FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre o personagem. Caso você estiver procurando o artigo sobre o capítulo 610, você deve ir para Dez-Caudas. Para outros usos, veja Dez-Caudas (desambiguação).

Dez-Caudas (十尾, Jūbi), é a personificação de Kaguya Ōtsutsuki combinada com a Árvore Divina, criado para recuperar o chakra herdado por seus filhos, Hagoromo e Hamura Ōtsutsuki. Ele é considerado como o progenitor do chakra, e está ligado à lenda do Sábio dos Seis Caminhos e do nascimento dos shinobi. Para dar um fim a fúria da besta, o Sábio se tornou o jinchūriki do Dez-Caudas e depois dividiu o seu chakra em nove Bestas com Cauda para impedi-lo de causar mais danos. Séculos mais tarde, o seu renascimento se tornou o objetivo de Madara e Obito Uchiha, com ambos procurando se tornarem o jinchūriki da besta a fim de prosseguirem com os seus objetivos.

Personalidade

O Dez-Caudas é uma entidade imparcial e é completamente desprovido de sentimentos e até mesmo ideais, uma vez que manteve-se neutro e quase ambivalente com as constantes guerras que foram travadas em torno dele pela humanidade. Sendo o Dez-Caudas, juntamente com a vontade de Kaguya eles desejam recuperar o poder que foi tomado a partir dele e como Kurama observou, esta forma de singularidade em sua mentalidade o tornou impossível para ser sentido através de meios como a detecção de emoções negativas ou mesmo chakra devido ao seu grande poder. Indivíduos usando o Modo Sábio são capazes de sentirem algumas sensações do poder da besta, e mesmo assim parece imensurável e avassalador; Kurama compara o Dez-Caudas como uma força inata da natureza.[3] No entanto, devido à presença de Kaguya dentro dele, ele acabou reagindo ao ver a presença do chakra das Bestas com Cauda dentro de Naruto e a imagem de Hagoromo, reunindo chakra e fortalecendo-se.[4] A vontade de Kaguya se torna mais evidente quando ela diz para Madara (achando que era a Árvore Divina) absorver a árvore.[5]

Aparência

  • Primeira forma.
  • Segunda forma.
  • Terceira forma.
  • Forma de árvore.
  • Forma instável.

O Dez-Caudas é uma criatura de cor marrom e tamanho titânico;[6] com uma de suas mãos sendo maior do que qualquer uma das outras Bestas com Cauda.[7] Embora a besta possua múltiplas formas, alguns atributos comuns se mantêm, incluindo um único olho, que ocupa a maior parte de sua cabeça e saliências pontiagudas que crescem fora em uma forma reminiscente de uma concha.[2] Quando foi inicialmente revivido em sua forma incompleta, o Dez-Caudas possuía um grotesco corpo inchado com braços longos e mãos de garra, mas sem as pernas traseiras visíveis, bem como uma grande boca com várias fileiras de dentes pontiagudos e um único espigão em seu queixo. Veias escuras semelhantes às de uma planta percorriam ao longo de seu corpo, e as terminações de suas caudas se assemelhavam a brotos de folhas, que desfraldaram após ele atingir a sua segunda forma.[8][9]

Em sua segunda forma, o Dez-Caudas assumiu a forma de um humanoide emagrecido com membros alongados e um pescoço torcido. Ele agora possuía pernas visíveis, as quais utilizava junto com seu braço direito para ficar de pé, como o seu braço esquerdo só se estendia até a altura do cotovelo. A cabeça da besta foi alterada significativamente, embora o seu olho tenha sido mantido na frente de sua cabeça, um único ouvido se formou no lado direito, e sua boca — que agora continha dentes retos — se moveu para o lado esquerdo, com um única narina triangular aparecendo acima dela. Vários chifres se projetaram em várias partes de sua cabeça: dois acima de cada lado de seu rosto, dois abaixo de seu olho, e outro abaixo de seu ouvido. Devido a sua transformação, os anexos semelhantes a brotos em suas caudas se desfraldaram, revelando caudas extensíveis que se assemelhavam com mãos humanoides.[10] Depois de mais amadurecimento, o corpo do Dez-Caudas se tornou menos emagrecido, crescendo um braço esquerdo completo, além de começar a ficar de pé sobre as patas traseiras.[11] Mais tarde, ele ganhou uma aparência ainda mais musculosa e os chifres no topo de sua cabeça ficaram maiores.[12] Quando Hagoromo e Hamura enfrentaram o Dez-Caudas, ele se parecia muito com essa forma, embora ele possuí-se uma aparência inchada e espigões adicionais em seu corpo.[13]

