias são canalizadas para todos dentro do alcance da técnica de Ino Yamanaka. A partir dessas memórias, Gaara se simpatiza com Naruto com relação a perda de Chiyo.

Os Kage chegam ao campo de batalha

Os cinco Kage chegam ao campo de batalha.

Mais tarde, ele vê as memórias de Hashirama da primeira Reunião dos Cinco Kage, antes de chegar ao campo de batalha, após Hashirama declarar seus desejos para o futuro do mundo. Reiterando as palavras de Ōnoki, quando eles chegam no campo de batalha, de que perder não é uma opção, Gaara e os outros Kage se dispersam pelo campo de batalha, a fim de manter a moral dos shinobi alta. Pensando consigo mesmo de que ele e Naruto finalmente tinham conseguido o que eles esperaram pela vida toda quando eram jovens — em serem reconhecidos e necessários — Gaara ordena aqueles ao redor dele a segui-lo enquanto se preparam para o ataque.

Depois de conseguir acertar Obito, enfraquecendo o poder do Uchiha sobre o Jūbi, Naruto começa a usar o chakra que ele ganhou dos outros Bijū para remover à força o chakra de dentro de Obito. Após Naruto notar que é impossível ele fazer isso por conta própria, como ele não tem o chakra do Shukaku e de Gyūki, Gaara e Killer B auxiliam Naruto, com o Kazekage notando que, pelo fato de ele já ter sido o hospedeiro do Shukaku, ele será capaz de lidar com o chakra da besta usando sua areia como um meio. Ele puxa com sucesso o Shukaku de Obito, liberando, assim, o Bijū totalmente. Após sua extração, Gaara pede para Shukaku o ajudá-lo a criar uma versão colossal do Sabaku Sōtaisō para selar Madara. A besta inicialmente se recusa, afirmando que ele não é mais ligado a Gaara e tem total livre arbítrio. Depois de Gaara afirmar que ele pode facilmente fazer outro Bijū o ajudar em vez disso, e usar isso como uma oportunidade de superar Kurama, Shukaku concorda em ajudar o Kazekage. Son Gokū e os outros Bijū também se juntam a Gaara e Shukaku para ajudar Naruto.

Tsukuyomi Infinito

Selo do Funeral Imperial do Deserto em Camadas

Gaara e Shukaku tentam selar Madara.

Gaara guia os Bijū até Madara, e todos se preparam para a batalha contra um Madara revivido, pronto para caçá-los. Gaara e Shukaku colaboram de forma eficaz, utilizando o Fūton: Sasandan para ferir Madara, que elogia a formação da técnica, mas comenta sobre sua falta de poder. Gaara responde no entanto, ao mostrar que o verdadeiro propósito do ataque é permitir que sua areia possa entrar na corrente sanguínea de Madara, permitindo assim, que Gaara consiga manipulá-lo a partir de dentro. Restringindo os movimentos de Madara totalmente, os Bijū usam essa abertura para atacar Madara. Gaara então comanda Shukaku para selá-lo, usando o Sabaku Sōtaisō Fūin, que usando seu corpo de areia e seu selo amaldiçoado especial, o imobiliza totalmente. No entanto, Madara usa seu Susanoo para se liberta, logo após, Gaara vê um clone de Zetsu Branco dando a Madara seu olho direito original de volta.

Gaara intercepta as correntes

Gaara impede Madara de sugar o Shukaku para dentro da estátua.

Quando Madara volta sua atenção para Shukaku, Gaara usa o Sabaku: Hando para criar duas mãos enormes para interceptar as correntes. Declarando que ele não permitirá que Madara capture a besta, Shukaku fica chocado com as palavras de Gaara tanto quanto suas ações. Quando ele diz que o jovem não deve exagerar, Gaara afirma corajosamente que ele não é mais um jinchūriki e que agora significa que ele pode ficar junto a besta como iguais — fazendo referência ao fato de que a besta sempre prometeu possuí-lo se ele caísse em sono profundo. Madara é capaz de quebrar com sucesso as correntes e enviar uma de suas espadas do Susanoo em direção ao Kazekage, porém, ela é bloqueada por Shukaku.

Gaara salva Naruto

Gaara resgata um Naruto incapacitado.