Depois de se tornar o jinchūriki do Dez-Caudas, Obito projetou uma estrutura do Dez-Caudas a partir de seu corpo, que então se abriu para revelar uma árvore gigantesca, muito parecida com a Árvore Divina original. Esta árvore, que ofuscava completamente o Dez-Caudas em tamanho, possuía um alto tronco reto com um único botão roxo situado na parte superior, dentro do qual residia o olho do Dez-Caudas.[14] Esta forma de árvore foi inicialmente indicada como sendo a Árvore Divina,[15] mas foi mais tarde referenciada como o Dez-Caudas.[16]

Quando Kaguya Ōtsutsuki perdeu o controle sobre o chakra das Bestas com Cauda dentro dela depois de ser atingida por um ataque de Naruto Uzumaki, ela involuntariamente se transformou em um Dez-Caudas não-humanoide, que se manifestou em uma forma semelhante a um coelho inchado, branco, com as cabeças das nove bestas crescendo em vários partes de seu corpo. Esta forma baseada no chakra do Dez-Caudas retinha o Rinne Sharingan de Kaguya em sua testa, bem como dez caudas que se assemelhavam a mãos.[17]

História

Passado

Descrição de Kaguya no Anime

Kaguya representada com o fruto.

Muito antes da fundação das aldeias ocultas, durante uma era de guerras intermináveis entre a humanidade, a Árvore Divina, uma árvore venerada como uma divindade, dava à luz a um fruto de chakra uma vez a cada mil anos. Apesar de ter sido proibido de consumir os frutos da Árvore Divina, ele acabou sendo consumido pela Princesa Kaguya Ōtsutsuki, que usou o poder que ele lhe concedeu para acabar com as guerras que assolavam as terras. Algum tempo depois, Kaguya deu à luz a dois filhos, que se tornaram as primeiras pessoas que nasceram com chakra. Mais tarde, decidindo que o chakra de seus filhos era dela por direito, Kaguya se fundiu com a Árvore Divina para se tornar uma entidade conhecida como o Dez-Caudas, que passou a devastar a terra em uma tentativa de obter o referido chakra.[18] No entanto, como os verdadeiros motivos de Kaguya não foram percebidos, as pessoas passaram a acreditar que a própria Árvore Divina havia assumido a forma de um monstro em uma tentativa de recuperar o chakra que Kaguya tinha roubado.[19]

Hagoromo e Hamura vs. Dez-Caudas

Hagoromo e Hamura vs. o Dez-Caudas.

Na batalha final entre o Dez-Caudas e os filhos de Kaguya, Hagoromo e Hamura Ōtsutsuki, eles conseguiram derrotar a besta e a selaram dentro de Hagoromo, fazendo dele o primeiro jinchūriki. Este ato, juntamente com muitos outros grandes feitos ao longo de sua vida, fizeram com que Hagoromo passasse a ser reverenciado como o "Sábio dos Seis Caminhos". No entanto, sabendo que sua morte iria fazer o Dez-Caudas retornar ao mundo para prosseguir a sua fúria e recuperar o chakra que ele havia espalhado entre a humanidade, Hagoromo decidiu separar o chakra do monstro de seu corpo e usou sua Técnica da Criação de Todas as Coisas para criar as nove Bestas com Cauda. Hagoromo então utilizou o Chibaku Tensei para selar a casca vazia do Dez-Caudas no que viria a ser a lua.[20][21]