Quando Madara começa a sugar as bestas em direção a ele, Kurama chama por Gaara para informá-lo de um plano que ele criou e quando Naruto é ejetado do Bijū Mōdo, Gaara grita por seu amigo. Amortecendo a queda de Naruto com sua areia, Gaara chama Shukaku, impotente, como o tanuki e os outros Bijū são selados na estátua. Enquanto Tobirama ataca Madara, Gaara aproveita a oportunidade para escapar enquanto carrega um Naruto inconsciente em suas costas, prometendo que não irá permitir que seu amigo morra. Obedecendo as ordens de Kurama Yang, Gaara rapidamente vai em direção a Tsunade para ela curar Naruto. No entanto, ela diz que está com muito pouco de chakra, como ela lutou contra Guruguru e sua maciça estátua de madeira. Sakura vai no lugar da Hokage, enquanto Gaara carrega ela e Naruto para o próximo local.

Enquanto Sakura tenta bombear manualmente o coração de Naruto e realizar um RCP, Gaara, finalmente, chega até Minato, atualmente tentando salvar Obito da possessão de Zetsu Negro. Gaara diz para Minato sobre o plano de Kurama Yang para salvar Naruto, Minato rapidamente tenta transferir Kurama Yin para Naruto, porém, Zetsu Negro consegue bloquear a tentativa. Madara, agora jinchūriki do Jūbi, chega logo em seguida para recuperar seu olho esquerdo.

Quando Zetsu Negro tenta retornar para Madara, Obito impede ele, mantendo-o fundindo ao seu corpo, decidido a falar com Madara. Gaara, igualmente determinado em salvar Naruto, é retido por Kakashi que observa que eles tem que esperar o momento certo. Logo encontrando-o, Gaara junta-se com Kakashi e Minato em um ataque contra Madara, apenas para o Uchiha ressuscitado repelir facilmente seus esforços. Quando Obito se aproxima de Madara, Gaara e todos os outros ficam chocados ao ver Obito empalar seu ex-parceiro no peito com a mão. Obito então começa a absorver um pouco do chakra do Jūbi e formar sua shakujō.

Depois de salvar Kakashi do ataque de Madara, Guy diz que taijutsu é uma das poucas opções na luta contra Madara. Gaara fica surpreso com o poder de Guy quando ele abre sete dos Oito Portões para combater Madara. Após o ataque se mostrar ineficaz contra Madara, Guy resolve abrir todos os oito portões. Vendo que Guy está lutando em pé de igualdade com Madara, Gaara fica chocado, Kakashi então explica ao jovem Kazekage que esta é a versão completa da técnica que Lee usou contra Gaara durante o Exame Chūnin. Depois de ouvir que o uso de todos os oito portões causará certamente a morte de Guy, lembrando-se do vínculo que Guy têm com Lee, Gaara volta sua atenção para Lee, que declara firmemente que ele está orgulhoso de seu sensei. Minato, em seguida, explica a mecânica por trás da Esfera da Busca da Verdade de Madara depois que a equipe lança seu contra-ataque, onde Gaara usa sua areia para ajudar Kakashi a se manobrar rapidamente, em última análise, privando Madara de sua defesa e permitindo que Guy consiga completar seu ataque em Madara.

O sonho de Gaara

O sonho de Gaara.

Após a árvore sagrada ser destruída pelos novos poderes de Naruto e trazer Guy até os cuidados de Gaara e Lee, o jovem Kazekage pede para compartilhar um copo de saquê com Naruto após ele se tornar Hokage. Quando Madara tenta eliminar todos com inúmeros meteoritos, Gaara informa a Lee que eles precisam sair, afirmando que Naruto é plenamente capaz de lidar com Madara. No entanto, quando o Tsukuyomi Infinito é ativado, ele e os outros se tornam vítimas do genjutsu antes de serem ligados às raízes do Shinju. Dentro do genjutsu, Gaara sonha que têm uma infância feliz com sua família e brinca com Naruto como seu amigo íntimo.

Habilidades

Gaara é um shinobi extremamente poderoso, tanto que ele foi eleito o Kazekage com a idade de 15 anos. Seus poderes e status já se tornaram muito respeitados e elogiados por todos nas Forças Aliadas, incluindo os outros Kage, tanto atual quanto os ressuscitados. Mesmo o Segundo Mizukage, elogiou suas habilidades, chamando-o de "ovo de ouro" entre os Kage. [14] Ele foi capaz de derrotar seu pai e o Segundo Mizukage. Ele também foi elogiado por Deidara, que comentou sobre o seu poder depois de capturá-lo, depois que ele perdeu um braço dos ataques de Gaara.[15] Dentre todos de sua geração, ele teve o maior aumento na classificação. Mesmo que ele tinha perdido o Shukaku, ele ainda era poderoso o suficiente para permanecer como Kazekage, e seu pai reconheceu que ele tinha ultrapassado ele, apesar de sua pó de ouro com a vantagem sobre sua areia e, finalmente derrotou o Segundo Mizukage e seu Jōki Bōi, algo que nem mesmo era capaz de fazer. [16] O tipo de estilo de luta que ele usa é um tipo estacionário, como ele raramente precisa usar todo o seu corpo para atacar um adversário.

Ele também tem se mostrado ser um professor qualificado, ensinando Matsuri como usar o jōhyō quando soube que ela tinha medo de armas. Muitos ninjas da areia, são qualificado com as etiquetas de selamento, ele usa Sabaku Kyū no lugar de pano. Ele mostrou uma afinidade no elemento vento, embora isso só foi visto durante suas transformações de Shukaku. Se ele tem uma afinidade natural com vento, ou se isso vem do Shukaku é desconhecido. Na Parte II, Gaara também tem se mostrado ser altamente analítico e um tático muito experiente. Isso é comprovado quando ele foi capaz de derrotar o Segundo Mizukage formulando uma maneira de combater o clone explosivo do Mizukage.

Controle de Areia

Gaara manipulando a areia

Gaara manipulando a areia.

Como o hospedeiro do Shukaku, Gaara possui a capacidade de manipular a areia, geralmente movendo-o através do ar para servir a vários propósitos. Sendo um jinchūriki, Gaara tem uma grande quantidade de energia e elevados níveis de chakra como observado por Kiba e, portanto, é capaz de usar muito chakra com técnicas baseadas em areia, por vezes, em rápida sucessão, antes de se cansar. A quantidade de areia que pode controlar ao mesmo tempo é imensa: ele poderia usar uma enorme quantidade de areia para se transformar totalmente em Shukaku, bem como criar um tsunami de areia para lutar contra Kimimaro. Na Parte II, ele é capaz de reunir areia suficiente para proteger toda a vila de Sunagakure do C3 de Deidara, bem como ajudar a parar um meteorito gigante, embora, em grande esforço físico. Se está faltando areia em abundância, Gaara pode quebrar os minerais de terras no chão para criar mais areia. [17] Enquanto ele pode controlar qualquer areia seca, areia comum exige mais chakra para manipular, cansando-o rápido. Como resultado, ele mantém sua areia de chakra-fundido com ele próprio em todos os momentos, em uma cabaça também feita de areia nas costas. Como esta areia já está fundida com o seu chakra, Gaara tem um controle muito alto sobre ela, permitindo ataques mais fortes e mais rápidos com ela.

Durante a batalha, Gaara raramente se move, atacando com sua areia de um único local, e raramente usa taijutsu. Quando mostrado pela primeira vez, seus meios básicos de ataques e primeira técnica que ele usou foi Sabaku Kyū para capturar, imobilizar e, potencialmente, sufocar o adversário com areia. Uma vez que o adversário é dominado, ele usa o Sabaku Sōsō para fazer a areia esmagar o adversário com diferentes intensidades. Embora ele vem com outros meios de ataque ao longo da série, a tática de "apanhar e esmagar" permanece no meio de seu estilo de luta. Gaara tentou usá-lo quatro vezes em Kimimaro, mas a estrutura do osso resistente de Kimimaro fez dele um alvo frustrante.

Suna Shigure Anime

Gaara usando Rendan: Suna Shigure

À medida que o segundo elemento de estilo de combate, Gaara tem um número de areia à base de defesas para ser utilizado no caso de um oponente ficar muito perto. Sua principal defesa é o escudo de Areia, um escudo de areia automático que envolve e protege ele dos danos, ele querendo ou não. Gaara pode controlar o escudo em qualquer grau, fortalecendo-o como o aço ou fazendo encerrar-se completamente. Uma defesa eficaz, o escudo pode ser superado com ataques de alta velocidade, ou simplesmente ser rompida por ataques incrivelmente fortes. [18] Caso isto aconteça, Gaara tem uma camada de areia que cobre seu corpo chamado de armadura de areia. Embora seja uma defesa secundária útil, a armadura requer grandes quantidades de chakra para permanecer ativa, e também tem o efeito colateral da ponderação de Gaara cair. [19] Apesar disso, as defesas oferecidas pela sua areia são tão poderosas, que elas foram nomeados de a "Defesa Absoluta" (绝対 防御, Zettai Bōgyo). [20] Além disso, Gaara pode esmagar as mais duras pedras para criar um escudo em forma de corpo Shukaku ou, no anime, uma lança em forma de um braço para o combate. A defesa de Gaara avançou até o ponto onde ele não só foi capaz de ajudar a parar um meteorito, mas até o ponto onde Naruto expressou sua crença de que Gaara manteve a melhor defesa. [21]
Defesa Absoluta Rígida Final - Escudo de Shukaku

Gaara usando sua técnica de escudo do Shukaku.