Sem o conhecimento dos irmãos, Kaguya criou Zetsu Negro antes de ser selada, a fim de facilitar o seu renascimento. Para este fim, ele passou séculos tentando unir o chakra dos filhos de Hagoromo, Indra e Asura, a fim de fazer uma de suas reencarnações despertar o Rinnegan. Eventualmente, graças as maquinações de Zetsu Negro, o Rinnegan acabou sendo manifestado em um dos descendentes de Hagoromo: Madara Uchiha. Com o seu novo poder, Madara invocou a casca vazia do Dez-Caudas de volta ao mundo e a nomeou de Estátua Demoníaca do Caminho Exterior.[22] Junto com Obito Uchiha, que continuou o seu trabalho depois de sua morte, Madara concebeu um meio para reunir a Estátua Demoníaca e as Bestas com Cauda de volta em sua forma original para que ele pudesse usar o Dez-Caudas para concluir a sua ambição ao longo da vida: o Plano Olho da Lua.

Parte II

Quarta Guerra Mundial Shinobi: Clímax

Artigo principal: Quarta Guerra Mundial Shinobi: Clímax

O Dez-Caudas Revivido

O Dez-Caudas é revivido.

Embora sendo apenas capaz de obter fragmentos do chakra de Gyūki e Kurama, Obito faz a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior consumir a Benihisago e o Kohaku no Jōhei, começando sua regeneração para o Dez-Caudas. Quando Madara entra na briga, Naruto e Killer B tentam destruir a Estátua Demoníaca com uma enorme Bola da Besta com Cauda para evitar que o Dez-Caudas seja totalmente revivido. Após o chakra da estátua desaparecer após o ataque, a suposta vitória dura pouco, como o Dez-Caudas emerge da fumaça do ataque, fazendo Obito declarar que é o fim do mundo.

Shinju vs. Gyūki e Kurama

O Dez-Caudas lutando contra Kurama e Gyūki.

Com o renascimento completo, Obito e Madara pulam no topo da cabeça da besta, fazendo dois tentáculos se manifestarem e se conectarem no pescoço dos dois Uchiha. Não querendo perder tempo, Obito observa que ele quer lançar o Tsukuyomi Infinito imediatamente, enquanto Madara quer testar o poder da besta primeiro. Depois de serem atacados pela besta, Kurama e Gyūki lançam uma saraivada de Bolas da Besta com Cauda contra ele, apenas para o Dez-Caudas combatê-las usando sua própria Bola da Besta com Cauda. Depois de a poeira baixar, um clone das sombras de Naruto e Kakashi Hatake são lançados acima do Dez-Caudas, onde Kakashi liberta Gyūki, que em seguida, dispara uma Bola da Besta com Cauda à queima-roupa no olho do Dez-Caudas, apenas para ele simplesmente lançar a bola de volta ao seu criador com um único dedo. Os dois Uchiha, então, tentam dizimar seus adversários com outra Bola da Besta com Cauda, mas acabam errando, como resultado de Obito perder o controle momentaneamente. Após todo o campo de batalha ficar envolto em névoa e todas as habilidades sensoriais serem anuladas, o restante das Forças Aliadas chegam para ajudar na batalha.

B para o Dez Caudas

Killer B colidindo com o Dez-Caudas.

A Aliança lança uma saraivada de técnicas para incapacitar o Dez-Caudas em uma tentativa de atacar Obito e Madara, mas seus esforços são inúteis, como o Dez-Caudas entra em sua segunda forma e se solta de suas amarras. Os Uchiha então começam a devastar várias cidades, bem como a sede das Forças Aliadas com uma série de Bolas da Besta com Cauda. Após os Uchiha reforçarem seu controle usando as células de Hashirama, Obito, usando o corpo do Dez-Caudas como um meio, utiliza a Liberação de Madeira: Técnica Cortante, matando muitos shinobi, incluindo Neji Hyūga, que é fatalmente ferido como resultado, antes de a besta ser contida pela Liberação de Terra: Técnica Sanduíche de Kitsuchi. Ignorando os avisos de Madara, Obito mais uma vez tenta aniquilar as Forças Aliadas com uma Bola da Besta com Cauda, mas antes que ele consiga disparar, Killer B faz a besta engoli-la usando sua própria Bola da Besta com Cauda, fazendo com que a besta entre em colapso.