Além destes métodos básicos de ataque e defesa, Gaara também tem um certo número de técnicas diversas que, enquanto ele for capaz de usar ataques ou defesas do tipo, não são limitados a esses fins. Ao fazer um clone de areia de si mesmo, Gaara pode ter um aliado para ser usado na batalha, ou como uma mera distração para ser ganhar-lhe tempo. Diferente da maioria das outras técnicas de clones da série, o clone de areia pode se manter mesmo depois de receber mais de um ataque, e pode até mesmo se regenerar ou capturar um adversário depois de ser derrotado. Com o Sabaku Fuyū, Gaara pode usar a areia como uma plataforma, para permitir a si e aos outros flutuar no ar. Seu Terceiro Olho também lhe permite criar um olho flutuante de areia em qualquer local, que ele pode ver através de espionagem, ou para orientar seus ataques enquanto está completamente cercado por suas defesas. Ele também alegou que ele pode montar sua areia para sustentar a Ilha Tartaruga, e garantia que teria sido mais rápido do que Ōnoki. Sua areia pode também ser usado como dispositivo de detecção: Gaara pode detectar quando os outros entram em contato com ela, mesmo de longe. A detecção de sua areia é tão grande, que era capaz de encontrar Mū em várias ocasiões, bem como encontrar o Marisco Gigante.

Karura protegendo Gaara

A mãe de Gaara é a fonte de seu escudo de areia.

Apesar da remoção do Shukaku, Gaara ainda pode usar sua areia como antes. De acordo com Sasuke na Reunião dos Kage, a Defesa Absoluta de Gaara ainda está bem viva. Não só isso, mas a areia também melhorou em velocidade, defesa e na ofensiva desde a última vez que se encontraram, que não só foi capaz de protegê-lo como proteger os outros de um desmoronamento,[22], e também a equipe de A, e até mesmo bloquear várias vezes o Amaterasu sem ser queimado, um feito que impressiona Sasuke.[23] Durante a Quarta Guerra Mundial Ninja, os poderes da areia de Gaara era tão forte que seu pai acreditava que ele estava totalmente transformado no Shukaku, mais tarde, surpreso ao ver que não era o caso. Gaara foi capaz de fazer uma rápida manobra com sua areia para acima da poeira de ouro de seu pai, apesar de seu peso superior. [24]Ele é capaz de manipular a areia mesmo quando está misturada com água.[25] Ele pode até mesmo bloquear poderosas explosões no momento em que explodem apesar do enorme poder dessas técnicas realizadas, protegendo sua vila ou divisão, respectivamente.[26][27]Ele foi capaz de misturar o pó de ouro em sua areia de modo que ele podesse usar o ouro, observando que o ouro era aproximadamente 20 vezes mais pesado que a água a fim de combater o Jōki Bōi.[28]

É desconhecido ainda se a defesa de areia de Gaara é ainda automática, tal como acreditava-se que Shukaku era a fonte de defesa. No entanto, os estados do Quarto Kazekage diz que a mãe de Gaara, Karura, era a verdadeira fonte da defesa, como ela realmente o amava e prometeu sempre protegê-lo. [29]

Transformações Jinchūriki

Artigo Principal: Formas Jinchūriki de Gaara

Gaara - quase Shukaku

Gaara parcialmente transformado em Shukaku.

Em situações desesperadas, Gaara foi capaz de assumir a forma do Shukaku com camadas de areia em seu corpo, fazendo-o muitas vezes mais poderoso do que ele já é. A personalidade de Shukaku cresce mais e fica dominante durante esta transformação, aumentando a tendência de Gaara matar. Uma vez feito, Gaara assume uma versão Shukaku do tamanho de um humano, em que ele confiava em sua força bruta para destruir tudo à sua volta.

Se necessário, Gaara poderia quase que instantaneamente criar uma versão em tamanho real de Shukaku, se a forma de tamanho humano fracassar. Nesta forma, ele permaneceu dentro da cópia do Shukaku, protegido de danos, embora incapaz de se mover. Quando na necessidade do poder total do Shukaku, Gaara usaria sua técnica de Sono Fingindo, que o obriga a dormir, e Shukaku o tem permissão para assumir o controle total. Para fazer isso, no entanto, Gaara deve surgir de dentro da cópia, deixando-o sensivel a ataques enquanto ele usa a técnica.