O Jubi prende o Aliança

O Dez-Caudas prende a Aliança.

Depois de Naruto distribuir o seu chakra combinado com o de Kurama para as Forças Aliadas, o Dez-Caudas é rapidamente dominado e contido pelo clã Nara. Com a ajuda do poder de Madara, o Dez-Caudas é capaz de resistir e tenta atacar os shinobi com as suas caudas, apenas para ser parado por seus esforços combinados. A besta posteriormente forma uma gaiola em torno das Forças Aliadas, com suas caudas, mas os shinobi avançam implacavelmente para frente, cortando duas das caudas da besta com o Rasenshuriken de Naruto, separando Madara e Obito de sua cabeça com seu ataque subsequente. Agora agindo por sua própria vontade e amadurecendo ainda mais, o Dez-Caudas usa o Tenpenchii, dizimando os arredores. Após os efeitos da técnica se dissiparem, o Dez-Caudas sente a presença de sete Bestas com Cauda dentro de Naruto e se lembra do Sábio dos Seis Caminhos, levando-o a reunir mais chakra, aumentando sua forma mais uma vez. Ele abre sua larga boca, produzindo uma estrutura semelhante a uma flor para criar uma gigantesca Bola da Besta com Cauda, a qual destrói facilmente as barreiras da Liberação de Terra das Forças Aliadas, no entanto, ela acaba sendo teletransportada por Minato Namikaze, após ele chegar ao campo de batalha.

Novos Sannin vs. Jubi

Os clones do Dez-Caudas protegem seu corpo principal.

Após os Hokage reencarnados se posicionarem corretamente, eles prendem o Dez-Caudas dentro de uma grande barreira coberto com as próprias restrições de Hashirama para imobilizar ainda mais seus movimentos. O Dez-Caudas, consciente de que sua captura é iminente, produz clones em miniatura para defender seu corpo principal. Com a ajuda de suas respectivas invocações, Naruto e o recém-chegado Sasuke passam pelo último clone do Dez-Caudas e, através da combinação de sua Liberação de Vento: Ultra-Grande Bola Rasenshuriken e a Liberação de Chama: Susanoo Kagutsuchi, eles desencadeiam a Liberação de Calor: Auréola Furacão do Jato de Flecha Negra Estilo Zero, que desfere um golpe direto no Dez-Caudas. Enquanto Naruto e Sasuke discutem sobre a possibilidade de retirar as Bestas com Cauda do interior do Dez-Caudas ou simplesmente deixá-lo queimar, a besta separa a carne queimada de seu corpo. Obito, em seguida, surge a partir da outra dimensão fortemente ferido e cai sobre a cabeça da besta, o que leva Madara a tentar controlá-lo em um esforço para ressuscitar a si mesmo corretamente para que ele possa se tornar o jinchūriki da besta. Obito resiste a esse controle e aproveita a oportunidade para selar a besta dentro de si mesmo, tornando-se o segundo jinchūriki do Dez-Caudas.

Nascimento do Jinchūriki do Dez-Caudas

Artigo principal: Nascimento do Jinchūriki do Dez-Caudas

A árvore Dez-Caudas

O Dez-Caudas em sua forma de árvore.

Uma vez dentro do corpo de Obito, o Dez-Caudas faz Obito sofrer um colapso psicológico e perder o controle sobre seu próprio corpo, antes de finalmente ganhar o controle sobre o poder da besta e passar por uma segunda transformação. Mais tarde, tomando a decisão de avançar com o seu plano, Obito projeta o Dez-Caudas para fora de seu corpo, permanecendo seu jinchūriki e fazendo com que ele se transforme em uma árvore gigantesca com a finalidade de lançar o Tsukuyomi Infinito. Uma vez nesta forma, as raízes da árvore começam a absorver o chakra das Forças Aliadas, reduzindo o tempo que o broto contendo seu olho levaria para florescer. Enquanto Obito continua a dominar a batalha, esperando que o desabrochar do botão da árvore possa ser concluído, o trabalho em equipe reforçado com senjutsu de Naruto e Sasuke é capaz de desferir um golpe crítico em Obito. Isto permite que Naruto, Gaara e Killer B consigam se ligar ao chakra das Bestas com Cauda dentro dele usando as suas próprias, e com os esforços combinados de toda as Forças Aliadas Shinobi, as bestas são libertadas de Obito, travando o desenvolvimento da árvore.

Madara invoca o Dez-Caudas

Madara invoca o Dez-Caudas recém-revivido.

Mais tarde, depois de Madara selar mais uma vez as nove Bestas com Cauda dentro da Estátua Demoníaca, o Dez-Caudas revive mais uma vez. Pouco tempo depois, Madara invoca a besta e a selá dentro de si mesmo, fazendo dele o seu mais novo jinchūriki. Quando Naruto usa a Arte Sábia: Rasenshuriken de Liberação de Lava para cortar a árvore deixada para trás por Obito ao meio, Madara ouve a árvore mandá-lo absorvê-la enquanto ela caí, interpretando a voz em sua cabeça como o desejo do Árvore Divina para unir tudo em um só ser.

Ataque de Kaguya Ōtsutsuki

Artigo principal: Ataque de Kaguya Ōtsutsuki

O Dez-Caudas é selado (Anime)

As Bestas com Cauda são libertadas a partir do Dez-Caudas.

Logo após Madara completar o Plano Olho da Lua, ele é traído por Zetsu Negro, o qual usa Madara como um meio para absorver as enormes quantidades de chakra das vítimas do Tsukuyomi Infinito, completando assim o renascimento de Kaguya. Durante a batalha subsequente do Time Kakashi com Kaguya, Naruto é capaz de atingir ela com a nove Rasenshuriken, cada um contendo o chakra de uma Besta com Cauda. Ressoando com o referido chakra, o chakra das bestas dentro do corpo de Kaguya se tornam instáveis, fazendo-a se transformar involuntariamente em uma encarnação do Dez-Caudas semelhante a um coelho. No entanto, como ela está dentro de sua dimensão central, Kaguya é capaz de continuar a sugar o chakra das vítimas do Tsukuyomi Infinito e rapidamente volta para a sua forma original. Na conclusão da batalha, Kaguya é selada uma vez mais pelos esforços combinados de Naruto e Sasuke, fazendo-a se transformar de volta no Dez-Caudas e, finalmente, na Estátua Demoníaca enquanto as Bestas com Cauda e Madara são expulsos de seu corpo.

Habilidades

Energia Natural sentida por Naruto e Kurama

O imensurável poder do Dez-Caudas.

O Dez-Caudas é dito ser o progenitor de tudo o que existe no mundo. Um deus que criou países, ele tem o poder de engolir oceanos, dividir a terra e transportar montanhas. Kurama admitiu que por si só ele não teria a menor chance contra o Dez-Caudas, e afirmou que o Sábio dos Seis Caminhos disse que o seu renascimento resultaria no fim do mundo.[23] O Dez-Caudas não pode ser detectado através de meios tradicionais, devido ao fato de que ele emite as mesmas sensações que a energia natural que circula em todo o mundo. Ele também é capaz de manipular essa energia natural.[1] Quando Naruto tentou medir o poder do Dez-Caudas usando o Modo Sábio, ele foi dominado pela vastidão do poder da besta, o qual Kurama observa como sendo imensurável.[24] Gyūki afirmou que o Dez-Caudas seria insuperável caso ele atingisse a sua forma final.[25]

Chakra e Proezas Físicas

Shinju Repele a Bijūdama

O Dez-Caudas repele a Bola da Besta com Cauda de Gyūki com um dedo.

Sendo considerado a fonte de todo o chakra, o Dez-Caudas tem enormes reservas de chakra esmagadoramente poderosos, que são capazes de trazer total desespero e destruição ao mundo. Seus níveis potentes também lhe permitem sobreviver à morte de seu jinchūriki, forçando Hagoromo a dividir o seu chakra em várias partes (as nove Bestas com Cauda) que ainda são consideradas como sendo imensamente poderosas.[26] Em formas posteriores, o chakra da besta aumentou significativamente, o suficiente para deformar completamente a forma da Esfera de Água Sensorial na sede das Forças Aliadas Shinobi em duas esferas conectadas depois de atingir a sua segunda forma.[10]

Condizente com seu tamanho, o Dez-Caudas tem uma imensa força física e é enganosamente rápido, atacando Naruto e Killer B antes que qualquer um deles pudesse reagir.[27] Ele também repeliu facilmente uma Bola da Besta com Cauda com um dedo,[28] e criou uma onda de choque forte o suficiente para destruir a paisagem circundante com um único golpe de uma de suas caudas.[29] A besta é durável o suficiente para suportar a reação de sua própria Bola da Besta com Cauda à queima-roupa; quando o seu próprio ataque juntamente com o de Gyūki detonou dentro de seu corpo, ele brevemente se inflou antes de encolher de volta após ser afetado.[30] Mesmo um ataque de chamas negras reforçada com vento não causou a besta um dano duradouro, apesar de o próprio Amaterasu ser capaz de neutralizar Gyūki.[31] Em sua segunda forma, as caudas da besta foram capazes de, sem esforço, destruir as várias restrições criadas pelas Forças Aliadas,[32] e pôde se expandir livremente em comprimento e espessura, a fim de atacar os inimigos distantes.[33]

Ninjutsu

Bjūdama (Shinju)

O Dez-Caudas criando uma Bola da Besta com Cauda.

Sendo a Besta com Cauda original, o Dez-Caudas pode criar uma Bola da Besta com Cauda. Em sua forma inicial, a bola é atirada como um feixe contínuo que pôde subjugar a Bola da Besta com Cauda Contínua de Gyūki e Kurama sem perder a potência.[34][35] Quando o Dez-Caudas amadureceu em sua segunda forma, a sua Bola da Besta com Cauda assumiu uma forma cônica e ganhou um imenso aumento no alcance, velocidade e poder de destruição. Ao ver através de grandes distâncias com o seu olho, a besta pode atingir alvos a grandes distâncias longe de si e destruir cadeias de montanhas e cidades inteiras com um único disparo.[36] Após amadurecer ainda mais, o Dez-Caudas demonstrou a capacidade de modificar a sua mandíbula, permitindo-lhe desfraldar um apêndice semelhante a uma Raflésia, que funciona como um canhão capaz de disparar enormes e extremamente poderosas Bolas da Besta com Cauda, capazes de distorcer fortemente até mesmo as Quatro Formações Vermelhas Yang.[37]

Tenpenchii

O Dez-Caudas utilizando o Tenpenchii.

Depois de acumular seu chakra, o rugido do Dez-Caudas pode agitar uma série de grandes desastres naturais.[38] O Dez-Caudas também tem a capacidade de manipular e alterar o seu próprio corpo, em certa medida, permitindo-lhe regenerar membros perdidos, separar partes de seu corpo principal que estejam em chamas,[39] e formar mãos adicionais para agarrar inimigos que navegam na sua superfície.[40] Para se defender, ele pode criar réplicas de si mesmo de diversas formas e tamanhos, que vão desde humanoides até criaturas semelhantes a animais, algumas das quais exercem apêndices semelhantes a armas em seus braços.[41]

Outras Habilidades

Madara e Obito puderam controlar o Dez-Caudas em sua primeira forma, produzindo tentáculos em sua cabeça, os quais, em seguida, se ligavam aos seus próprios pescoços.[42] Para controlá-lo corretamente em sua segunda forma, no entanto, eles tiveram que reforçar a sua ligação usando as células de Hashirama Senju,[43] e Madara observou que seria impossível controlar a besta em formas posteriores sem se tornar seu jinchūriki. Enquanto estava conectado à besta, Obito o usou como um meio para a utilizar a sua Liberação de Madeira: Técnica Cortante.[44] De acordo com a metade Yin de Kurama, há um efeito colateral quando o Dez-Caudas é extraído de seu jinchūriki: diferente das outras Bestas com Cauda a remoção dele não coloca o hospedeiro em perigo mortal devido a poderosa força vital que a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior possuí, apenas deixando o indivíduo à beira da morte e paralisado por um período de vários meses.[45]

Em sua forma de árvore, suas raízes podem se estender e capturar inimigos tão grandes como as Bestas com Cauda, a fim de absorver o seu chakra, transformando os seres humanos em cadáveres dissecados em questão de segundos.[46] Seu jinchūriki pode moldar essas raízes em outras formas, tais como dragões de madeira gigantes.[47] Quando o botão na parte superior da flor da árvore e o olho dentro dele é revelado, o Tsukuyomi Infinito pode ser ativado.[48] Se o Dez-Caudas for revivido com apenas um pedaço do chakra das Bestas com Cauda, o botão pode levar até quinze minutos para florescer, embora o processo possa ser acelerado ao absorver mais chakra.[49] Aqueles que são pegos no Tsukuyomi Infinito e ligados às raízes da árvore são gradualmente reduzidos para conchas dos seus antigos eu, em última análise, tornando-se Zetsu Brancos.[50]

Curiosidades

  • Deidarabotchi, também conhecido como Daidarabotchi (ダイダラボッチ, Literalmente significa: Gigante), foi um yōkai de proporções titânicas na mitologia japonesa. A explicação de Kurama de quão poderoso o Dez-Caudas é reflete o papel de Daidarabotchi na formação do deserto do Japão, como os dois picos do Monte Tsukuba, de acordo com o mito japonês.
  • O nome "Datara" pode se referir a Ippon-datara (一本ダタラ, Literalmente significa: Ferreiro de Uma Perna Só), um ser de um olho só, ele era um ferreiro de uma perna só que diz-se viver nas profundezas das montanhas de Kumano. Como os mitos variam, alguns dizem que ele é um yōkai, outros dizem que ele é a divindade caída Ameno-me-Hitotsu. De qualquer maneira, dizem as lendas que o Ippon-datara era capaz de forjar seres vivos a partir de metal, fazendo assim outra referência para o Jūbi como progenitor do mundo.
  • O Rinne Sharingan do Dez-Caudas foi representado com um número variável de tomoe em diferentes ocasiões. Quando exibido pela primeira vez como uma silhueta, seu olho continha nove,[51] mas, em seguida, foi constantemente representado com apenas seis tomoe após o seu renascimento.[52] O olho contido pela raiz da árvore produzida por Obito foi mais uma vez mostrado conter nove tomoe.[14] Durante sua batalha com Hagoromo e Hamura, seu olho foi representado com quatro fileiras de tomoe, indicando que continham pelo menos doze.[13]
Hagoromo diante do Dez-Caudas

A representação do Dez-Caudas em sua estréia no anime.

  • Em sua estréia no anime, o olho do Dez-Caudas foi descrito primeiro como sendo vermelho com nove tomoe durante a sua batalha com o Sábio dos Seis Caminhos, mas quando ele estava prestes a ser selado na lua, seu olho foi representado na cor roxa e faltava alguns tomoe. Este erro foi corrigido em aparições subsequentes.
  • A forma humanoide madura da cabeça do Dez-Caudas tem três características principais: um olho, uma orelha e uma boca. Esta é possivelmente uma referência à máxima: "não vê nenhum mal, não ouve nenhum mal, não fale nenhum mal".
  • As rochas gêmeas onde Hagoromo e Hamura são vistos lutando contra o Dez-Caudas durante o flashback de Hagoromo são uma referência para o Meoto Iwa, um par de pedras ao largo da costa do Japão que são considerados sagrados no Shintō. Eles são ligados por "shinenawa" (標縄, corda anexada) e representam a união dos Kami japoneses, Izanagi e Izanami. No mundo real, as duas pedras estão localizados perto do Grande Santuário de Ise, o local mais importante no Shintō.

Referências

  1. 1,0 1,1 Quarto Databook, página 107
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 Capítulo 594, página 9
  3. Naruto capítulo 610, página 5
  4. Naruto capítulo 629, páginas 5-6
  5. Naruto capítulo 673, página 6
  6. Capa do Volume 64
  7. Capítulo 611, páginas 2
  8. Capítulo 610, páginas 2-3
  9. Capítulo 612, páginas 16-17
  10. 10,0 10,1 Capítulo 613, páginas 4-5
  11. Capítulo 628, páginas 11-12
  12. Capítulo 629, página 6
  13. 13,0 13,1 Capítulo 670, página 11
  14. 14,0 14,1 Capítulo 646, página 12
  15. Capítulo 646, página 5
  16. Capítulo 673, página 6
  17. Capítulo 688, páginas 11-15
  18. Capítulo 681, página 9
  19. Capítulo 646, páginas 6-9
  20. Capítulo 467, páginas 14-16
  21. Capítulo 510, páginas 11-12
  22. Capítulo 606, páginas 13-14
  23. Capítulo 594, páginas 8-10
  24. Capítulo 610, páginas 5-6
  25. Capítulo 630, página 5
  26. Capítulo 467, páginas 15-16
  27. Capítulo 610, páginas 10-11
  28. Capítulo 611, página 2
  29. Capítulo 610, páginas 8-9
  30. Capítulo 615, páginas 11-13
  31. Chapter 634, page 13
  32. Capítulo 613, páginas 2-3
  33. Capítulo 617, página 9
  34. Capítulo 610, páginas 12-15
  35. Capítulo 611, página 10
  36. Capítulo 613, páginas 7-15
  37. Capítulo 630, páginas 4-6
  38. Capítulo 628, página 15
  39. Capítulo 635, página 13
  40. Capítulo 637, página 7
  41. Capítulo 632, página 11
  42. Capítulo 610, páginas 6-7
  43. Capítulo 613, páginas 7-8
  44. Capítulo 614, páginas 6-7
  45. Capítulo 656, páginas 12-13
  46. Capítulo 646, páginas 2-5
  47. Capítulo 650, página 5
  48. Capítulo 646, páginas 11-12
  49. Capítulo 647, páginas 8-9, 11
  50. Capítulo 679, páginas 8-9
  51. Capítulo 467, página 14
  52. Capítulo 606, página 11

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Dez-Caudas

  • O quão forte e óbito Jinchuuriki do juubi

    3 mensagens
    • Muito poderoso. Ele tinha a Espada de Nunoboko, que foi dita sendo capaz de criar e destruir o mundo. Então provavelmente, ele já é ní...
    • Ele seria muito poderoso se pudesse usar a intangibilidade do kamui, imagina você demoraria uma vida para descubrir uma forma de tocá-l...
  • Juubi era temido só por ter bastante chakra

    9 mensagens
    • Mais reduziria o impacto a Kurama tem bastante chakra mesmo com metade nao pararia mais reduziria o impacto, vendo as transformações do Kur...
    • Não, Kurama não produz cataclismas, aquele raio foi um efeito de animação ridículo da Pierrot. No mangá isso é inexistente. Juubi ...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.