Com o tempo, ele começou a ganhar um melhor controle sobre Shukaku, de modo que ele pudesse suprimir a sua personalidade por si mesmo no final do arco do anime do pré Shippūden. Quando a segunda parte começou, Gaara foi ainda capaz de usar os braços do Shukaku para atacar várias vezes, sem perder o controle de si mesmo. No entanto, isso poderia ter sido apenas o seu melhor controle sobre a areia em ação.

Estatísticas

Databook Ninjutsu Taijutsu Genjutsu Inteligência Força Agilidade Estamina Selos Manuais Total
Primeiro 3.5 1.0 2.5 2.5 1.0 2.0 4.0 3.5 20.0
Segundo 4.5 2.0 2.5 3.5 2.0 3.0 5.0 4.0 26.5
Terceiro 5.0 2.0 3.5 4.0 2.5 3.0 5.0 4.0 29.0

Curiosidades

  • Quando Gaara foi nomeado na Shōnen Jump Inglesa, seu nome foi traduzido como "Gāra".
  • Até o capítulo 58 de Naruto, Gaara é visto usando vários brincos.
  • No mangá, o chapéu de Kazekage de Gaara é verde. No anime, que era originalmente azul claro. Eles recoloriram em Naruto Shippūden episódio 199, mostrando o chapéu do Kazekage na cor verde.
  • Nas pesquisas de popularidade de personagens de Naruto, Gaara foi colocado em sétimo na primeira, oitavo na segunda e terceira, e décimo na quarta, na quinta, ele volta para o sétimo. Foi o sexto e quarto na enquete mais recente. Ele é um dos quatro personagens que ficaram no Top Dez de todas as pesquisas de popularidade dos personagem.
  • Em vez de ganhar o chakra vermelho, normal para os outros jinchūriki, a areia de Gaara assume a forma de Shukaku em seu lugar. Isso faz dele o único Jinchūriki que foi visto ganhando uma manta, embora ele passou por suas transformações parciais.
  • De acordo com o Databook de Naruto:
    • O passatempo de Gaara é lutar [30] e cultivar cactos. [31]
    • Os alimentos favoritos de Gaara são língua salgadas e moela, enquanto seu menos favorito são yokan e glacé marrom.
    • Gaara e Naruto, ambos tem o mesmo peso e altura na parte II.
    • Gaara deseja lutar com Sasuke Uchiha [32] e contra qualquer um, se for para proteger a sua aldeia. [33]
    • Gaara completou 34 missões oficiais no total: 0 Rank-D, 9 Rank-C, 8 Rank-B, 14 Rank-A, 3 Rank-S.
    • As palavras favoritas de Gaara são, no primeiro e segundo databook: "o amor por si mesmo" (自爱, jiai), e no terceiro databook, "afeto" (慈爱, jiai) e "futuro" (未来, mirai).

Referências

  1. Naruto capítulo 114, página 7
  2. Naruto capítulo 547, página 16
  3. Naruto capítulo 548, páginas 11-13
  4. Naruto capítulo 213, página 1
  5. Naruto capítulo 280, página 5
  6. Naruto capítulo 97, páginas 9-10
  7. Naruto capítulo 547, página 3
  8. Naruto capítulo 547, página 17
  9. 9,0 9,1 Naruto capítulo 547, páginas 4-7
  10. Naruto capítulo 130, páginas 13-18
  11. Naruto capítulo 131, páginas 1-12
  12. Naruto capítulo 547, página 7
  13. Naruto capítulo 97, páginas 13-15
  14. Naruto capítulo 247, página 08
  15. Naruto capítulo 249, página 05
  16. Naruto capítulo 557, página 17
  17. Naruto capítulo 215, página 14
  18. Naruto capítulo 83, página 3
  19. Naruto capítulo 83, página 9
  20. Naruto capítulo 464, página 15
  21. Naruto capítulo 555, página 17
  22. Naruto capítulo 465, página 8
  23. Naruto capítulo 464, página 12
  24. Naruto capítulo 547, página 13
  25. Naruto capítulo 557, página 17
  26. Naruto capítulo 249, página 12-14
  27. Naruto capítulo 557, página 10-11
  28. Naruto capítulo 557, página 16
  29. Naruto capítulo 547, página 16-17
  30. Segundo Databook de Naruto, página 62-66
  31. Terceiro Databook de Naruto, página 60-63
  32. Primeiro Databook de Naruto, página 50-55
  33. Terceiro Databook de Naruto, página 60-63

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória